O drible continua sendo uma das principais armas de Neymar Jr contra os adversários dentro de campo. Mesmo com apenas cinco partidas disputadas na temporada de clubes 2019/2020 pelo Paris Saint Germain, o atacante lidera o quesito “dribles” entre os jogadores das principais ligas nacionais da Europa.

Os dados envolvem jogadores da Premiere League (Ingalterra), da Ligue 1 (França), Bundesliga (Alemanha), série A (Itália) e da Liga Espanhola (Espanha) até 24 de outubro. 

Segundo levantamento feito pelo site “WhoScored.com?”, especializado em estatísticas no futebol, Neymar Jr dribla, em média, 4,8 vezes por jogo. O atleta é o único brasileiro no TOP 10 da lista dentro da categoria.

O número positivo segue crescente. Nos três primeiros meses de 2019, por exemplo, o camisa 10 do Paris já tinha alcançado os mesmos 4,8 dribles por jogo em 13 partidas do campeonato francês.

Já na temporada atual – a partir de agosto, Neymar Jr atuou cinco vezes, somando 450 minutos jogados e quatro gols marcados.

Criativo, o atleta usa o drible como artifício para “quebrar linhas” de marcação, acelerar o jogo e criar oportunidades para os companheiros. O recurso também é característica marcantes nos gols do camisa 10. Na partida contra o Lyon, no dia 22 de setembro, Neymar Jr recebe a bola dentro da área, enquanto é cercado por três adversários. Naquela ocasião, o drible foi fatal para superar os zagueiros e fazer o gol da vitória aos 43 minutos do segundo tempo.

Além dos dribles, o atacante também figura entre os melhores no quesito chutes a gol por jogo, conforme dados do “WhoScored.com?”. O brasileiro é o segundo da lista, com média de 5,4 chutes por gol, enquanto o português Cristiano Ronaldo, da Juventus (ITA), tem média de 6 no mesmo quesito.

Neymar Jr está se recuperando de uma lesão na coxa esquerda, sofrida no amistoso de 13 de outubro, contra a Nigéria, pela Seleção Brasileira. O prazo de recuperação estipulado inicialmente pelo Paris Saint Germain é de quatro semanas.

Comentários do Site

  1. Geraldo Nascimento
    Responder

    E canhou o quê? O pior jogador na ultima copa do mundo, exemplo de como não se deve jogar

  2. Lúcifer
    Responder

    Neymar está acabado.
    Infelizmente, para ele recuperar sua imagem e auto estima, a um patamar que proporcione sua habilidade natural brilhar novamente, ele terá que jogar o que nunca jogou até hoje.
    Além do revéz dentro de campo, sua imagem extra campo está no fundo do poço.

    Deixando Neymala de lado – posto que é caso perdido – o ABC está comprando uma briga grande. E bem grande.
    Para um clube que coleciona três rebaixamentos em cinco anos é uma aposta bem ousada…
    Na intenção de desviar o foco (e a fúria!) do seu torcedor pelo rebaixamento, e dessa proposta de se desfazer de mais uma parte do patrimônio do clube, primeiro o alvinegro enxergou uma irregularidade num zagueiro do Treze-PB, que não deu em nada e a bola da vez passou a ser o treinador do galo Celso Teixeira. Novamente, deu com os burros nágua e agora a metralhadora foi direcionada contra a própria CBF e o colegiado do supremo !!
    Percebe-se claramente que, o jurídico busca desesperadamente um bode expiatório, não importa quem seja. O negóço é manter o foco desviado de uma incompetência administrativa que ano a pós ano vem levando o clube ao fundo do poço. Com o seu setor jurídico e tudo a tira-colo, pois ele sempre esteve lá.
    Interessante que essa habilidade jurídica não se manifestou na hora de redigir um contrato, negociar uma recisão empregatícia ou escutou o clamor dos atletas e funcionários com salários atrasados…Em várias temporadas, viu ??
    E agora, José??? (Vanildo…)
    Mas, como o futebol é um “negócio”, mas que em sua receita existe um ingrediente chamado “paixão”, enquanto tiver um otário na arquibancada radicalmente cego berrando por um clube, existirá um sabido ganhando dinheiro ás custas dele num camarote…
    A massa de manobra é muito fácil de ser manipulada.
    Por isso o futebol jamais perecerá.

  3. Inquisidor
    Responder

    E sobre esse assunto do Abc,segundo o site “leiemcampo.com.br” além de não conseguir a permanência na série C,o time de pium ainda pode ser punido por acionar a justiça desportiva indevidamente.Além de queda,coice.
    Tanto o clube quanto o seu representante jurídico podem levar uma puada boa.
    Mas talvez quem sabe uma punição boa pode ser de uma lição pro Abc acabar com essa mania feia de levar chibata em campo e tentar ganhar as coisas apelando pro tapetão como aconteceu no rebaixamento prá série C em 2001,quando representou contra o Sampaio correia,quando caiu fora do estadual em 2006 contra o ASSU,em 2014 na copa do brasil contra o Novo Hamburgo,etc…
    Esse assunto já está ficando realmente chato e o clube de pium deveria se mancar pois sabe que não vai ganhar e já estar chamando a atenção demais.A rebordosa que virá pode acelerar o seu processo de falência e fechar as portas antes do previsto,pois falido já estar faz tempo.

Deixe um comentário