Economia

Emenda para o Porto-Ilha

A governadora eleita pelo Rio Grande do Norte, senadora Fátima Bezerra, articulou com o relator setorial da área de Transporte do Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2019, senador Wilder Morais, um aporte de R$ 15 milhões para a emenda de bancada do Rio Grande do Norte, destinada para manutenção do Porto-Ilha de Areia Branca. A proposta foi aprovada pela Comissão Mista de Orçamento.

Fátima destacou que esses recursos serão importantes para a geração de empregos e para o desenvolvimento da economia do estado e do Brasil. “O terminal salineiro produz praticamente 70% do sal produzido no país e mais de 60 mil empregos diretos e indiretos”, ressaltou.

Para Airton Torres, vice-presidente do Sindicato da Indústria de Sal do RN, a liberações desses R$ 15 milhões no próximo ano será importantes para recuperação dos pontos emergenciais que ameaçam a operação do Terminal Salineiro. “É um importante passo, que, aliado a outros que precisam vir, vai garantir a sobrevivência do setor salineiro do estado e o sustento das 75 mil famílias que dependem da atividade”, disse

Transporte
Em reunião com a senadora Fátima Bezerra e seu suplente, Jean-Paul Prates, que assumirá o mandato a partir de janeiro, o ministro dos Transportes, Valter Casimiro, garantiu, na quarta-feira, que tem buscado soluções para o Porto-Ilha. “Estamos buscando soluções para resolver os problemas de manutenção do terminal salineiro”, enfatizou o ministro, que agradeceu o empenho da governadora eleita em buscar recursos para o Porto-Ilha.

EconomiaTurismo

Presidente da CODERN dá boas-vindas aos turistas e tripulantes do Cruzeiro Hamburg

Praia, Sol, Mar, a boa gastronomia e hospitalidade do potiguar são atrativos e potencialidades para o turismo. Nesta sexta-feira (07), teve início a nova temporada de cruzeiros internacionais no Porto de Natal. O Hamburg, com aproximadamente 300 passageiros, veio do Caribe, passou por Belém (PA) e Natal (RN), segue para Recife (PE), Salvador (BA) e vai até o Rio de Janeiro (RJ), de onde os passageiros pegarão o voo de volta para a Alemanha.

IMG_4741

O Diretor-Presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), Fernando Dinoá, recepcionou os turistas e deu boas-vindas à tripulação do cruzeiro, sendo recebido juntamente com assessores pelo subcomandante Max Dolgov. “É uma satisfação recebe-los. Serão sempre bem-vindos e que voltem outras vezes para visitar a nossa Cidade do Sol”, disse Dinoá.

Fernando Dinoá e Subcomandante

Dolgov, um ucraniano, comentou que já teve em outras duas oportunidades em Natal, cidade que ele considera a mais bonita do Brasil, juntamente com o Rio de Janeiro. “O melhor daqui é o calor humano do natalense”, disse, destacando que consome o melão, manga e melancia, frutas tropicais do Brasil, quando foi informando pelo dirigente da CODERN que são exportadas para a Europa pelo Porto de Natal. “Agora vou sair dizendo que conheço a origem dessas frutas”, brincou o subcomandante.

O Hamburg tem 144m e capacidade para 420 passageiros. É da companhia Plantours & Partners, que até 2012 era chamado de Columbus C e pertencia a Hapag-Lloyd. Foi reformado em Gêneva, após sua venda para a Plantours & Partners. É dotado de um restaurante, piscina, teatro que também funciona como espaço para shows e apresentação de peças culturais, além de cafeteria, SPA, lojas e um funcionário à disposição de cada dois passageiros. Um pequeno mas excelente navio destinado a classe média-alta alemã, acostumada a uma atmosfera de conforto, sobriedade e luxo.

