Em momentos decisivos como o jogo de hoje, entre ABC e Sampaio Corrêa, o torcedor e até mesmo alguns jogadores, costumam se apegar a tudo para conquistar a vitória. Soube de atletas que usaram a mesma cueca durante todas as decisões que enfrentaram na vida. Imaginem a qualidade dessa roupa de baixo após longos anos de futebol. A superstição, nesses momentos, se mistura a fé e todos os tipos de orações são feitas no mais variados credos. É nessa hora que relembro a velha frase: “Se esse tipo de coisa desse certo, o campeonato baiano terminaria empatado sempre”. Apesar de não haver qualquer comprovação de que esse tipo de atitude realmente funcione, aconselho ao torcedor abecedista, que acredita em algo desse tipo, a fazê-lo, afinal melhor garantir.

Sobre o time que vai à campo contra o Sampaio Corrêa, tenho a predileção pelo sistema 4-4-2 ao 4-3-3 utilizando dois centro-avantes (Jefinho e Lohan). Esse último estilo de jogo não tem funcionado e hoje o ABC precisa funcionar por inteiro. Na minha opinião, Roberto Fernandes poderia apostar num meio de campo técnico e veloz, que chegue junto do ataque. Guedes, Dione, Rosa e Mossoró, bem articulados, podem fazer um estrago na defesa do time maranhense. No ataque Wallyson e mais um (Jefinho ou Lohan).

O técnico do Sampaio Corrêa, João Brigatti ajustou o posicionamento da equipe nos treinos que fez em Natal. Além disso, ele apostou na intensificação do trabalho de finalizações. Assim como o ABC, que tem perdido vários gols durante os jogos, a equipe “boliviana” sofreu desse mal na partida anterior e terminou derrotada. O time terá os reforços do volante Lucas Hulk e do goleiro Andrey. Ambos cumpriram suspensão.

Comentários do Site

  1. altamir
    Responder

    Não deu para o ABC.
    O ABC caiu na incompetência na formação do elenco para 2019. Mostrou sua fragilidade nas dificuldades que teve no Estadual, Copa do Nordeste e Copa do Brasil.
    Começou a Série C servindo de saco de pancada, apanhando fora de casa e perdendo no Frasqueirão.
    Roberto Fernandes chegou num momento que parecia ter encontrado a formação ideal. Contudo começou a inventar jogo a jogo e também perdeu-se.
    Hoje contra o Sampaio acabou de se borrar quando escalou XAVIER, jogador sem a mínima condição de ser jogador profissional.
    Agora é adormecer na série D e sucumbir de uma vez por todas. Lamentável

  2. Realista
    Responder

    O ABC caminha a passos largos para a pior fase da história do clube.
    Esse rebaixamento é apenas parte de um processo que vem batendo na trave a anos.
    Ano passado escapou da Série D por dois míseros pontinhos mas esse ano a conta chegou.
    Sem credibilidade, sem dinheiro, sem time e muito em breve sem patrimônio, o alvinegro deve tomar o rumo do Alecrim FC e isso ainda não aconteceu porque o time da estrada de pium tem muita influencia política.
    Apesar de todo o “lobby” que foi feito pra ele, e NÃO foi feito pro América, o ABC caiu e caiu feio.
    Sendo que, o alvirrubro sobreviveu ao baque.
    Apesar da receita limitada, sem copa do nordeste e sem atrativo, conseguiu montar bons times. Tanto que esse ano foi campeão estadual em cima do ABC que teve uma receita infinitamente maior.
    Resta saber se o alvinegro rachado, cheio de dívidas, ações trabalhistas que não param de chegar, com fama de caloteiro, sem credibilidade e muito em breve sem patrimônio, vai sobreviver…
    Seja bem vindo á Série D!
    Agora vem aquele famoso plano B, de procurar irregularidades nos outros clubes prá tentar permanecer via tapetão!!!
    Mas essa é apenas uma estratégia para aplacar a ira da torcida e ganhar tempo dando falsa esperança até a raiva passar…
    O fato é que foi rebaixado e a certeza de que O PIOR ESTÁ POR VIR!

Deixe um comentário