Surdolimpíada tem seu último dia de competição

Surdolimpíada Nacional de 2021, competição organizada pela Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS), está se encaminhando para a reta final, mas para os competidores do atletismo, ela se encerrou hoje.

Logo pela manhã, quatro provas foram disputadas. Entre as mulheres, duas atletas merecem grande destaque: Jéssica Galdino, do Rio de Janeiro, medalha de ouro nos 5000 metros rasos e nos 10.000 metros rasos e Aline Bieger, Rio Grande do Sul, que ganhou três ouros: 100, 200 e 400 metros rasos.

Jessica, ganhou as duas provas com certa distância da segunda colocada, mas revelou que foi a primeira vez que participou da competição e que não possui um técnico. “Comecei por vontade própria, em um clube. Meu namorado me apoia e incentiva bastante, mas sei que preciso de um técnico se quiser seguir evoluindo e conquistando objetivos”, contou Galdino.

Para Aline as coisas são diferentes. Ela também estava participando pela primeira vez de uma Surdolimpíada, mas não era sua estreia no atletismo, pois ela compete com ouvintes. “É complicado, porque não tem adaptação para surdos e eu preciso estar sempre muito atenta aos outros atletas”, revelou a tricampeã.

Porém, todos os participantes tiveram brilhantes desempenhos e receberam elogios da comissão de arbitragem e também de Rodrigo Malta, ex-presidente da CBDS, que acompanhou as provas da manhã e entregou as medalhas aos participantes.

Ao final do dia, conhecemos todos os medalhistas do atletismo, que foram: Aline Bieger (RS), ouro; Vanderleia Gonçalves (PR), prata; e Ana Júlia Alves (DF), bronze, na categoria 200 metros rasos. Na mesma categoria, porém no masculino, Lucas Mendes (DF) ficou com o ouro; Yuri Soares (PR), prata; e Ian Santos (GO), bronze.

Na categoria 10.000 metros rasos feminino Jessica Galdino (RJ), levou o ouro; Madilene Boeck (RS), prata; e Natani Magnus (RS), bronze. Nos 800 metros rasos masculino, o pódio ficou da seguinte forma: Romailson Santana (SP), ouro; Saulo da Silva (MG), prata; e Giordano Maurer (RS), bronze. Já na categoria 5000 metros rasos masculino, os vencedores foram: Diogo Trindade (SC), ouro; Adriano Stanislau (PR), prata e Giordano Maurer (RS), bronze.

Assim, o atletismo se despediu da Surdolimpíada Nacional, cuja realização só foi possível graças ao patrocínio das Loterias Caixa e do Governo Federal, por meio do Ministério da Cidadania e da Secretaria Especial do Esporte, além da Prefeitura de São José dos Campos, que auxilia em toda a logística da competição. Para o evento, a CBDS contará com o apoio da Helpvox.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.