IMG_4756

EconomiaTurismo

Temporada de Cruzeiros em Natal tem início nesta sexta-feira (07)

O Porto de Natal estará recebendo às 12h desta sexta-feira (07), o primeiro Cruzeiro da nova temporada de navios internacionais de passageiros, que vai até abril de 2019. É o Hamburg, com aproximadamente 300 passageiros, que vai desatracar às 17h. O agente marítimo responsável, a Viamar Navegação e Turismo, não informou à CODERN, a rota de navegação.

O navio de 144m, construído em 1997, tem capacidade para 420 passageiros. É da companhia Plantours & Partners, que até 2012 era chamado de Columbus C e pertencia a Hapag-Lloyd. Foi reformado em Gêneva, após sua venda para a Plantours & Partners. É dotado de um restaurante com um só turno de refeição, possui igualmente como alternativa no SunDeck um serviço de buffet para aqueles que preferem um ambiente mais descontraído nas refeições. Um pequeno mas excelente navio de cruzeiros destinado a uma classe média-alta alemã, acostumada a uma atmosfera de conforto, sobriedade e luxo.

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) estima que cada passageiro gasta uma média de U$ 200 dólares na cidade de Natal, visitando as praias, shopping’s, bares e restaurantes, e ainda fazendo compras, o que representa um acréscimo significativo na economia local.

Economia

Faern realiza seminário com ex-ministro e entrega Medalha do Mérito Rural

O Sistema Faern/Senar realiza na próxima quinta-feira (06) o 4º Seminário Cenário Econômico e Político para o Setor Rural em 2019, que terá como palestrante o ex-ministro da Agricultura do Brasil, Alysson Paolinelli. O evento também marcará a entrega das Medalhas do Mérito Rural Senador Moacyr Duarte às personalidades que mais se destacaram no setor rural em 2018.

O prêmio é considerado a maior honraria concedida pela Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Rio Grande do Norte (Faern) aos nomes que se destacaram em prol do fortalecimento das atividades rurais no RN.

Pela primeira vez esse ano foi incluída na entrega de medalhas a categoria Jornalista. As demais categorias são Política, Científica, e Produtor Rural. Os nomes agraciados foram escolhidos por representantes de entidades que compõe a comissão da medalha.

O evento reunirá autoridades políticas, nomes ligados ao setor agropecuário, produtores rurais de todo o Estado e será realizado a partir das 19h no Boulevard Recepções (Av. Maria Lacerda Montenegro, s/n, Nova Parnamirim).

Confira os nomes dos agraciados por categoria:

Política: Guilherme Saldanha (Secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e da Pesca do RN);

Científica: Adriano Rangel (Professor-Doutor – Escola Agrícola de Jundiaí);

Produtor Rural: João Patriota (In Memorian)

Jornalista: Woden Madruga.

Economia

Brasil tem saldo positivo de 57.733 empregos formais em outubro

Mantendo a tendência de crescimento, o Brasil terminou o mês de outubro com saldo positivo de 57.733 postos de trabalho formais, o que representa um acréscimo de +0,15%, em relação ao mês anterior.

As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta quarta-feira (21).

EconomiaEstado

Motores do Desenvolvimento é prestigiado por autoridades

O Seminário Motores do Desenvolvimento que acontece neste momento na sede da FIERN (Federação da Indústria do Rio Grande do Norte) reúne não só a classe produtiva do Estado, mas autoridades de vários poderes.

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) é um dos palestrantes, ao lado da governadora eleita do RN, Fátima Bezerra (PT).

Também participam do Seminário o prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB); a senadora eleita Zenaide (PHS); Jean-Paul Prates (PT), que na condição de primeiro suplente vai assumir o mandato de Fátima no Senado; os deputados federais Rafael Motta (PSB), Benes Leocádio (PRC) e os deputados estaduais Hermano Morais (MDB), Ricardo Motta (PSB) e Márcia Maia (PSDB), além do deputado eleito Coronel Azevedo (PSL).

Motores do Desenvolvimento é promovido pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN), em parceria com o jornal Tribuna do Norte, Sistema Fecomércio (Fecomércio/RN), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e RG7 Invest.

