O ABC garantiu a presença do técnico Ranielle Ribeiro, em princípio, para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série C, que começa, para o Alvinegro, domingo. O que preciso saber é se, essa decisão dos dirigentes foi tomada com convicção, ou pela conveniência de ter um comandante devido ao pouco tempo entre o fim do Estadual e início do certame nacional. Se for por mera conveniência, não vale à pena, nem para o clube, nem para o técnico.

Agora, se os dirigente estão convictos que os resultados de Ranielle são satisfatórios, e irão mantê-lo, ainda que o time perca para o Naútico na estréia da Terceirona, aí o projeto pode dar certo, agora, ou em um futuro próximo. Desmanchar e recomeçar do zero um trabalho não é fácil e no futebol moderno, complexo como está, cheio de nuances, é muito difícil. Quando o acaso ocorre, ou seja, dos resultados surgirem apesar da desorganização, essa é a exceção e não a regra. E os clubes precisam estar atentos a isso.

Deixe um comentário