A Prefeitura do Natal entregou, nesta sexta-feira (06), a Estação Ponta Negra de Esportes de Areia. O equipamento possui nove campos e quadras e está localizado na Praça Presidente Tancredo Neves, no conjunto Ponta Negra. Esse é o primeiro de vários equipamentos que estão sendo construídos na cidade. Já está em fase de construção a Estação no Pajuçara, zona Norte. Na sequência será a vez dos bairros de Mãe Luíza, Felipe Camarão, Vila de Ponta Negra, Nova Natal e outros.
Foto Secom

Foto Secom

“A gente fica muito feliz em poder proporcionar aos praticantes do futebol de areia, vôlei, futevôlei, altinha, treinamento funcional, beach tennis e handebol esse equipamento tão importante que está virando uma coqueluche na cidade. Com essas Estações, vamos iniciar um trabalho de potencialização do esporte em toda a cidade, melhorando muito a qualidade de vida dos cidadãos”, disse o secretário de Esportes e Lazer de Natal, Cláudio Porpino.

A atleta Patrícia Lessa, seis vezes campeã mundial e dez vezes campeã brasileira de futevôlei, também participou da entrega da Estação Ponta Negra de Esportes de Areia, onde realizou uma oficina de  Futevôlei e Altinha para o público que se inscreveu antecipadamente. “Primeiramente agradecer a Natal pela recepção e de estar mais uma vez aqui, e desta vez, prestigiando esse evento, nesse espaço ao ar livre, aberto, podendo fomentar a prática do futevôlei, altinha, beach soccer ou beach tennis. Um espaço onde as pessoas encontraram lazer e saúde. Estou honrada”, disse Patricinha, como é mais conhecida.

Neste sábado (07), a Estação Ponta Negra receberá o clássico potiguar América x Alecrim pelo Beach Soccer. A partida será às 9h no campo principal do complexo esportivo e terá importantes figuras da modalidade, como André Bigode, tetracampeão da Copa do Mundo FIFA. Um torneio de Futevôlei também está na programação de abertura da Estação de Esportes de Areia. A competição acontece no sábado (07) e domingo (08), nas categorias: Mista, Feminina, Iniciante e Série B. As três primeiras duplas vão receber premiação em dinheiro.

Comentários do Site

  1. Abadon, o SICÁRIO
    Responder

    Quando a paixão fala mais alto que a razão até o mais nobre mortal faz papel de idiota…
    O cara não tem nem o senso profissional de atentar para o fato de que, apenas o América é o único clube matematicamente classificado para a próxima fase da série D. Apenas o América.
    E o infeliz estagiário da coluna de esportes, talvez por não conhecer bem o assunto ou por um infeliz deslize não perceba que, apesar de ter ficado num grupo muito mais fácil na competição, e ainda ter sido favorecido pela sorte de ter enfrentado adversários desfalcados de meio time titular por conta do coronavírus, o Abc ainda não carimbou a sua classificação.
    Pra completar a c….ainda errou citando que “os dois clubes de Natal”…até onde se sabe, o América possui sua sede social na Av. Rodrigues Alves, coração do bairro do tirol. Já o Abc tem seu único patrimônio localizado na estrada de Pium.
    Por esses e outros deslizes ocasionais (ou mesmo intencionais), quem é americano e conhece a história do futebol potiguar sabe que o alvinegro sempre foi bajulado e favorecido.

    Foi preciso citar um evento comandado por um abcdista para que finalmente tocassem no assunto do beach soccer do América, que foi vice campeão da etapa do nordeste da modalidade e garantido vaga no brasileiro que será realizado no rio de janeiro esse mês.
    Se tivesse sido o Abc estaria estampado na primeira página.

    Como será que fica a cabeça de um atleta com quase trinta anos, habilidade pura mas com limitações físicas claras, vendo seus companheiros de clube e até do principal rival saindo para clubes de séries acima pegando contratos mais vantajosos, tendo que ficar aqui se sujeitando a promessas vazias, vendo o tempo passar e na cruel dúvida se vai receber seus salários em dia?
    Como será que fica a cabeça do cara, hein?

    As vezes o camarada se sujeita ao papel de subserviente por sobrevivência.
    As vezes por imposicão.
    Talvez por conveniência.
    Mas terminar uma faculdade de jornalismo e escolher ser babão, capacho de clube por opção é demais!
    Tem imbecil prá tudo e ainda sobra…

Deixe um comentário