EconomiaEstado

Motores do Desenvolvimento debate sobre gestão pública nesta segunda (19)

O equilíbrio das contas públicas e os desafios para fazer os ajustes necessários e gerir o desenvolvimento econômico e social do Brasil e do Rio Grande do Norte serão debatidos durante a 36ª edição do Seminário Motores do Desenvolvimento do RN. Com o tema “Caminhos do Brasil e do RN na Gestão Pública”, o seminário será realizado no próximo dia 19 de novembro, a partir das 8h, no Auditório Albano Franco, na Casa da Indústria.

Entre os palestrantes convidados para esta edição estão o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, a governadora eleita do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, e o jornalista William Waack, que também é professor, cientista político e sociólogo.

O Seminário Motores do Desenvolvimento do Rio Grande do Norte é promovido pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN), em parceria com o jornal Tribuna do Norte, Sistema Fecomércio (Fecomércio/RN), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e RG7 Invest.

Economia

Roberto Campos Neto comandará o Banco Central

O economista Roberto Campos Neto comandará o Banco Central a partir de janeiro. A informação foi confirmada pela equipe de transição do presidente eleito, Jair Bolsonaro. A permanência de Mansueto de Almeida como secretário do Tesouro também foi ratificada pela equipe.

Executivo do banco Santander e neto do ex-ministro Roberto Campos, Campos Neto substituirá Ilan Goldfajn, que não aceitou o convite para permanecer no cargo. Formado em economia, com especialização em finanças, pela Universidade da Califórnia, em Los Angeles, Campos Neto tem 49 anos.

Da Agência Brasil

Economia

ALE Combustíveis recebe prêmio em gestão de pessoas

A valorização dos colaboradores é uma das premissas da ALE Combustíveis, e, prova disso, foi o prêmio recebido nesta semana.

Na 16ª edição do prêmio “Valor Carreiras”, que para este ano apresenta uma nova metodologia, a Ale foi reconhecida em função das diversas ações inovadoras para a integração entre os colaboradores e por proporcionar um ambiente favorável para o desenvolvimento dos talentos.

As empresas eleitas neste ano pretendem investir em tecnologia e automação em 2019, além de reforçar o treinamento de suas equipes.

ALE_PREMIO_320x213

Economia

Joaquim Levy aceita convite de Bolsonaro e vai presidir BNDES

Da Agência Brasil

O economista Joaquim Levy aceitou hoje (12) o convite para presidir presidir o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Ele foi convidado pela equipe de Paulo Guedes, confirmado para o superministério da Economia, e a informação divulgada por sua assessoria.

É o primeiro na equipe econômica do governo de Jair Bolsonaro. Com experiência na administração pública, Levy foi ministro da Fazenda de janeiro a dezembro de 2015, no segundo mandato de Dilma Rousseff, com a promessa de realizar um ajuste fiscal para conter os gastos públicos.

Na semana passada, Bolsonaro afirmou que pretende “abrir a caixa-preta” do BNDES em referência a empréstimos suspeitos negociados em gestões anteriores. Segundo ele, a sociedade tem direito de saber como é utilizado o dinheiro público.

Histórico

Engenheiro naval de formação, Levy possui doutorado em economia da Universidade de Chicago (EUA), a mesma de Paulo Guedes. Ele também foi secretário do Tesouro Nacional entre 2003 e 2006, durante o primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva.

Antes, no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso, foi secretário adjunto da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda, no ano 2000.

De 2010 e 2014, Levy foi diretor do banco Bradesco. Para assumir a presidência do BNDES, Levy deixará a diretoria financeira do Banco Mundial, cargo que ocupa atualmente.

Em 2007, foi secretário de Fazenda do Rio de Janeiro no primeiro mandato do governador Sergio Cabral.

Antes de trabalhar no governo federal, Levy acumulou experiência internacional, trabalhando de 1992 a 1999 no Fundo Monetário Internacional (FMI) e de 1999 a 2000, foi economista visitante no Banco Central Europeu.

