Com o crescimento da adesão das mulheres à prática do jiu-jitsu e do número de competidoras inscritas, o Nordeste Open de Jiu-Jitsu (NEOJJ) passa a partir desta edição a adotar a premiação igualitária para homens e mulheres, em todas as categorias, marcando mais um pioneirismo do evento com essa iniciativa de garantir premiações padronizadas, independente do gênero. O evento será realizado nos dias 13 e 14 de julho, no ginásio do SESI, em Natal.

“A organização entende que nada mais justo que distribuir os R$ 20 mil de premiação da competição para mulheres e homens que literalmente lutam para alcançar a excelência no esporte, dedicando à vida e abdicando muito para buscar seu lugar ao sol”, destacou Nivaldo Pereira, um dos organizadores.

A ideia da premiação igualitária vem sendo debatida pelas atletas da modalidade há alguns anos, de acordo com a lutadora Mirela Feijão, que está há 12 anos no esporte como atleta e treinadora. “A gente treina tanto quanto os homens e, às vezes, sofremos até mais por passarmos por algumas situações que eles não passam, como alguns preconceitos”, revelou.

Desde 2018, o NEOJJ conta com categoria Absoluta Geral Feminina, que já começou tendo premiação ampliada para incentivar a participação das mulheres na competição. A mudança, na época, atendeu a uma solicitação das próprias lutadoras, que já representavam 10% da quantidade total de participantes do evento.

“Com essas mudanças no ano passado, às lutas passaram a ficar ainda mais competitivas, aumentam a representatividade feminina em esporte de luta e reforçando o compromisso do evento”, afirma Gabriel Negreiros, também organizador do evento.

O número de atletas femininas no jiu-jitsu ainda é menor que o masculino. Mesmo que esta realidade esteja se transformando aos poucos, o incentivo para as lutadoras ainda se faz extremamente necessário, como afirma a atleta Marcela Reis. “A premiação igualitária é um grande estímulo para as meninas pensarem em competir mais e para que as mais novas procurem o jiu-jitsu como esporte. O NEOJJ está de parabéns”.

Números do NEOJJ 2019

– Mais de 1.500 atletas inscritos;

– 12 Estados representados;

– Mais de 200 mulheres inscritas;

– Mais de 450 crianças e adolescentes dos 4 aos 16 anos;

– 30% dos atletas são iniciantes, entre crianças e faixa branca;

– Mais de 10% da competição é composta por mestres, faixa preta;

– Mais de 60 equipes representadas.

Serviço

13º Nordeste Open de Jiu-Jitsu

Data: 13 e 14 de julho de 2019

Local: Ginásio do SESI, Natal/RN

Informações e regulamento: www.neojj.com.br

Deixe um comentário