Motivação tem de sobra, as duas equipes estão próximas na tabela de classificação e, em caso de vitória do América, no Frasqueirão no clássico do próximo sábado, o Alvirrubro pode ultrapassar o ABC e de quebra, retomar a campanha do segundo turno dentro do G-4, a depender de uma combinação de resultados.

Já o ABC, que perdeu após quatro rodadas para o ASA, terá a oportunidade retomar sua luta pela liderança do grupo A, hoje com o Fortaleza, justamente num clássico e com gosto de revanche, já que no primeiro turno, apesar de jogar melhor, o time acabou perdendo a partida de estreia na série C contra o rival, na Arena das Dunas.

Apenas o reencontro dos rivais potiguares já seria mais que suficiente para animar os torcedores a comparecer em bom número ao estádio, mas há temperos de sobra de ambos os lados para atrair a atenção do público potiguar.

Depois de andar cambaleante na competição, o América completa a quarta rodada sem perder, mas para atingir o patamar exigido pelo treinador Francisco Diá, terá de buscar os três pontos no Frasqueirão, uma vez que a meta de conquistar todos os pontos que a equipe irá disputar em Natal foi quebrada logo no primeiro desafio, contra o Remo.

Já como time grande e que tem como meta brigar pelo acesso não pode perder dois clássicos consecutivos, dificilmente o treinador Geninho e os torcedores irão se contentar apenas com um empate no confronto. Além do mais, a vitória é o mínimo que os alvinegros aguardam para comprar a briga da série C e passar a caminhar junto com o clube em busca do sonho.

O clássico terá o poder de mexer com a confiança dos torcedores, aquele que vencer irá superar toda e qualquer tipo de desconfiança e, com o retorno dos torcedores nessa reta final, ganhará uma folga de caixa para realizar as últimas contratações visando garantir a vaga na segunda fasebebdepois buscar o Sprint final no mata-mata rumo ao acesso.

A derrota deve implicar justamente no efeito inverso. Por isso, o clássico teve a importância elevada à décima potência. E você torcedor não pode perder a oportunidade de ajudar sua equipe nesse momento de definição. Lembre que uma competição do quilate de uma série C começa a se ganhar fora do campo, se criando uma atmosfera propícia as grandes vitórias.

Vicente Estavam – Repórter da Tribuna do Norte

Deixe um comentário