Economia

Advogados do RN participam de Seminário Nacional de Finanças Públicas

As finanças municipais estão em pauta em Fortaleza. A capital cearense sedia hoje (07) e amanhã (08) o I Seminário Nacional de Finanças Públicas da Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais (Abrasf) e a 4ª Assembleia Geral da ABRASF 2018, no Gran Marquise Hotel.

O encontro reúne os secretários de Finanças, Receita, Fazenda e Tributação das capitais brasileiras para discutir o cenário econômico e financeiro das principais cidades do País.

Com o tema “Economia, Ética e Tributação”, o seminário, que está sendo realizado nesta quarta-feira (7), conta com quatro painéis de debates. Entre os palestrantes convidados estão o economista e professor Eduardo Giannetti; o pesquisador da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre), Luiz Guilherme Schymura; o especialista em Gestão Fiscal do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), José Tostes; e o professor Clóvis de Barros Filho.

Na quinta-feira (08), a programação seguirá com a 4ª Assembleia Geral Ordinária da Abrasf de 2018.

De Natal, participam os advogados André Macedo, consultor técnico da Abrasf e Victor Hugo Batista Soares, consultor legislativo.

Economia

Porto de Natal faz carregamento de sal em navio que terá como destino os Estados Unidos

Em meio a grande movimentação de contêineres pela safra de frutas, está em operação também no Porto de Natal, um total de 13.800 toneladas de sal que serão transportadas para os Estados Unidos pelo navio Narew, que atracou na quarta-feira, 31 de outubro, e a previsão de desatracação é para o sábado, 03 de novembro, segundo a Gerência de Operações.

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) ressalta que não é primeira vez que ocorre movimentação de sal pelo Porto de Natal, para se atender a demanda das salinas localizadas mais próximas da capital do Rio Grande do Norte, sem interferir na movimentação do Terminal Salineiro de Areia Branca, que segue em seu ritmo normal de atividades.
O setor salineiro como um todo emprega mais de 70 mil pessoas de forma direta e indireta e é parte significativa da economia do Estado. O clima, sol forte, muito vento e pouca chuva fizeram do nosso Estado o maior produtor de sal do país.
Atualmente, cerca de 30% da movimentação feita pelo Porto de Natal é de frutas com a predominância do melão, sendo todas armazenadas em contêineres refrigerados. No último dia 08 de outubro, o Porto obteve recorde mundial alcançado no embarque de contêineres refrigerados pela empresa CMA-CGM, quando o Navio Saint Laurent partiu com destino a Europa, levando 479 contêineres refrigerados.
 

Movimentação IntensaO Porto de Natal passará o feriado e fim de semana em movimentação intensa. Nesta quinta-feira, 01 de novembro, além do Narew, outros três navios estão atracados, sendo um da Marinha do Brasil, outro da Marinha do Uruguai e o AS Petrônia, de 210m, que atracou no início da tarde.

Foto de drone por Canindé Soares

Sal em operação no Porto de Natal (Foto Canindé Soares)

Economia

Com eleições, Petrobras ganhou R$ 82 bi em valor de mercado

Da Revista Exame

A Petrobras ganhou em outubro quase 82 bilhões de reais em valor de mercado. A estatal encerrou o mês com valor de mercado estimado em 380,38 bilhões de reais.

No mês passado, as ações preferenciais da companhia acumularam ganhos de 30% e as ordinárias de 25%.

Para calcular o valor de mercado de uma empresa basta multiplicar o preço da ação pelo número total de ações que compõem seu capital.

O bom desempenho dos papéis da Petrobras está relacionado ao cenário eleitoral. O Ibovespa subiu quase 10% em outubro com a expectativa da vitória de Jair Bolsonaro.

No caso da Petrobras, a vitória de Bolsonaro representa um governo menos intervencionista na política da companhia, como acontecia no governo de Dilma Rousseff.

