RN foca na conectividade do Nordeste para se divulgar na Fitur, em Madri

22 de janeiro de 2020 por antonioroberto

A Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) participa da Feria Internacional de Turismo en Madrid (Fitur) de hoje (22) até domingo (26 de janeiro). A secretaria de Turismo de Pipa e o Preserve Pipa também marcam presença no evento, que é uma das principais feira de networking do turismo internacional.

“O Rio Grande do Norte quer se apresentar como opção de destino internacional para o viajante da Espanha, exibindo não apenas a sua vocação natural de sol e mar, mas mostrando que temos produtos específicos para agradar o mercado espanhol e que está mais fácil chegar ao nosso estado”, revela o presidente da Emprotur, Bruno Reis.

O foco do turismo potiguar na feira é explorar a conectividade ampliada com os estados de Pernambuco, Ceará e Bahia para mostrar que é possível chegar mais rápido e com mais conforto ao estado.

“Estamos recebendo aproximadamente 26 voos semanais da capital pernambucana, cerca de 33 da capital cearense e 24 de Salvador, cidades que possuem voos diretos de Madri. Em meados de dez horas o turista espanhol pode chegar ao nosso Estado, sem precisar se deslocar para São Paulo ou para o Rio de Janeiro e ter uma viagem longa e cansativa”, comenta Reis.

Além disso, lembra ele, o espanhol pode contar também com a ampliação do voo da Tap ligando Lisboa e Natal, que passa a ter seis voos semanais a partir de fevereiro. Entre os contatos mantidos pelo dirigente do turismo potiguar, ele destaca as operadoras Tui Spain, Forwardkeys, Logitravel, Solferias, E-HTL, IGLTA e Amarelo Viajes.

Atualmente, a Espanha se destaca como um dos dez maiores mercados emissivos para o Brasil e um dos cinco mais importantes em gastos per capita no país. Em média, cerca de 140 mil visitantes espanhóis chegam no Brasil todos os anos. Para o Nordeste foram transportados 58,5 mil passageiros em 2018 e 68,4 mil em 2019, um acréscimo de 17% em relação ao ano anterior.

Fiart terá Seminário do Folclore em seu festival cultural

22 de janeiro de 2020 por antonioroberto

folclore-2-1024x683

A Feira Internacional de Artesanato – Fiart, que acontece da próxima sexta-feira (24) a 2 de fevereiro de 2020, no Centro de Convenções de Natal, promoverá um Seminário de Folclore, gratuito, para debater temas importantes sobre o segmento. O evento faz parte da programação do Festival Fiart Cultural e será realizado no domingo e na segunda-feira (26 e 27 de janeiro), sempre a partir das 16h, no próprio Centro de Convenções. As inscrições gratuitas estão abertas. Basta acessar o site www.feirafiart.com.br.

Entre os temas que serão debatidos, destaque para “Raízes e Contemporaneidade”, com mestre Gláucio Teixeira, mestre Pedro Correia e Lilian Carvalho, representando mestre Severino. A mediação será de Tiquinha Rodrigues. Outro momento bastante aguardado é o painel “Grupos Folclóricos: Manifestação da Identidade Popular”, com Joaquim Crispiniano Neto, Gutemberg Costa e Luiz Assunção, com mediação de Gláucio Teixeira.

O encerramento do seminário, na segunda-feira, às 18h30, reserva o Encontro de Mestres, quando acontecerá a entrega da comenda de Reconhecimento de Patrimônio da Cultura Potiguar aos mestres de folclore. O escritor Diógenes da Cunha Lima fará a homenagem oficial.

A Fiart tem como patrocinadores e parceiros o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Sebrae/RN e Prefeitura de Natal. Toda a programação cultural será realizada com o incentivo da Lei Municipal Djalma Maranhão, com patrocínio da Unimed Natal e Luck Receptivo. A organização é da Espacial Eventos, cujo diretor, Neiwaldo Guedes, é também o idealizador da feira.

Decolar prevê que Natal será o sexto destino mais procurado no Carnaval

21 de janeiro de 2020 por antonioroberto

tabela

Levantamento realizado pela Decolar – maior empresa de viagens online do Brasil e América Latina – aponta Natal como a 6ª cidade mais procurada para o Carnaval. A pesquisa mostra que a cidade subiu quatro posições em relação a 2019, quando foi a décima capital mais buscada do Brasil para o período carnavalesco.

