Pela 15ª rodada da Série B, o clássico goiano entre Atlético-GO e Goiás terminou empatado em 2 a 2 neste sábado (9), no Serra Dourada, em Goiânia. O ponto conquistado foi suficiente para o Dragão assumir a liderança provisória da competição e colocar pressão em cima do Vasco, que entra em campo às 18h30 diante do Brasil de Pelotas. O Cruzmaltino precisa sair de São Januário, no Rio de Janeiro, com pelo menos um empate para reassumir a ponta. Nos outros três jogos iniciados às 16h, o CRB assumiu a terceira colocação, ao vencer o Náutico por 3 a 1 na Arena Pernambuco, o Joinville superou o Sampaio Corrêa por 2 a 0 e o Bragantino bateu o Oeste por 3 a 1.

No Serra Dourada, Goiás e Atlético-GO protagonizaram um clássico bastante movimentado. Embalado por duas vitórias seguidas, o Dragão terminou a primeira etapa na frente do Esmeraldino. Com gol de Alison aos 14 minutos, o rubro-negro foi para o intervalo vencendo por 1 a 0. Após a conversa no vestiário, o Goiás reagiu na partida e chegou à virada na etapa final. Aos 9 minutos, Rossi deixou tudo igual. Aos 15, Léo Lima virou em cobrança de pênalti. Em busca do ponto que lhe daria a liderança provisória, o Atlético-GO contou com mais um gol de Alison, aos 35 minutos, para evitar a derrota e dar número finais ao jogo: 2 a 2.

Na Arena Pernambuco, o CRB se mostrou um visitante indigesto. Aos 28 minutos, o time alagoano saiu na frente do Náutico com Gerson Magrão tocando com categoria por cima de Júlio Cesar. A resposta do Timbu veio dez minutos depois nos pés de Roni. O atacante finalizou firme e deixou tudo igual. Na segunda etapa, os donos da casa voltaram do intervalo pressionando e quase chegaram à virada aos 10 minutos, mas a trave impediu o gol de Zé Carlos. Mais eficiente, o CRB voltou a lider o marcador aos 26 minutos com Galdezani. O Galo deu o golpe final aos 45 minutos com Roger Gaúcho e garantiu a terceira vitória seguida na competição. Com o resultado, o CRB ocupa a terceira posição com 28 pontos.

Quem também venceu longe de seus domínios foi o Bragantino. Apostando no contra-ataque, o Braga saiu na frente do Oeste, em Osasco (SP), logo aos 3 minutos de partida. Rafael Grampola não desperdiçou passe de Erick e abriu o placar para os visitantes. Parando na trave e nas boas defesas de Felipe, o Rubrão pressionou, mas foi para o intervalo perdendo por 1 a 0. Na segunda etapa, o panorama se manteve. Levando perigo nas descidas em velocidade, o Bragantino ampliou aos 21 minutos com Erick, 2 a 0. Com Felipe garantido na defesa, Jobinho chegou ao terceiro com Jobinho e encaminhou a vitória. Nem mesmo o gol de Marcus Vinícius, aos 43 minutos do segundo tempo, foi capaz de ameaçar o triunfo da equipe de Bragança Paulista.

Na estreia do técnico Lisca, o Joinville fez o dever de casa e venceu o Sampaio Corrêa por 2 a 0 na Arena Joinville, em Santa Catarina. A equipe catarinense contou com dois gols de Carlos Alberto para interromper a sequência negativa de quatro derrotas seguidas na competição. O meia construiu o placar ainda no primeiro tempo. Aos 11 minutos, aproveitou desvio da zaga e finalizou com força para fazer 1 a 0. Aos 42, novamente bem posicionado fez o segundo. Com o resultado, o Sampaio Corrêa termina a rodada na lanterna, com 10 pontos.

Deixe um comentário