Em relatório divulgado a clientes, a equipe de analistas da XP Investimentos afirmou que a percepção de menor intervenção tem como base afirmações do presidente eleito de que manteria repasses de preços de petróleo e câmbio mesmo que com uma frequência menor.

Bancos

Além da Petrobras, os bancos também ganharam em valor mercado em outubro. O Banco do Brasil e o Bradesco adicionaram cerca de 37 bilhões de reais e 33 bilhões de reais, respectivamente. O BB terminou o mês valendo quase 120 bilhões de reais e o Bradesco 216 bilhões de reais.

O Itaú Unibanco terminou o mês valendo 296,26 bilhões de reais, um aumento de 32 bilhões em valor de mercado.

O Santander ganhou 24,62 bilhões de reais em valor de mercado e encerrou o mês valendo 158,11 bilhões de reais.

Confira abaixo a lista das empresas que mais ganharam em valor de mercado no mês passado. Os dados foram divulgados pela Economatica, provedora de informações financeiras, a pedido do Site EXAME.

Economia

Diretor-Presidente da CODERN solicita emenda impositiva para o Porto-Ilha aos parlamentares federais

O Diretor-Presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), Fernando Dinoá, participou nesta terça-feira (30), em Brasília, da reunião da bancada federal para discutir as emendas que serão destinadas ao Rio Grande do Norte em 2019 pelo Orçamento Geral da União.

Dinoá solicitou uma emenda impositiva destacando a importância do Terminal Salineiro de Areia Branca. “É uma estrutura responsável pela geração de 60 mil empregos, estratégico para a economia não só do Rio Grande do Norte, mas do Brasil. A CODERN pede o apoio e compreensão da bancada federal potiguar diante da necessidade urgente de uma série de medidas para mantermos em atividade o Porto de Areia Branca”, enfatizou Dinoá.

A Bancada Federal dispõe de um total de seis emendas impositivas que totalizam R$ 168 milhões e serão definidas em nova reunião apenas entre os deputados federais e senadores nesta quarta-feira (31). “Necessitamos de uma dessas emendas para assim mantermos em dia nossos projetos e planejamento para o Porto-Ilha”, concluiu Fernando Dinoá.

Além da CODERN, também participaram da reunião com a bancada federal, vários prefeitos, reitores de universidades, representantes de entidades, diversas instituições e Governo do Estado.

Dinoá

Economia

Setembro tem a maior criação de emprego formal para o mês desde 2013

Da Agência Brasil

Beneficiada pelos serviços e pela indústria, a criação de empregos com carteira assinada atingiu, em setembro, o maior nível para o mês em cinco anos. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, 137.336 postos formais de trabalho foram criados no último mês. O indicador mede a diferença entre contratações e demissões.

A última vez em que a criação de empregos tinha superado esse nível tinha sido em setembro de 2013, quando as admissões tinham superado as dispensas em 211.068. A criação de empregos totaliza 719.089 de janeiro a setembro e 459.217 nos últimos 12 meses.

Na divisão por ramos de atividade, sete dois oito setores econômicos criaram empregos formais em setembro. O campeão foi o setor de serviços, com a abertura de 60.961 postos, seguido pela indústria de transformação (37.449 postos) e pelo comércio (26.685 postos). A construção civil abriu 12.481 vagas, seguida pelos serviços industriais de utilidade pública (1.091 vagas), administração pública (954) e extrativa mineral (403).

O nível de emprego caiu apenas no setor da agropecuária, que demitiu 2.688 trabalhadores a mais do que contratou no mês passado. Tradicionalmente, setembro registra contratações pela indústria, que começa a produzir para o Natal. Em contrapartida, o mês registra demissões no campo, por causa da entressafra de diversos produtos.