O indicador de Carnaval foi realizado com base nas emissões de produtos de turismo, considerando a antecedência de 80 dias antes do evento, para check-in de sexta ou sábado de Carnaval. O estudo levou em consideração os destinos mais procurados para o Carnaval no comparativo 2020 e 2019.

Presidente da Corendon assegura ao prefeito de Natal que voos charteres de Amsterdã terão nova temporada

20 de janeiro de 2020 por antonioroberto
Presidente e CEO da Corendon com prefeito Álvaro Dias, secretário Fernando Fernandes e José Odécio (ABIH-RN)

Presidente e CEO da Corendon com prefeito Álvaro Dias, secretário Fernando Fernandes e José Odécio (ABIH-RN)

Ao contrário do que nosso blog e nossa coluna no jornal TRIBUNA DO NORTE chegaram a especular, na semana passada, com base em fontes do segmento empresarial, o voo charter semanal da Corendon, na rota Amsterdã-Natal, já tem sua temporada 2020-2021 confirmada. Foi comunicada ao prefeito de Natal, Álvaro Dias, por Atilay Uslu, presidente da Corendon.

“Conseguimos confirmar a manutenção do voo Amsterdã-Natal na temporada 2020-2021 com o presidente da Corendon, Atilay Uslu, e com o CEO da empresa, Steven van der Heijden. Asseguramos o apoio da Prefeitura de Natal na divulgação do destino, a exemplo do que fizemos na atual temporada. Mais turistas significam mais emprego e renda para milhares de pessoas na capital potiguar”, disse o prefeito Álvaro do Dias.

Natal vai sediar, em outubro, encontro de intercambistas do Rotary

17 de janeiro de 2020 por antonioroberto
Intercambistas: integração mundial através do estudo

Intercambistas: integração mundial através do estudo

Com apoio da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), o hotel eSuítes Vila do Mar captou importante evento de viajantes mundiais, que integra o Rotary Brazil. O XL Brazilian YEO Meeting, promovido pela Associação Brasileira de Intercâmbio de Jovens (ABIJ), vai trazer ao Rio Grande do Norte, de 15 a 18 de outubro deste ano, o encontro dos Youth Exchange Officers do Brasil (Oficiais de Intercâmbio de Jovens do Brasil). O evento vai debater ferramentas e formas de trabalho da associação, além de aliar conteúdo e lazer.

A expectativa é de receber mais de 500 associados, sendo 50% brasileiros e 50% estrangeiros, além de seus familiares. São 146 países na associação. “Os coordenadores da rede de intercâmbios do Rotary e os ex-intercambistas do mundo inteiro vêm discutir e alinhar ferramentas e formas de trabalho, aproveitando a oportunidade para conhecer o estado”, comenta a diretora do hotel que sediará o evento, Emanuelle Barreto. “Em geral, os pais aproveitam a oportunidade para viajar junto com os filhos e o evento se potencializa, transformando-se em uma viagem de trabalho e lazer”, observa a hoteleira.

O segmento Mice, que significa Meetings (Encontros), Incentives (Incentivos), Conferences (Conferências) and Exhibitions (Feiras), é um dos focos do turismo nacional. E não poderia ser diferente no RN. “Apostamos nos eventos para movimentar o estado na baixa temporada. São mais de 50 setores de atividades impactados e uma movimentação de mais de R$ 60 bilhões por ano no Brasil”, comenta o presidente da Emprotur, Bruno Reis.

Sambaqui Catamarã promove Caiacada Ecológica na Barra do Cunhaú

17 de janeiro de 2020 por antonioroberto
Sambaqui Catamarã, uma das novidades deste verão no litoral potiguar

Sambaqui Catamarã, uma das novidades deste verão no litoral potiguar

A Sambaqui Catamarã, uma das novidades deste verão no Rio Grande do Norte, é a patrocinadora oficial da 15ª Caiacada Ecológica, que acontece no próximo domingo (19), na Barra do Cunhaú. A saída será da Fazenda Casqueira, às 10h, e a chegada está prevista para as 14h30.

Conforme já mostrado em ampla reportagem nesta TRIBUNA DO NORTE, o catamarã da empresa Sambaqui (em tupi-guarani, sambaqui significa “amontoado de conchas”) percorre o manguezal da Barra do Cunhaú até o Meral – encontro dos rios Cunhaú, Curimataú e Garatuba –, ecossistema que serve de berçário para diversas espécies de peixes e moradia natural de moluscos, crustáceos e aves nativas, inclusive a garça azul.

