Como aluno do curso de Jornalismo da UnP, participei da sabatina feita ao ex-prefeito de Natal e pré-candidato ao Governo do Estado, Carlos Eduardo Alves (PDT).

Questionei o ex-prefeito sobre o escândalo dos medicamentos vencidos.

“Isso foi uma montagem, uma fraude. A atual gestão de Natal, ao assumir a prefeitura, ao invés de apresentar ao município os projetos que iriam ser desenvolvidos, fez uma tentativa de desmoralizar a nossa administração. Eu deixe um saldo de mais de 10 milhões de reais, e a prefeita ainda teve a coragem de ir a imprensa dizer que deixamos um déficit nas contas do município. Ela própria assinou o Diário Oficial e era consciente do saldo positivo que deixamos. Como não tinha mais nenhuma forma de afetar a nossa administração, passado 100 dias da atual administração, montaram uma fraude no Centro de Medicamentos da prefeitura, onde de repente abriram as portas e encontraram caixas de remédios jogados no chão, espalhados, e eu questiono: Por que só após 100 dias de gestão veio se descobrir isso? O Centro de Medicamentos ele funciona de segunda a sábado para abastecer os 82 postos de saúde de Natal. Quer dizer que os postos de saúde passaram 100 dias sem receber medicamentos?”, respondeu Carlos Eduardo.

Foto/Celular: Valéria Credídio

Este blogueiro sabatinando Carlos Eduardo