Estudos já comprovaram que o pôquer é considerado esporte de habilidade, mas no Brasil ainda existe uma pequena parcela da população que possui certo preconceito com o jogo de cartas mais popular do mundo. Dando continuidade a jornada de conquistas, o BSOP (Brazilian Series of Poker, ou Campeonato Brasileiro de Pôquer, cuja terceira etapa do ano está acontecendo agora em Natal-RN) recebeu a ilustre presença de algumas autoridades na abertura oficial da etapa de Natal, entre elas do presidente da Comissão de Esportes da Câmara dos Deputados, o deputado federal Alexandre Valle.
“Fisicamente é a primeira vez que estou em um evento de pôquer, assisto muito pela televisão e a mim me impressionou muito a quantidade de pessoas envolvidas. A quantidade de recursos que está sendo gerada para a cidade de Natal mostra que precisamos avançar na questão de separar definitivamente a questão do jogo de azar e a modalidade de esporte da mente, que o pôquer se enquadra”.
O deputado federal ressaltou a importância e o que a regulamentação da lei dos jogos trará de benefícios para o esporte. “Os patrocinadores não vão querer investir em algo que possa ter algum desconforto jurídico. Temos a lei tramitando na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e assim que ela for aprovada dará a garantia e a confirmação que o Ministério dos Esportes já reconhece o pôquer como modalidade esportiva”.
Outra autoridade presente foi Daniele Mafra, Secretária Municipal de Esportes e Lazer, que enalteceu a estrutura montada pela organização do BSOP. “A quantidade de atletas eu até esperava, mas me surpreendi muito com a qualidade do evento, com a organização dos espaços, com a adequação do hotel.”
O diretor-geral do BSOP Devanir Campos falou sobre a importância de receber as autoridades na abertura oficial do evento. “Para gente é um sentimento muito bom de vitória, de mostrar que a luta que a gente começou lá atrás, desde 2005, era realmente legítima, não estávamos mirando em uma simples miragem no deserto. Acreditávamos naquilo que já sabíamos, que o pôquer não é um jogo de azar e sim de habilidade.” DC, como é conhecido no meio do pôquer, continuou dizendo. “A gente passou por diversos estágios, primeiro mostrando estudos, depois através da justiça e hoje temos a aceitação social, o fato de vir um deputado, um secretário municipal e outras autoridades que já passaram pelo BSOP é a confirmação da vitória e não tem o que as pessoas acharem, agora restam apenas duas visões o preconceito ou do esporte como ele realmente é, um jogo de habilidade, uma atividade lícita, que gera empregos, recolhe impostos e tudo mais, isso é o pôquer hoje”.
O BSOP Natal está sendo disputado no SERHS Natal Grand Hotel, entre os dias 24 e 29 de maio.
O BSOP é uma série de torneios de pôquer realizada no Brasil desde 2006. Hoje é o maior evento de pôquer da América Latina, tendo alcançado o recorde de 3.457 participantes em sua etapa de final da temporada 2015, e com esta marca alcança o status de segundo maior torneio de pôquer do mundo. O BSOP é realizado em alguns dos melhores destinos turísticos do Brasil e em algumas das maiores capitais do país.
Fonte: Super Poker

Deixe um comentário