Nos serviços, os grandes destaques foram o comércio e a administração de imóveis, valores mobiliários e serviço técnico, que abriu 25.872 postos, e os serviços de alojamento, alimentação, reparação, manutenção e redação, com 13.168 vagas. A indústria foi impulsionada pelos produtos alimentícios, bebidas e álcool etílico, com 29.652 postos.

Regiões

Todas as cinco regiões brasileiras criaram empregos com carteira assinada em setembro. O Nordeste liderou a abertura de vagas, com 62.177 postos, seguido pelo Sudeste (38.933 vagas). Foram abertos 18.063 postos no Sul, 10.262 no Norte e 7.901 no Centro-Oeste.

Na divisão por estados, apenas o Mato Grosso do Sul demitiu a mais do que contratou, com o fechamento de 2.645 postos formais de trabalho. As maiores variações positivas no saldo de emprego ocorreram em São Paulo (22.448 vagas), Pernambuco (21.414), Alagoas (15.179) e Paraná (9.487).

Economia

Porto de Natal atinge recorde mundial no embarque de contêineres refrigerados

Em comunicado enviado à Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), a empresa CMA-CGM parabeniza pelo recorde mundial alcançado no embarque de contêineres refrigerados pelo Porto de Natal, o que reafirma seu excelente Know-how destacado por clientes outras vezes.

Segundo a CMA-CGM, o recorde ocorreu no último dia 08 de outubro, quando o Navio CMA-CGM Saint Laurent deixou o Porto de Natal com destino a Europa, levando 479 contêineres refrigerados com melão, melancia, manga e pescados.

Agora liderado por Rodolphe Saadé, de sua base em Marselha, o Grupo CMA CGM está presente em mais de 160 países através de sua rede de mais de 755 agências, com mais de 30.000 funcionários em todo o mundo (4.500 na França).

Com uma frota jovem e diversificada de 509 embarcações, o Grupo CMA CGM atende mais de 420 dos 521 portos comerciais do mundo. Através de mais de 200 linhas de navegação, a empresa opera em todos os mares do mundo. O Grupo tem 6.300 clientes franceses e a CMA CGM é o maior empregador privado em Marselha, a cidade onde a empresa foi fundada em 1978.

Fernando Dinoá, diretor-presidente da CODERN, comemora a conquista e divide com todos os funcionários. “Temos conseguido atender a demanda dos nossos clientes, superando os desafios e mostrando que é possível crescer na crise, com novas ideias, dinamismo e uma boa equipe”.

Contêineres

Economia

Festa do Boi 2018 tem início na sexta-feira (12)

Vai começar o maior e mais tradicional evento agropecuário do Nordeste brasileiro. Em sua 56ª edição a Festa do Boi 2018, realizada pela Associação Norteriograndense de Criadores (Anorc) em parceria com o Governo do Estado, Prefeitura de Parnamirim, BB, BNB, AGN, Senar, Emater, Fecomércio, Fiern e Sebrae, deverá movimentar mais de R$ 50 milhões em negócios e receber um público estimado em 330 mil pessoas no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, no período de 12 a 20 de outubro.

Com uma programação de exposições, negócios e lazer diversificada, o evento promete ser uma grande pedida para a família potiguar.

No sábado, 13, começam os concursos e leilões, além da exposição de animais puros e mestiços. Bovinos, Equinos Caprinos e Ovinos fazem parte do rebanho que está no parque ao longo da festa. Serão mais de 300 expositores. No total, mais de 2.500 animais Puros de Origem (PO), de linhagem genética de excelência, oriundos de estados de todo o Nordeste e genética de todo o Brasil, estarão em exposição e concorrendo nos concursos de raças (realizados nas respectivas pistas de julgamentos).

Serão realizados seis leilões nas noites de sábado, 13 (Nuleite); domingo, 14 (Leilão Emparn e Convidados); terça, 16 (ANQM – Cavalos Quarto de Milha 29 anos); quarta, 17 (3º Leilão Nelore Montana Potiguar); quinta, 18, (Leilão Sindi Estrelas); e sexta-feira, 19 (Leilão Pérolas do Nordeste) e Grande Leilão Boer e Convidados de Ovinos, no Espaço da Associação Norteriograndense de Caprinos e Ovinos (Ancoc). Somente nos leilões estima-se que sejam movimentados entre R$ 4,5 milhões e R$ 5 milhões em negócios.

