Betinho Segundo fala sobre sua entrada na política em entrevista ao Novo Jornal‏

O deputado federal eleito, Betinho Rosado, foi o entrevistado deste domingo (16) do Novo Jornal. Na conversa com o jornalista Paulo Nascimento, falou sobre a experiência a frente da Secretaria de Agricultura de Mossoró e da escolha de seu nome para disputar uma das oito vagas à Câmara Federal.

“Não tinha expectativa de concorrer nesse momento, mas era consciente de que seria um projeto natural. Sempre tive receio de entrar na política, por tudo que vemos diariamente. Basta ler Maquiavel para perceber que a política é praticamente a mesma coisa de 500 anos atrás. No entanto, com a quantidade de informação consumida pela população, a tendência é de que ela se torne mais moralizada”, comentou.

Betinho também revelou o desejo de conseguir conciliar a vida pública com a condução da fazenda que mantém na zona rural de Mossoró. “A conciliação é difícil, mas vou tentar. Até porque uma hora eu vou deixar de ser político e minha fazenda é o local para onde vou voltar”, explicou.

Outro destaque da entrevista foi o novo hobby do deputado, revelado por sua esposa durante a conversa. “Estou estudando sanfona, há um tempo. É algo que necessita de muita dedicação. Agora que falei, aonde eu chegar o povo vai pedir para eu tocar”, brincou.

Formado em Agronomia pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), Betinho destacou suas bandeiras de luta, principalmente voltadas para a agricultura. “Acho que depois de Nélio Dias e do meu pai, eu serei o parlamentar mais ligado à agricultura. Mas também estou fazendo uma preparação intensa para iniciar o mandato atento a questões como saúde, segurança e educação”, ressaltou.

z