O passeio inclui paradas para demonstração da captura artesanal do caranguejo e segue pela margem direita do Rio Cunhaú até a Praia da Restinga, com águas calmas, ideal para um refrescante e relaxante banho. O percurso total leva em torno de três horas.

Com design diferenciado e tecnologia leve e reciclável, o Sambaqui Catamarã oferece sustentabilidade e proporciona uma experiência inovadora em navegação. Sua estrutura comporta confortavelmente 92 pessoas sentadas no convés inferior, que oferece mesas para petiscos e bebidas, e 28 passageiros no sun deck.

O barco conta ainda com sistema de som para entrada de usb e bluetooth, iluminação noturna, banheiros individuais masculino e feminino, bar, almoço estilo bufê, além de equipamentos de salvatagem e segurança completos, como extintores, coletes salva-vidas e bóias.

Fiart terá quase 400 estandes e prevê 50 mil visitantes em dez dias

16 de janeiro de 2020 por antonioroberto
João Hélio, diretor do Sebrae-RN, discursa no lançamento da Fiart

João Hélio, diretor do Sebrae-RN, discursa no lançamento da Fiart

Com o tema “Inspiração e Arte, Negócios e Tradição”, a 25ª edição da Feira Internacional de Artesanato – Fiart foi lançada na manhã desta quinta-feira (16) no Espaço Neuma Leão, em Natal. O evento acontece de 24 de janeiro a 2 de fevereiro, das 16h às 22h, no Centro de Convenções de Natal.

Estão previstos cerca de 400 estandes, com expectativa de público de mais de 50 mil visitantes durante os dez dias do evento. A expectativa de vendas supera os R$ 7 milhões de 2019. Vale lembrar que a feira está entre as quatro maiores do segmento no País.

Além de servir como espaço para o entretenimento e compras para turistas e visitantes locais, a Fiart gera emprego e renda, movimentando a economia em plena temporada de verão. O ingresso custa R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia).

A programação cultural será diversificada e conta com mostra folclórica, seminário, cortejos, oficinas e shows. A gastronomia também terá espaço diferenciado, com muitas degustações e até cervejaria artesanal. Destaque para os queijos produzidos artesanalmente vindos do Seridó Potiguar, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

Neiwaldo Guedes, idealizador e organizador da Fiart

Neiwaldo Guedes, idealizador e organizador da Fiart

Saiba mais através do site: feirafiart.com.br

RN participa de feira de turismo na Holanda

16 de janeiro de 2020 por antonioroberto
Delegação do turismo potiguar em evento na Holanda

Delegação do turismo potiguar em evento na Holanda

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN) participa pela terceira vez, com estande próprio, da feira de turismo Vakantibeurs, em Utrech, na Holanda. O evento começou ontem (15) e prossegue até o domingo (19). Reúne mais de 200 expositores e deve receber cerca de 20 mil visitantes.

Natal tem um voo charter semanal de Amsterdã operado pela Corendon. A temporada vai até abril e não deverá ser renovada. A promessa de um segundo voo semanal, previsto para dezembro passado, não se concretizou, segundo os empresários do turismo potiguar, por falta de apoio financeiro do setor público do Rio Grande do Norte a ações de marketing e promoções do destino na Holanda.

Reunião com operadores holandeses no estande do RN

Reunião com operadores holandeses no estande do RN

Os dirigentes e empresários do turismo potiguar presentes ao evento de turismo na Holanda tiveram reuniões consideradas produtivas com diretores da aérea Air France-KLM e das operadoras Travel Creations, Tix.nl OTA, Country Manager Benelux, TUI e Corine Tusveld – The Travel Club.

Estão no estande potiguar o prefeito de Natal, Álvaro Dias; o secretário de Turismo de Natal, Fernando Fernandes; o diretor-presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Bruno Reis; a gerente de Promoção Internacional da Emprotur, Nayara Santana; o presidente da ABIH-RN, José Odécio; a gerente executiva da ABIH-RN, Gabriela Duarte; o diretor da rede de hotéis Aram, Manoel Andrade; a diretora do E-suítes Vila do Mar, Emanuelle Barreto; o secretário de Turismo de Maxaranguape, Valtércio Pinheiro; e a secretária de Turismo de Tibau do Sul-Pipa, Beth Bauchwitz.