Shows

Marcando a programação de shows da nova Festa do Boi, no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, a temporada 2018 tem início neste sábado (13) com grandes nomes da música nacional. O artista mais estourado do país, Wesley Safadão, o fenômeno Gustavo Mioto e o swing da banda Saia Rodada prometem uma noite de muita festa e animação.

No dia 20, a festa receberá, pela primeira vez no RN, a dupla que vem incendiando o Brasil Ze Neto e Cristiano, o gigante Léo Santana e a cantora Marcia Fellipe quebrando tudo. Os ingressos estão à venda no site Bilhete Certo e nas lojas Soul Bijoux (Midway e Natal Shopping), Gladiatore –(Partage Shopping) e Polo Club (Centro de Parnamirim).

Economia

Marcelo Alecrim confirma venda de 78% da AleSat Combustíveis

Do empresário Marcelo Alecrim:

Amigos,

Em 1996, começamos a escrever nossa história no setor de distribuição de combustíveis no país, sem ter uma dimensão exata de onde iríamos chegar. Houve vários desafios e muitas vitórias ao longo destes 22 anos de trabalho.

Nós fomos a primeira distribuidora de combustíveis no Brasil a receber investimento de um fundo internacional, o Darby – Franklin Templeton Investments. Com menos de 10 anos de operação, nos tornamos a primeira empresa regional a operar nacionalmente. Nossa história de empreendedorismo e pioneirismo nos permitiu ser a mais desejável companhia brasileira de distribuição de combustíveis. Agora, estamos iniciando uma nova fase de crescimento. Com a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), publicada no último dia 15, a ALE se une ao grupo internacional Glencore, que adquiriu 78% da empresa.

A Glencore tem operações em todo o mundo em metalurgia, mineração, recursos naturais e produção e venda de commodities agrícolas, petróleo e derivados. No Brasil, o grupo desenvolve atividades relacionadas a produção de grãos, processamento e comercialização de oleaginosas e produção e comercialização de outros produtos. O investimento na ALE é o primeiro no mercado brasileiro de combustíveis e segue seu recente investimento no setor de distribuição mexicano através do G500. A Glencore considera que a ALE tem uma forte plataforma para desenvolver oportunidades de crescimento no Brasil e acredita que a companhia se beneficiará da experiência da Glencore em trading internacional, com a maior parte do crescimento de demanda do país sendo suprido pelas importações.

O CEO da área de petróleo da Glencore, Alex Beard, compartilha a seguinte mensagem: “Estamos ansiosos para trabalhar com nossos novos parceiros na ALE. Muito foi feito para o crescimento da empresa no setor de combustíveis brasileiro; e esperamos trabalhar juntos para garantir que a empresa esteja ainda mais bem posicionada para aproveitar as oportunidades significativas em todo o setor. É importante para nós que a ALE continue a agir com integridade e permaneça focada em operar com segurança em todos os momentos. Os valores fundamentais de segurança, empreendedorismo, simplicidade, responsabilidade e transparência da Glencore impulsionam nossos investimentos e operações, e estamos ansiosos para compartilhar esse foco com vocês”.

Continuarei a liderar os negócios na posição de Presidente Executivo do Conselho de Administração da ALE. Fulvius Tomelin, até então Diretor Financeiro da ALE, assume o cargo de Diretor Presidente da empresa, reportando-se diretamente ao Conselho de Administração. A Glencore ainda indicará 4 membros para o Conselho de Administração, cujo objetivo é trazer conhecimento e experiência para o corpo diretivo e guiar a empresa nos de seus futuros desafios e oportunidades.

