A bancada federal do Rio Grande do Norte se reuniu na manhã da segunda-feira (23), com prefeitos do estado para tratar do socorro emergencial proveniente do Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM). A iniciativa, fruto de Medida Provisória, orçada em R$ 4 bilhões traria o alento às prefeituras brasileiras assoladas com a crise financeira. O encontro promovido pela Federação dos Municípios do RN, Femurn, levou ao auditório da Fiern, mais de 130 prefeitos do estado.

O presidente da Femurn, Benes Leocádio, comentou que outras MPs com a mesma finalidade foram concebidas e aprovadas pelo Congresso Nacional e justificou o pleito dos prefeitos: “Pelo momento que os municípios enfrentam, diante desta crise que atinge todas as cidades, este é o dia de maior agonia do municipalismo potiguar”.

Ao final do encontro, ficou acordado que o pleito dos prefeitos potiguares será encaminhado ao Presidente da República Michel Temer pela bancada potiguar.

A bancada potiguar foi representada pelos três senadores: José Agripino, Garibaldi Alves e Fátima Bezerra, além dos deputados federais: Felipe Maia, Antônio Jácome, Beto Rosado, Fábio Faria, Walter Alves, Zenaide Maia e Rafael Motta. O deputado Rogério Marinho foi representado na reunião, em virtude de compromisso  sobre a Reforma Trabalhista em outro estado.