Croácia, a bola da vez do turismo na Europa

21 de julho de 2016 por antonioroberto

Comentários 0

A Croácia é um país surpreendente. Tão pequeno e tão completo. Apesar de ter uma história conturbada, marcada por guerras, conflitos e sofrimento, o país hoje já está praticamente refeito. É um destino fantástico.

Este blogueiro já esteve em Zagreb e Dubrovnick, mas a blogueira de viagens Lala Rebelo cruzou o país todo e dá as dicas de como aproveitar a Croácia de forma mais abrangente. Confira as principais atrações do país que está na moda na Europa:

Dubrovinick

Dubrovinick

Dubrovnick – No extremo sul do país, no estado da Dalmácia, na costa do Mar Adriático, é uma cidade murada que foi decretada Patrimônio Mundial da Unesco.

Suas muralhas imponentes e bem conservadas e sua arquitetura medieval, renascentista e barroca se destacam.

O Mar Adriático naquele ponto é deslumbrante, complementando o visual das ruelas estreitas cheias de restaurantes charmosos.

Não é a toa que a cidade é apelidada de “a pérola do Adriático”. É utilizada como cenário da série Game Of Thrones.

Hvar

Hvar

Hvar – Uma das 1.185 ilhas do litoral da Croácia e, provavelmente, a mais conhecida. Badalada (tem fama de “nova Ibiza”), a ilha possui diversos municípios e povoados, dos quais o mais conhecido é a cidade de mesmo nome, Hvar.

Para os que pensam que Hvar é um destino só para a galera, gente jovem e solteira (também é, claro!), é só visitar o local que logo mudará de opinião.

A ilha é completíssima, ideal para fazer turismo (muralhas, forte e igrejas), descansar, conhecer praias de água azul turquesa, visitar vinícolas e curtir restaurantes e bares animados.

Split

Split

Split – Uma “cidade estratégica” no litoral da Croácia, pois é o ponto que liga o país a várias ilhas importantes e, até mesmo, à Itália.

A atração mais importante de Split é o Palácio de Diocleciano, um Imperador Romano que foi para a Croácia, sua terra natal, para se aposentar no palácio incrível que mandou construir.

Hoje, cerca de duas mil pessoas vivem no Palácio e lá dentro há muitos bares, restaurantes, lojas e hotéis. Também já foi cenário de Game of Thrones.

Trogir também compensa o passeio. É uma cidade-ilha linda próxima ao continente, a apenas meia hora de carro de Split. Tal como Dubrovnick, é Patrimônio da Humanidade da Unesco. Foi fundada em 380 a.C.

Lagos de Plitvice: parque nacional com 300km2 de área, formado por 16 lagos nos mais diferentes tons de azul e verde, conectados por cachoeiras de todos os tamanhos e divididos em dois grupos: lagos superiores e lagos inferiores.

Os passeios são feitos pelas passarelas que cruzam os lagos, nos caminhos de terra que ficam nas margens e outra parte em barco. O local é mais um Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, localizado na Croácia.

Zagreb

Zagreb

Zegreb – A capital da Croácia, e também a maior cidade do país, com mais de 1 milhão de habitantes, tem vida cultural intensa. Possui mais de 20 museus, 10 teatros e 350 bibliotecas.

Com muitas avenidas largas e arborizadas, tem parques e edifícios suntuosos. Está dividida em duas partes: Cidade Alta, a parte mais antiga (Gornji Grad), e Cidade Baixa (Donji Grad).

Faça um comentário

Comentários e pings estão fechados no momento.

Os comentários estão fechados.