Em 2011 o brasileiro vai trabalhar 4 meses e 29 dias para pagar impostos. Segundo estudo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), até o próximo domingo, dia 29 de maio, o contribuinte trabalha apenas para pagar tributos aos governos federal, estadual e municipal.

“Ano passado foram 148 dias para quitar os tributos. Ou seja, a cada ano precisamos trabalhar mais para pagar os cofres públicos”, disse o deputado Felipe Maia, em discurso no plenário da Câmara, nesta quinta-feira (26).

De acordo com o democrata, nos países da América do Sul, a média de dias trabalhados para o pagamento de impostos é bem menor. Na Argentina, por exemplo, são 97. No Chile são 92 dias de trabalho para o fisco. Já em algumas nações desenvolvidas, o número de dias é equivalente ao do Brasil. Na França, por exemplo, também são 149 dias de trabalho para tributação. E na Suécia, 185

De acordo com o IBPT, em 2011 o governo arrecadará cerca de R$ 1,45 trilhão, 11% a mais do que em 2010. Além disso, a carga tributária brasileira chegou a 35,04% do Produto interno Bruto (PIB) no ano passado. “Diante desses números concluo: o povo está sem dinheiro no bolso”, disse Felipe Maia.