AstraZeneca/Oxford: Saúde reitera que a vacina é segura e reforça a importância da imunização

O Ministério da Saúde monitora constantemente a segurança e a efetividade de todas as vacinas incorporadas ao Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Com as vacinas covid-19, não é diferente.

Até o momento, não foi identificada uma relação de causalidade entre o imunizante da AstraZeneca/Oxford com eventos raros de trombose (formação de coágulos sanguíneos) associados à plaquetopenia, em pessoas que receberam as doses do imunizante.

Dessa maneira, a pasta reitera a importância da vacinação, considerando que os benefícios da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca/Oxford superam, em muito, os potenciais riscos. No Brasil, as doses do laboratório são produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) – o País também já recebeu vacinas do mesmo imunizante produzidas em fábricas na Índia e na Coreia do Sul.