Hora da festa maior, da cereja do bolo, do ápice, do principal e eis que: Confusão, indefinição, troca de acusações, brincadeiras de gosto duvidoso. O interessante é que há uns 300 meses, quando saiu a tabela do Campeonato Potiguar, todos sabiam como seria a final (dois jogos) e quais estádios poderiam receber ou não a decisão. Difícil planejar isso antes? Difícil ter regras claras e definidas desde o início da competição quanto a acomodação de torcidas? Preços a serem cobrados?… Além da falta de planejamento e organização falta uma coisa essencial para elevar o nosso futebol a outro nível: BOM SENSO.

E para os que não sabem o que significa, segue a definição do nosso bom e velho dicionário:

Bom senso é a capacidade de fazer escolhas sensatas e inteligentes com cautela e equilíbrio. É a capacidade de ler uma determinada situação e a partir de então tomar a decisão mais acertada em relação a ela. Ter juízo é ter bom senso

Deixe um comentário