Ocupação hoteleira nas principais cidades do RN deve chegar a 90%

21 de fevereiro de 2020 por antonioroberto

Comentários 0

Carnaval de Caicó não vem registrando ampla procura

Carnaval de Caicó não vem registrando ampla procura

A taxa de ocupação hoteleira das principais cidades do Rio Grande do Norte, durante o Carnaval, está com média de 90%. Na capital potiguar, estima-se em 92%. Pelo levantamento feito pela Secretaria de Turismo do RN junto com as prefeituras municipais, percebe-se que as cidades de Serra de São Bento, Martins, Portalegre, Tibau, Areia Branca e Maxaranguape já possuem 100% de taxa de ocupação. Já os destinos Galinhos, São Miguel do Gostoso, Apodi, Tibau do Sul/Pipa e Baía Formosa devem ficar entre 80% a 90%. Surpreendentemente, as duas cidades com maior tradição no Carnaval, Caicó e Macau, deverão ter 70% de ocupação.

Para a sub-secretária de Turismo do RN, Solange Portela, muitas pessoas planejam os dias de folga do carnaval e nem sempre os destinos tradicionais litorâneos são opção. “Sabemos que Natal é o principal mercado emissor para a maioria das cidades interioranas. Durante esse período existe um importante fluxo no turismo regional. Em algumas cidades a população quase duplica durante os dias do reinado de momo, uma vez que a hospedagem vai além da ocupação dos meios formais, pois há uma ocupação significativa em casas de amigos e familiares. Todo esse fluxo de pessoas movimenta a economia local, pois permite que o dinheiro circule além da capital”, pontuou Solange Portela.

De acordo com os dados da Socicam – empresa responsável pela administração do terminal rodoviário de Natal -, durante o período de 20 a 27 de fevereiro foram disponibilizados 200 horários extras de ônibus saindo da capital potiguar, o que gerou, no total, um fluxo de 75 mil passeiros, entre embarques e desembarques. A maior demanda foi para as cidades de Caicó, Mossoró e Touros. Já a chegada de passageiros foi principalmente da capital cearense, Fortaleza.

Faça um comentário

Comentários e pings estão fechados no momento.

Os comentários estão fechados.