Estande do RN na feira Vakantibeurs

Estande do RN na feira Vakantibeurs

Fecomércio pede à governadora que não tombe o Reis Magos. Demolição é única saída

7 de janeiro de 2020 por antonioroberto

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (Fecomércio RN), Marcelo Queiroz, veio a público nesta terça, 7, para reiterar o pedido já feito à governadora Fátima Bezerra de que não permita o tombamento das ruínas do antigo Hotel Reis Magos, localizadas na orla urbana de Natal. A decisão pelo tombamento ou não está nas mãos da governadora que, segundo informações oficiais, aguarda um parecer da Procuradoria Geral do Estado.

 

“Tombar estas ruínas seria um enorme retrocesso para a nossa cidade. Além de criar uma potencial demanda judicial entre o Estado e os atuais proprietários da área, travando de vez investimentos que poderiam começar a ajudar a alavancar aquela parte da cidade dos pontos de vista econômico e social, um eventual tombamento também poderia levar os cofres públicos a arcar com altos custos para a recuperação de uma estrutura cujo valor histórico já foi rechaçado, inclusive, pelos conselhos estadual e municipal de Cultura. Esperamos, ansiosos, que a governadora Fátima Bezerra, que tem demostrado tanta sensibilidade quanto aos pleitos que envolvem o desenvolvimento econômico e social, reconheça isso e descarte de uma vez esta possibilidade”, afirma Marcelo Queiroz.

 

O presidente da Fecomércio ainda pontua os enormes riscos que a insegurança jurídica que um eventual tombamento traria para o estado do RN como um todo. “Quando a área foi adquirida, ela estava completamente liberada para ser limpa e reutilizada. Tombar agora aquelas ruínas é mudar as regras com o jogo em andamento, um movimento que gera um nível de desconfiança que afasta inapelavelmente futuros novos investidores”, diz ele.

 

O sentimento do presidente da Fecomércio RN é endossado por vários representantes do segmento turístico potiguar, além de especialistas em patrimônio cultural e histórico. Empresário do setor de receptivo há mais de vinte anos, George Costa é um deles. “Eu vejo as ruínas do Hotel Reis Magos como o maior ícone da decadência pela qual passa a orla turística de Natal. Aquela é uma área privada, cujo uso deveria ser definido única e exclusivamente pelo seu proprietário, até porque, após diversos debates, inclusive jurídicos, em conselhos de cultura e de turismo, e mesmo em discussões públicas, ficou muito claro que não há nas ruínas nenhum valor histórico ou cultural que justifique um eventual tombamento. O surgimento de um novo empreendimento ali, dentro das regras urbanísticas da cidade, tem o poder de transformar fortemente aquela parte da cidade. E hoje Natal e o turismo do RN precisam, urgentemente, de novidades que possam elevar o nível de interesse da cidade como produto turístico”, declara Costa, destacando a indiscutível relevância da atividade turística para a economia do estado.

 

O hoteleiro e vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH RN), Abdon Gosson, é ainda mais contundente.  “Este é um assunto que já deveria ter sido resolvido há muito tempo. É inadmissível que mantenhamos aquelas ruínas em uma praia urbana de nossa cidade, expondo a decadência daquela região e contribuindo para manter a orla de Natal como uma das mais feias, talvez a mais feia, do Nordeste. Precisamos urgentemente ocupar aquele espaço com um novo projeto turístico que ajude a revitalizar aquela região, gerando emprego e renda. Falo isso, tenho certeza, não apenas como empreendedor do segmento turístico, há mais de quatro décadas, mas, também, como cidadão potiguar. Tenho absoluta certeza de que a maioria dos potiguares é contra este tombamento e se alinha com este meu pensamento”, disse.

 

George Gosson, um dos maiores e mais atuantes hoteleiros do estado, também faz críticas duras a um eventual tombamento. “As ruínas dos Reis Magos são um ícone da insegurança jurídica e da ineficiência da resolução de conflitos em nosso Estado. Legislações mal elaboradas, superposições de competências de órgãos fiscalizadores (neste caso, são três órgãos responsáveis pelo patrimônio histórico) e a morosidade da justiça para resolução de impasses como este são fatores deletérios à atividade empreendedora e à livre iniciativa”, diz ele.

