Acaba de falecer o jornalista Everaldo Lopes. Ele era um dos ícones do jornalismo esportivo do Rio Grande do Norte. Everaldo tinha 88 anos e teve varias complicações de saúde nas últimas semanas. Ontem passou mal, foi conduzido ao hospital pela família, mas não resistiu. O “professor” como era conhecido, trabalhou no Diário de Natal e na Tribuna do Norte, onde se consagrou com sua coluna Apito Final. Escreveu dois livros sobre a história do futebol potiguar e planejava uma terceira obra.

Minha homenagem a um grande companheiro de trabalho que conhecia, como poucos, a história do futebol potiguar. Deixará saudades, mas também deixa um grande legado, não à toa o chamávamos de “PROFESSOR”.

Deixe um comentário