Não obstante a redução do resultado de intermediação financeira decorrente da expressiva redução da sua carteira de empréstimos, o BNDES registrou lucro líquido de R$ 6,7 bilhões no ano passado.

O aumento de 8,5% no lucro líquido explica-se principalmente pelo aumento da venda de participações societárias, notadamente aquelas detidas pelas BNDESPAR.

Ativos – O ativo do Sistema BNDES totalizou R$ 802,5 bilhões em 2018, uma redução de R$ 65 bilhões (-7,5%) no exercício, refletida na redução de 26% dos passivos junto ao Tesouro Nacional (R$ 307 bilhões ao final de 2018, contra R$ 416 bilhões em 2017), com pagamento antecipado de R$ 130,2 bilhões em dívidas com o Tesouro Nacional. Esse pagamento foi possível em grande parte pelo volume de liquidações dos empréstimos ter superado o de desembolsos em R$ 91,5 bilhões.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.