Em 22 anos, fomos muito além do que imaginávamos. Percorremos um caminho de crescimento e sucesso, com verdadeiras parcerias. Assim continuaremos a construir este novo capítulo em nossa história.

Abraços,

Marcelo Alecrim

AleSat Combustíveis S.A.

Economia

FIERN, Sebrae, Garibaldi e representantes do setor petroleiro se reúnem com ministro de Minas e Energia

A revitalização das atividades de exploração e produção de petróleo do Rio Grande do Norte começa a avançar com a mobilização da classe empresarial potiguar. Capitaneado pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte, representada pelo seu vice-presidente, Vilmar Pereira, o setor se reuniu na manhã desta quarta-feira (29), em Brasília, com o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, para discutir alternativas à reestruturação do setor com a retirada dos investimentos da Petrobras.

Participaram também da reunião, o senador Garibaldi Alves Filho (MDB), o secretário de Petróleo e Gás do MME, João Vicente Vieira, o superintendente do SEBRAE-RN, Zeca Melo, o presidente da Redepetro-RN, Gutemberg Dias, e o empresário e membro da Redepetro, José Nilo.

No Rio Grande do Norte, 33 campos de petróleo terrestres da Bacia Potiguar (com parte no Ceará) deverão ser vendidos pela Petrobras, com o objetivo de ceder os direitos de exploração O presidente da FIERN Amaro Sales de Araújo tem se empenhado para conseguir agilizar os processos e buscar soluções para reativar uma das principais atividades econômicas do Estado. O setor de petróleo e gás responde por cerca de 40% do PIB industrial do Estado. “É fundamental que unamos forças e nos articulemos para que a atividade não sofra mais perdas e possa voltar a crescer no Estado”, afirma.

 A comitiva apresentou dois pleitos: a mediação do Ministério das Minas e Energia para dar celeridade a venda dos campos terrestres – e consequente cessão dos direitos de exploração -; e a retomada do programa do governo federal Programa de Revitalização das Atividades de Exploração e Produção de Petróleo e Gás em Áreas Terrestres (REATE). O Programa busca impulsionar a produção on shore nacional dos atuais 90 mil barris/dia para 500 mil barris/dia.

A venda de ativos e campos da Petrobras, parte do programa de desinvestimentos, é uma oportunidade para que empresas independentes, que já atuam no setor, possam se organizar para assumir a exploração de poços maduros. Para isso, explica o superintendente da SEBRAE-RN, Zeca Melo, é necessário que seja definido quem vai operacionalizar os campos nestas áreas.

Foto2

Economia

CODERN participa da Expofruit e busca novos clientes

A 21ª edição da Expofruit – Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada foi aberta oficialmente na noite desta terça-feira (21), na Estação das Artes, em Mossoró, com a presença de vários empresários e produtores ligados à cadeia produtiva do setor.

Foto: Robson Carvalho

O evento, que segue até quinta-feira, deve movimentar uma média de R$ 40 milhões em negócios e tem a expectativa de receber aproximadamente 15 mil visitantes nos três dias de realização, segundo a assessoria do evento.

A cerimônia de abertura foi iniciada pelo presidente do Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte – COEX, Luiz Roberto Barcelos, que ressaltou o Brasil como terceiro maior exportador de frutas do mundo, atrás apenas da Índia e China.

A CODERN esteve representada pelos três diretores Fernando Dinoá (Presidente), Emiliano Rosado (Técnico e Comercial) e José Adécio Filho (Administrativo e Financeiro), além do Gerente Comercial e de Gestão de Negócios, Kayo Rodrigo Fernandes Carlos da Costa.

A cerimônia de abertura também contou com a presença de várias autoridades do setor e representantes de entidades parceiras, como Governo do Estado, Prefeitura de Mossoró, Superintendência do Ministério da Agricultura, FIERN, SEBRAE, FAERN/SENAR, BNB, IDEMA, IDIARN, CDL Mossoró, LAIRE, Câmara Municipal de Mossoró, entre outros.