O deputado federal Beto Rosado foi indicado para compor duas comissões especiais recém-criadas pela Câmara. A primeira diz respeito ao Pacto Federativo, onde serão apresentadas propostas em relação à partilha de recursos públicos e obrigações da União, Estados e Municípios. A segunda vai analisar a Proposta de Emenda à Constituição que cria a Zona Franca do Semiárido Nordestino, incentivando a instalação de empresas e a geração de empregos na região.

“No que diz respeito ao Pacto Federativo, todos são conhecedores da má distribuição do bolo tributário. Estados e municípios dizem que mal tem dinheiro para pagar a folha de pessoal e nós precisamos chegar a uma proposta que reverta isso. Já em relação à comissão da Zona Franca do Semiárido, vou participar para garantir que boa parte do território potiguar esteja inserido nesse perímetro. Isso pode gerar muitas oportunidades para a nossa gente, assim como ocorreu com a Zona Franca de Manaus”, falou Beto Rosado.

Além das comissões do Pacto Federativo e da Zona Franca do Semiárido, Beto Rosado também é membro das comissões de Minas e Energia, Agricultura, Pecuária e Pesca, da Transposição do São Francisco, da Crise Hídrica, da CPI da Petrobras e do Centro de Estudos e Debates.

Foto: Gabriela Kollosy

GKT9729 Foto Gabriela Korossy