o atacante Jaílson está deixando o ABC. O jogador recebeu uma proposta do futebol árabe e, apesar do Alvinegro ter tentado, a diferença salarial era muito grande, segundo o clube.

Jaílson assinou a rescisão contratual e já deixou o clube. De acordo com Gustavo Cartaxo, vice de futebol do ABC, o clube vai ao mercado em busca de um substituto.

O meia-atacante foi eleito pela equipe da Jovem Pan News Natal como o craque do Campeonato Potiguar e era o artilheiro do Alvinegro na temporada.

Além dele, Francisco Diá não vai poder contar com o atacante Lelê. O jogador sentiu uma contusão e não viaja para a Bahia, onde o ABC enfrenta o Conquista, na quinta-feira, pela Série D do Campeonato Brasileiro.

Comentários do Site

  1. Abadon
    Responder

    Chico Diá pode ter seus defeitos, como qualquer pessoa tem.
    Pode ser um “gogó de sola”, arrogante, prepotente ou…bem, ter suas manias. Como qualquer ser humano.
    Mas uma coisa é inegável: Sua competência como treinador de futebol.
    Chico foi a principal contratação do Abc nessa temporada que, antes de ter início não se sabia nem se o clube colocaria o Sub-20 em campo.
    Vindo de um traumatizante rebaixamento na série C, onde costumeiramente tentou de todas as formas extra campo reverter algo que construiu dentro das quatro linhas, o alvinegro ainda tinha contra sí a fama de caloteiro, liso, sem a menor credibilidade no mercado e com dívidas impagáveis como principais adversários.
    Mas, ciente de que a série D era uma realidade irreversível, num lampejo de lucidez e vendo que sua torcida já havia engolido o terceiro rebaixamento em cinco anos, o alvinegro deixou de lado o “BLEFE” de dar entrada na justiça comum e contratou Chico Diá.
    Diante de todas as adversidades, sob a batuta e o olhar crítico de Diá, o alvinegro investiu em atletas sem mercado, com custo baixo – alguns até de um certo risco – formatando assim, um grupo que deu liga e vitrine a muita gente. Pelo menos no campeonato estadual potiguar que, diga-se de passagem não é referência. Principalmente em se tratando de Abc por motivos já bem descaradamente conhecidos. Tanto que, na copa do Brasil e copa do Nordeste deu com os burros nágua.
    Jaílson estava de saída já á muito tempo mas conseguiram mover os pausinhos e segurá-lo. até onde deu…
    E tem mais gente de saída !
    Mas que o trabalho e a competência de Francisco Diá recebam os devidos créditos e reconhecimento.

Deixe um comentário