Agência de Campinas (SP) aposta no turismo religioso do RN e envia grupos de visitantes a Santa Cruz

4 de fevereiro de 2020 por antonioroberto

Comentários 0

santa cruz 3

Ações de promoção e divulgação do turismo religioso no RN estão em fase de implantação. O objetivo é, sobretudo, oferecer mais visibilidade ao Santuário de Santa Rita de Cássia, em Santa Cruz, onde foi erguido o maior monumento católico do mundo. A imagem deve ser o ponto de partida para fomentar os demais atrativos turístico-religiosos da região. A iniciativa estimula operadoras focadas no segmento a desenvolverem produtos para o Rio Grande do Norte.

Um exemplo de produto bem sucedido é o roteiro que está sendo comercializado pela agência Catedral Viagens, com base em Campinas (SP). Após o sucesso obtido com a visita do primeiro grupo ao RN, a empresa está preparando mais duas saídas para visitação ao estado. “O Rio Grande do Norte já possui uma certa consolidação no quesito turismo quando se trata de Natal. Agora a Catedral Viagens se esforça em promover o circuito religioso do RN, apresentando aos peregrinos a história dos protomártires e da estátua de Santa Rita de Cássia”, revela o diretor de marketing da Catedral, Luís Mourão.

Para Marcela Pessoa, secretária de Turismo de Santa Cruz, a promoção do destino é fundamental para impulsionar o município, que conta com um atrativo turístico diferenciado. “O turismo religioso é fundamental para o Rio Grande do Norte por ser um segmento que cresce tanto no Brasil como no mundo. Em Santa Cruz, o segmento vem transformando a cidade nos últimos dez anos. Acreditamos na sua força para desenvolver economicamente o nosso município”, ressalta a secretária.

A proposta da Emprotur para 2020 é divulgar o turismo religioso em regiões do Brasil onde o ele já é consolidado. “Temos ações previstas em Aparecida, no primeiro semestre, e no Círio de Nazaré, no mês de outubro. O nosso objetivo é fazer com que os importantes atrativos ligados ao segmento religioso do RN se unam aos tradicionais atrativos de sol e praia e se tornem mais conhecidos e procurados pelos turistas”, revela o presidente da Emprotur, Bruno Reis. “Além disso, vemos no turismo religioso uma importante oportunidade para movimentar a baixa estação em todo o RN”, concluiu.

Faça um comentário

Comentários e pings estão fechados no momento.

Os comentários estão fechados.