No início do Brasileirão 2021, ninguém poderia imaginar que o campeonato contaria com a participação de tantos nomes com histórico de passagens pela Seleção Brasileira, como Willian, Renato Augusto (ambos no Corinthians), David Luiz (Flamengo), Diego Costa (Atlético-MG), Douglas Costa (Grêmio)… Ou mesmo de jogadores com grande potencial, como Kenedy e Andreas Pereira (Flamengo). Mas a certeza é que o returno deste Brasileirão, que começou oficialmente no último final de semana com a disputa da 20ª rodada, promete muita disputa e emoção! (No entanto, como há muitos jogos atrasados, apenas nove equipes já jogaram as 20 partidas até agora.)

De acordo com análise da Betfair.net, especialista em cálculos de probabilidade esportiva, o Flamengo entra na segunda metade do campeonato como o principal favorito, com 55,6% de chances de conquistar o título de Campeão Brasileiro novamente, e assim igualar o feito até hoje obtido apenas pelo São Paulo, com três conquistas consecutivas.

Seguindo de perto, o Atlético Mineiro, atual líder do Brasileirão, aparece com 47,6% de probabilidade de levar o título. O Galo, que já havia surpreendido os torcedores ao repatriar o atacante Hulk no início da temporada, voltou a mostrar fome de títulos ao anunciar a contratação de Diego Costa, que colecionou títulos na Espanha e na Inglaterra, além de ter jogado pela Seleção Espanhola.

Depois da derrota para o Flamengo no último domingo, o Palmeiras aparece em terceiro lugar na análise da Betfair.net, com 5,9% de chance de levar o título. Com um dos elencos mais completos do país, o Verdão ainda se reforçou ao trazer de volta Dudu, ídolo da torcida que estava no Al-Duhail, do Qatar. O Palmeiras ocupa a segunda posição no campeonato, logo atrás do Atlético-MG.

Confira a seguir a lista dos favoritos ao título de Campeão Brasileiro, segundo a Betfair.net:

– Flamengo – 55,6%
– Atlético-MG – 47,6%
– Palmeiras – 5,9%
– Bragantino – 1%
– Fortaleza – 1%
– Corinthians – 0,4%
– Outro – 1%

Outros jogadores que reforçam a segunda metade do Brasileirão 2021 são Roger Guedes, Giuliano (ambos no Corinthians), Pedro Rocha (Athletico), Jaminton Campaz (Grêmio, a contratação mais cara da história do Tricolor), Leo Baptistão (Santos) e o argentino Jonathan Calleri (São Paulo).

Deixe um comentário