UFC 239: Jones x Santos

Horário:              19h15 – Card preliminar

23h – Card principal

Local:                  T-Mobile Arena, Las Vegas, Nevada, EUA

Como assistir: Evento completo no Combate e Combate Play; SporTV 3 exibe o card preliminar.

As duas primeiras lutas da noite serão transmitidas também no Twitter do UFC: https://twitter.com/ufcbrasil

Cinturões em jogo

O UFC 239 acontece neste sábado, dia 6 de julho, em Las Vegas, com duas lutas que podem devolver ao Brasil o maior número de cinturões simultâneos desde 2013. Com três dos títulos nas mãos de Amanda Nunes e Jessica Andrade, cabe ao peso-meio-pesado Thiago Marreta trazer um novo – e a Amanda garantir que o seu continue em casa.

Natural do Rio de Janeiro, Thiago Marreta (21-6-0) vem de uma sequência impressionante de vitórias desde que subiu para a divisão até 93kg. Depois de três nocautes seguidos sobre nomes como Jimi Manuwa e Jan Blachowicz, o brasileiro chamou a atenção de fãs, especialistas e do próprio Dana White, conquistando a oportunidade de encarar o campeão Jon Jones no UFC 239. Nascido e criado na Cidade de Deus, onde ele ainda mora e dirige um projeto social para crianças, Marreta espera chocar o mundo e levar o cinturão meio-pesado para a comunidade que o apoia desde os primeiros anos de sua carreira.

A tarefa está longe de ser tranquila. Jon Jones (24-1-0) é o atual campeão da categoria, está invicto no UFC, é considerado o 2º melhor lutador peso-por-peso do mundo e entra no octógono do T-Mobile com a expectativa de estender seu recorde como o maior vencedor da história da divisão meio-pesado.

No evento co-principal da noite, Amanda Nunes (17-4-0) retorna depois de fazer história em dezembro de 2018, no UFC 232, quando venceu Cris Cyborg e adicionou o cinturão peso-pena a sua coleção. A Leoa, que já é dona do cinturão peso-galo, se tornou a primeira mulher a ser campeã de duas divisões no UFC.

Ela volta agora a defender seu título peso-galo em um embate muito sonhado pelos fãs, contra a ex-campeã Holly Holm. Sem mais nada a provar dentro do octógono, Amanda chegou a declarar que sua carreira poderia estar próxima do fim, mas nas últimas semanas deixou claro que pretende continuar lutando. Qualquer que seja a decisão final da campeã, uma coisa é certa: uma vitória sobre Holly neste sábado pode ser um grande começo para encerrar essa brilhante e vitoriosa carreira.

Mas a americana promete não vender fácil esse “possível descanso” para a Leoa. Depois de uma rápida passagem pelo peso-pena, Holly Holm (12-4-0) volta para a categoria que a consagrou na organização. Com vitórias sobre nomes como Ronda Rousey e Raquel Pennington, a ex-boxeadora terá uma nova oportunidade de recuperar o título que um dia foi seu.

Para voltar a vencer

Ex-desafiante ao cinturão peso-palha, Claudia Gadelha (16-4-0) volta ao octógono do UFC com o objetivo de reencontrar o caminho da vitória. Com duas derrotas em suas últimas três lutas, a brasileira – atual número 5 no ranking da divisão – quer se colocar de volta na briga pelo título. Talento ela tem de sobra, mas precisará levar todas as suas armas neste sábado para conseguir vencer a canadense Randa Markos.

CONFIRA O QUE AMANDA NUNES E THIAGO MARRETA TÊM A DIZER ANTES DAS SUAS LUTAS:

Thiago Marreta

Ser o azarão: “Não me incomoda. Eu já lutei várias vezes sem ser o favorito. E contra o Jon Jones, é normal que todo adversário seja considerado azarão. Eu acho muito difícil prever como vai terminar essa luta, tudo pode acontecer.”

Pressão e Preparação: “Estou vendo essa luta como outra qualquer. Não é só a cabeça que tem que preparar, tem que treinar, tem que ter estratégia. A única diferença é que uma luta principal e que vale o cinturão. Fora isso, é semana normal, uma luta normal. Estou trabalhando como eu sempre trabalhei. Nunca lutei cinco rounds completos porque sempre nocauteei os meus adversários antes. Espero que isso aconteça de novo no sábado.”

Importância da luta: É uma oportunidade ímpar. Não só pela disputa de cinturão, mas por enfrentar um cara que é um dos melhores de todos os tempos. Ninguém quer perder uma oportunidade como essa.”

Jon Jones: “Na encarada, com ele olhando nos meus olhos e rindo, me passou a impressão que ele acha que será uma luta fácil. Mas eu não tenho como saber o que se passa na cabeça dele. Se ele acha que eu só tenho poder de nocaute, ele vai ver na hora da luta. Prefiro não falar nada e só me concentrar para isso.”

Amanda Nunes

Holly Holm: “Ela é uma atleta perigosa, que se movimenta muito bem e tem o kickboxing e o boxe bastante apurados. Também sei que ela vem treinando clinch, que usou contra a Cris Cyborg, e chão, que usou contra a Megan Anderson. A Holly está evoluindo bastante e se tornando uma atleta boa em todos os aspectos. Para lutar contra uma lutadora como ela, você precisa estar preparada para tudo e atenta o tempo todo para poder aproveitar qualquer erro que ela cometer.”

 Legado: “Eu conquistei o cinturão, tenho que continuar defendendo meu título e fazendo história. Eu quero defender o meu cinturão de cima [peso-pena]. Nunca no UFC alguém defendeu os dois títulos e eu vou ser a primeira a fazer isso. Mas meu foco agora é na Holly, depois penso nisso.”

Aposentadoria:Minha mãe havia me pedido isso depois da última luta, pois ela ficou muito preocupada quando eu fui lutar com a Cris, que era uma adversária forte. Então o que eu falei foi ali no calor da emoção, quando tinha acabado de conversar com ela. Mas eu sou uma lutadora. Se eu não lutar, vou fazer o quê? Quero continuar!”

American Top Team x Greg Jackson MMA: “As duas lutas principais da noite vão ter lutadores das duas academias. É bem legal ter essa questão do time. Acho que ter o Thiago Marreta dividindo esse card comigo só me dá mais gás para vencer. Estou na torcida por ele e ele por mim. Vai ser bom de assistir e, tanto eu quando o Marreta, sairemos de lá com o cinturão.”

CARD PRINCIPAL

Peso-meio-pesado: Jon Jones x Thiago Marreta

Peso-galo: Amanda Nunes x Holly Holm

Peso-meio-médio: Jorge Masvidal x Ben Askren

Peso-meio-pesado: Jan Blachowicz x Luke Rockhold

Peso-meio-médio: Diego Sanchez x Michael Chiesa

CARD PRELIMINAR

Peso-pena: Gilbert Melendez x Arnold Allen

Peso-galo: Marlon Vera x Nohelin Hernandez

Peso-palha: Claudia Gadelha x Randa Markos

Peso-galo: Alejandro Perez x Sond Yadong

Peso-médio: Edmen Shahbazyan x Jack Marshman

Peso-meio-médio: Ismail Naurdiev x Chance Rencountre

Peso-galo: Julia Avila x Pannie Kianzad

Deixe um comentário