 

Custo dez vezes maior

Relator do processo que analisou o pedido de tombamento do antigo Hotel Reis Magos no Conselho Estadual de Cultura, o advogado, professor e especialista em patrimônio histórico e cultural, Diógenes da Cunha Lima, foi enfático ao afirmar sua posição contrária à restauração do equipamento. “Ninguém pode negar a importância que o Hotel dos Reis Magos teve no passado. Teve! Todavia, o local está fechado há 20 anos e não está funcionando porque a economia mudou. Era prejudicial para a empresa (sua proprietária) explorá-lo. Então, ficaram ruínas. Hoje, os alicerces estão em ruínas, com mostras de ferro enferrujados e com perigo para as pessoas que de lá se aproximam, porque pode ruir. Se houver o tombamento, vai continuar como está, porque ninguém de bom senso vai jogar dinheiro público lá.  O Estado, se tombar, vai ter que gastar muito, ou obrigar a empresa, que é uma loucura, a gastar dinheiro inútil para a cidade, apenas para relembrar as emoções de pessoas que tiveram no passado”, disse ele em entrevistas recentes.

 

Cunha Lima explicou, em entrevista ao programa Bom Dia RN, na Intertv Cabugi, que o tombamento preserva para o futuro algo que pode ser preservado efetivamente e que possui valor histórico. Na visão dele, não é o caso do hotel Reis Magos. Segundo o professor, existem laudos técnicos que comprovam o estado avançado de deterioração do prédio e os altos custos de uma possível obra de recuperação. Os números apresentados por Diógenes da Cunha Lima indicam um valor dez vezes maior que o custo de uma reforma, em relação à opção de derrubada do hotel e construção de um prédio novo no mesmo local.

 

Diógenes da Cunha Lima chega a classificar como “monstrengo” a estrutura que sobrou do Hotel Reis Magos e reitera que “a hora é de fazer a preservação do que é preservável”. “Já teve gente que comparou o hotel à Fortaleza dos Reis Magos. Pelo amor de Deus, não vamos fazer comparações dessa natureza! Não podemos enfeiar a cidade, linda como ela é. Natal é uma cidade mulher, que gosta de ser amada, ter a beleza reconhecida, se enfeitar e estar sempre em movimento”, destaca.

 

O Conselho de Cultura do Estado, composto por representantes de diversas instituições, emitiu parecer, no dia 2 de julho, favorável à demolição das ruínas do antigo hotel. Já no dia 20 de agosto de 2019, o Conselho Municipal de Cultura também emitiu parecer semelhante, defendendo a demolição das ruínas. Em ambos, a votação teve o placar de nove votos a um a favor da demolição e, portanto, contra o tombamento.

Emprotur lança novo site: tudocomecaaqui.rn.gov.br

11 de dezembro de 2019 por antonioroberto
Tudo começa aqui...

Tudo começa aqui…

Uma plataforma moderna para informar agentes de viagem e público final sobre os destinos, polos, segmentos turísticos do estado e tudo o que é importante saber antes de viajar para o Rio Grande do Norte. Essa é a novidade que a Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) acaba de lançar e já está disponível para acesso no link www.tudocomecaaqui.rn.gov.br.

A iniciativa tem como objetivo oferecer conteúdo seguro e atualizado sobre as possibilidade de fazer turismo no RN Seguindo a identidade visual e conceitos da campanha de marketing do estado, “Tudo Começa Aqui”, o site responsivo reúne informações sobre o destino com uma nova abordagem.

Estão lá, por exemplo, as experiências turísticas de Sol e Praia, Ecoturismo e Turismo de Aventura, Mice, Histórico, Cultural e Religioso. A divisão do estado em cinco polos ainda é utilizada com foco na interiorização do destino. Um mapa interativo dará ao internauta uma noção real sobre os municípios que compõem cada região do RN.

Mapas de conectividade aérea, que exibem as principais formas de chegar ao RN, são um dos destaques do site. Tábua de maré, dados sobre investimentos no estado, vídeos, redes sociais, entidades parceiras e notícias atualizadas diariamente também fazem parte do conteúdo principal.

Pensando no agente de viagens, foi criado um espaço interno onde é possível se cadastrar e acessar todo o material de divulgação do estado de forma digital, evitando a grande distribuição de folheteria em feiras e eventos. Vídeos, fotos, e-books e muito conteúdo estarão à disposição para download.

O novo site está em versão de testes, recebendo feedbacks dos usuários para realizar melhorias e lançar a sua versão oficial em mais dois idiomas. Além do português, será possível acessar o conteúdo principal em inglês e espanhol.