O catarinense Pedro Mometto é o principal nome da temporada 2018. No domingo (22), o atleta de Joinville venceu a quinta etapa do Circuito de Squash Profissional – NSB, realizada em Natal (RN). Foi sua terceira conquista neste ano – a segunda consecutiva. Com o resultado, passou a ser o novo número 1 do Brasil, com média de 1529.17. No Feminino, a liderança é de Juliana Pereira, de Ribeirão Preto (SP), com 1108.33.

O ranking foi atualizado após a disputa em Natal. Adversário de Pedro na final, o paulista Rafael Alarcon (com sete conquistas na história do NSB) manteve a segunda colocação, com 1466.67. O até então líder, Diego Gobbi, também de São Paulo, está agora em terceiro, com 1366.67. Gobbi – que já venceu seis vezes no NSB – faz um período de treinos no exterior e, com isso, não participa de duas etapas do Circuito – a já realizada na capital potiguar e a próxima, em Ponta Grossa (PR), de 2 a 5 de agosto. Como Natal só teve chave masculina, o ranking feminino permanece igual.

Mometto, de 27 anos, joga desde criança e vem disputando o circuito nacional nos últimos três anos, crescendo passo a passo, até chegar aos resultados de destaque em 2018, quando venceu os dois principais nomes do squash nacional na atualidade. Em Brasília (DF), no mês de junho, passou por Gobbi, que ocupava a liderança do ranking, e em Natal derrotou Alarcon, em uma final muito equilibrada, decidida após cinco games. Em cinco etapas nesta temporada, o catarinense disputou quatro finais e venceu três.

Circuito NSB segue para Ponta Grossa – A próxima etapa do Circuito Profissional – NSB será em Ponta Grossa, no Paraná, entre os dias 2 e 5 de agosto, com a participação mais uma vez dos principais classificados no ranking  e com chaves no feminino e no masculino. É o maior campeonato da modalidade, reunindo 150 atletas, entre eles os melhores do País, e conta com transmissões ao vivo pela Internet.

No total, são sete etapas confirmadas nesta temporada. Cinco já foram realizadas, em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Natal (RN). O calendário segue com a sexta etapa em Ponta Grossa e, na sequência, a sétima em Florianópolis (SC), entre os dias 20 e 23 de setembro.

Ranking atualizado após etapa de Natal
Masculino:

1. Pedro Mometto (Joinville, SC), média de 1529.17
2. Rafael Alarcon (São Paulo – SP), 1466.67
3. Diego Gobbi (São Paulo – SP), média de 1366.67
4. Josemar Silva (Campinas, SP), 883.33
5. Junior Christóvam (São Paulo, SP), 825.00
6. Rodrigo Dias (Belo Horizonte, MG), 679.17
7. Roni Conceição (Curitiba, PR), 679.17
8. Guilherme Castro (Goiânia, GO), 679.17
9. Alexandre Baruzzi (São Paulo, SP), 637.50
10. Guilherme Melo (São Paulo, SP), 633.33.

Feminino:
1. Juliana Pereira (Ribeirão Preto, SP), 1108.33
2. Thaisa Serafini (Caxias do Sul, RS), 1100
3. Karen Redfern (São Paulo, SP), 845.83
4. Tatiana Borges (São Paulo, SP), 829.17
5. Grazi Brolese (Porto Alegre, RS), 670.83
6. Luiza Carbonieri (Santo André, SP), 535.83
7. Nicole Barros (São Paulo, SP), 490.00
8. Aline Evelyn (Goiânia, GO) – 422.60
9. Victoria Cansini (Curitiba, PR), 381.67
10. Cristina Pontes (Brasília, DF), 381.67

O Circuito Profissional – NSB é organizado pela CBS (Confederação Brasileira de Squash), com patrocínio dos Correios.

Deixe um comentário