“É chegada a hora – não há mais tempo a perder – de lutarmos para que sejamos também o País da Educação. Ela é o instrumento mais eficaz para dar aos cidadãos a chave das autênticas oportunidades. O homem desprovido de uma mínima formação educacional tem seu amanhã amputado, repercutindo também decisivamente na projeção desfocada da própria Nação. A Educação fomenta o desenvolvimento, diminui os índices de violência, auxilia na qualidade de vida, ou seja, só traz grandiosos benefícios a todos”. O trecho faz parte do discurso de posse do novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Carlos Thompson Costa Fernandes, em solenidade realizada (08), no plenário do TCE.

Ainda no discurso, Carlos Thompson enfatizou o avanço do Brasil no cenário mundial, “mas somos também o país no qual a corrupção está impregnada nas nossas instituições, públicas e privadas, e a impunidade desfila com ela de mãos dadas, com uma desenvoltura profissional. Tais mazelas influenciam negativa e diretamente nos serviços de saúde, segurança e educação posta à disposição da sociedade”.

Na mesa presidida pelo conselheiro Valério Mesquita, constavam a governadora Rosalba Ciarlini; o presidente da Assembléia Legislativa, Ricardo Mota; o prefeito em exercício, Paulinho Freire; o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho; o senador José Agripino, além de representantes do Tribunal de Justiça; do Tribunal Regional do Trabalho, componentes do Ministério Público Especial e outros. O novo conselheiro assume a vaga deixada com a aposentadoria do então conselheiro Getúlio Nóbrega.

Foto: Jorge Filho

Os comentários estão fechados.