O domingo termina com uma nova articulação em curso no Rio Grande do Norte.

O Partido Progressista (PP) poderá sair do comando do deputado federal Beto Rosado e da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini.

E passar para o comando do deputado federal Fábio Faria, em uma articulação feita pelo próprio presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, com o presidente nacional do PP, Ciro Nogueira.

Nessa circunstância, o governador Robinson Faria permaneceria no PSD e com o filho comandando o PP seria mais um partido a contar para sua candidatura à reeleição, com tempo de rádio, TV e Fundo eleitoral.

Resta saber se Beto Rosado e Rosalba ficariam no PP sob o comando de Fábio Faria.