Segundo estudiosos do futebol, no Brasil, as primeiras organizações de torcedores surgiram na década de 40. Naquele época, chamadas de Torcidas Voluntárias, limitavam-se a lenços brancos e ficaram conhecidos pelas brincadeiras, segundo escreveu José Correia Sobrinho em sua obra “TORCIDAS ORGANIZADAS DE FUTEBOL: METAMORFOSES DE UM FENÔMENO DE MASSA”. Os autores ainda citam a Gaviões da Fiel, do Corinthians, como a primeira organizada oficialmente criada em julho de 1969.

De lá para cá, as coisas mudaram e, infelizmente, as organizadas passaram a ser sinônimo de violência, trocando a alegria pelo medo e a festa pelas brigas, dentro e fora dos estádios de futebol. Reconhecendo que nem todos os componentes, nem todas organizadas, apresentam esse perfil, é de lamentar mais ainda que o Ministério Público precise intervir a fim de impedir um confronto, no próximo sábado, entre a torcida do ABC e a do Santa Cruz, que jogará, no Frasqueirão.

A decisão, acertada do MP, evita, ou ao menos diminui o risco, que alguma tragédia possa acontecer. Com isso, aqueles torcedores de bem, que apenas gostariam de ver seu clube, mesmo que membros de uma torcida, terão que ficar de fora do espetáculo. Todos pagam pela falta de civilidade de alguns. Recentemente tivemos o exemplo da torcedora do Internacional/RS, que agrediu uma mãe gremista, diante de seu filho. Ela foi punida pelo Colorado e o próprio clube poderá ser punido pelo STJD. Ou seja, todos perdem. Só a paz vence.

Comentários do Site

  1. Crítico
    Responder

    Palhaçada.
    Somente atesta a incompetência do poder público uma medida dessa natureza.
    Deixar a torcida do Santa Cruz fora do frasqueirão somente serve para diminuir a pressão sobre o alvinegro como se isso fosse ser determinante para melhorar o clima.
    Mesmo que vença amanhã, posto que o Santa Cruz não vem bem na competição, o ABC ainda terá que vencer tres das últimas quatro partidas que tem pela frente.
    Sai para dois jogos fora de casa, o primeiro contra o Ferroviário-CE que ontem perdeu pro Sampaio-MA e demitiu Leandro Campos eliminando a causa da insatisfação do elenco, retomando o fôlego na competição.
    Depois pega o Imperatriz-MA que ontem venceu o Belo de virada e entrou de vez na briga pela classificação. Ou seja, desse dois jogos no máximo o ABC traz um ponto.
    Tá feia a coisa, a realidade é essa.

Deixe um comentário