O Procurador Geral de Justiça, Rinaldo Reis, declarou quando anunciava novidades da Operação Sinal Fechado, dentre elas a denúncia encaminhada ao Tribunal de Justiça contra o deputado Ezequiel, que arquivou parcialmente o processo contra o governador Robinson Faria (PSD), por falta de provas, até então colhidas, do seu envolvimento na operação. 

Entre as faltas de provas contra o governador estava o fato de terem falsificado sua assinatura, quando presidente da Assembleia Legislativa, no projeto que criou a inspeção veicular, culminando na Operação Sinal Fechado. 

Bom…

Na entrevista ao Novo Jornal deste domingo (01), Dr. Rinaldo declara que não foi aberta investigação sobre a falsificação da assinatura porque não havia suposto falsificador a apontar. 

Você entende? 

Como uma assinatura foi falsificada e não há falsificador a apontar? Como assim?