Economia

Movimentação nos aeroportos da Infraero deve chegar a 1,9 milhão de pessoas no feriado de 7 de setembro

A Infraero estima que o fluxo de passageiros para o feriado prolongado da Independência, nos 60 terminais administrados pela empresa, será de 1,91 milhão de pessoas, um crescimento de 5,4% em relação ao ano passado, quando foi registrado 1,81 milhão de passageiros.

Essa previsão é para o período que começa hoje, sexta-feira (5/9), e vai até a terça (8/9). Não estão incluídos nesse cálculo os aeroportos de Guarulhos (SP), Galeão (RJ), Viracopos (SP), Brasília (DF) e Confins (MG), concedidos à iniciativa privada, além do Aeroporto Internacional Aluízio Alves de São Gonçalo do Amarante (RN), também de administração privada.

Durante os cinco dias, a Infraero reforçará o monitoramento nos horários de maior fluxo de passageiros e de voos. A previsão é que os dias de maior movimentação serão esta sexta-feira, quando cerca de 340 mil pessoas devem circular pelos terminais, e terça-feira (8/9), com 352 mil viajantes.

Economia

Presidente da TAM diz a Henrique que vai se reunir com governadores do RN, PE e CE para apresentar estudos de consultorias sobre o HUB

A presidente da TAM, Cláudia Sanderson, antecipou nesta quinta-feira (03) ao Ministro do Turismo Henrique Alves, que vai se reunir com os governadores do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará, no próximo dia 17, para apresentar estudos feitos por uma empresa Inglesa e outra Canadense, que foram contratadas para prestar uma consultoria sobre o Estado com melhor condição de receber o HUB. 

Os membros da bancada federal dos três Estados também vão participar da reunião, além do presidente da Inframerica e dos Prefeitos de Natal, São Gonçalo do Amarante, Recife e Fortaleza. 

Economia

Robinson destaca potencial do RN no maior evento de energia eólica da América Latina

O governador Robinson Faria participou na tarde desta terça-feira (1º) da edição 2015 do Brazil Windpower Conference and Exhibition (BWP), maior evento de energia eólica da América Latina, realizado no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro.

O chefe do Executivo Estadual, que foi o primeiro governador convidado para falar no evento, discursou durante 10 minutos, abordando o potencial eólico instalado e a previsão para os próximos anos no Estado.

O evento teve a participação do ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga, presidente executiva da Abeeólica, Elbia Gannoum, secretário-geral do Global Wind Energy Council, Steve Sawyer, o governador do Piauí, Wellington Dias, a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico do RN, Flávio Azevedo, e a Diretora Executiva – CTGAS-ER, Cândida Amália.

Robinson Faria completou que no RN os investimentos no setor já chegam a R$ 4 bilhões, e que até 2017 o setor de energia eólica vai gerar mais de 30 mil empregos diretos ou indiretos no Estado.

  

Economia

Crise atinge o setor boneleiro do Seridó

O setor produtivo de bonés do Seridó enfrenta uma séria crise financeira, e coloca em risco a oferta de quase três mil empregos diretos na região. Segundo o ex-vereador de Serra Negra do Norte, Serginho Fernandes (PSDB), somente em sua cidade cerca de mil trabalhadores no setor correm um sério risco de perder seu emprego.

Serginho, que disputou a prefeitura do município, lembrou que, nos últimos dias, os boneleiros de Serra Negra e Caicó tiveram sua produção apreendida em virtude de uma operação policial. “As bonelarias tiveram altos prejuízos, e a consequência, infelizmente, será a demissão em massa”, lamentou.

O ex-vereador alega que os empresários desse setor são pessoas de bem e honradas, que ajudam significativamente na geração de emprego e renda da região do Seridó. “Precisamos que a classe política das cidades prejudicadas se envolva, se pronuncie. É necessário que o governo do estado, senadores, deputados federais e estaduais se envolvam nesse processo, em defesa desse importante setor produtivo”, disse ele.

z

Economia

Robinson vai ao Rio de Janeiro participar de evento de energia eólica

O governador Robinson Faria participará da abertura do maior evento de energia eólica da América Latina, o Brazil Windpower (BWP) 2015, nesta terça-feira (1º). A cerimônia, na qual o governador potiguar terá 10 minutos de explanação, acontece no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro.

O Rio Grande do Norte é o maior produtor de energia eólica do país, com 80 usinas em operação produzindo 2.119,2 MW. Há ainda 23 usinas em construção, com previsão de 624,8 MW de geração, e 72 usinas contratadas, que deverão produzir 1.891,7 MW. Isso representa um total de 4.635,7 MW de produção num curto prazo.

Foto: Rayane Mainara

Eólica - Foto Rayane Mainara (2)

Economia

CPMF: Governo Federal abandona a ideia de recriar o imposto

Da Folha de São Paulo

A presidente Dilma Rousseff desistiu neste sábado (29) de propor a criação de um imposto sobre transações financeiras nos moldes da antiga CPMF, três dias depois de o governo apresentar a ideia como essencial para cobrir um rombo de R$ 80 bilhões no orçamento do próximo ano.

Assessores presidenciais disseram à Folha que a proposta era considerada boa, mas o governo não soube negociá-la com antecedência para garantir sua aprovação pelo Congresso ainda neste ano.

Foi determinante para o recuo da presidente a reunião que ela teve na noite de sexta-feira (28) com governadores do Nordeste. No encontro, ela sentiu que o clima era muito adverso para recriar o imposto do cheque e poderia agravar a atual crise política.

Economia

Tesouro suspende empréstimos dos Estados

Segundo o jornal O Globo, o Governo Federal suspendeu as análises de empréstimos solicitadas pelos Estados. 

O Rio Grande do Norte é um dos estados da nação que aguarda liberação de operação de crédito de R$ 850 milhões junto ao Banco do Brasil. 

No momento, pelo que diz o Ministro Joaquim Levy, é melhor Robinson esquecer, realizar cortes e montar estratégias de governabilidade. 

  

Economia

Em meio à crise, Praia Shopping registra crescimento de vendas em julho‏

O índice da atividade comercial em shoppings centers para o mês de julho, desenvolvido pelo IBOPE Inteligência e pela Mais Fluxo, obteve alta de 2% em relação ao mesmo período do ano anterior, revertendo a tendência de queda observada nos últimos quatro meses nos shoppings do Brasil. Em Natal, este aumento foi confirmado e até superado com o resultado do Praia Shopping. Localizado na zona sul da cidade, o shopping comemora um crescimento nas vendas de 12% em relação ao mesmo mês de 2014.

De acordo com a superintendente do mall, Maria Paula Rabelo, em meio a tanta notícia ruim, este é um dado animador para iniciar o segundo semestre. “Temos realizado um grande esforço, junto com os nossos lojistas, para promover mais atrativos para o nosso cliente. Acreditamos que esse crescimento foi resultado de um conjunto de fatores que levaram as pessoas a ir mais ao shopping nesses dias, como o período de férias por exemplo, impulsionado pela grande ação de promoções que realizamos em nossas lojas e no estacionamento”, revela.

Ainda segundo dados do Praia Shopping, quando comparado o número de vendas do mês de julho desse ano com o de junho também desse ano, as vendas aumentaram em 25%. Um resultado que a administração e os lojistas comemoram e esperam que se mantenha com as novidades e atrações que o shopping prepara para lançar nos próximos dias.

Economia

Receita Federal libera consultas ao 3º lote do Imposto de Renda 2015

Receita Federal liberou nesta segunda-feira (10), a partir das 9h, as consultas ao terceiro lote de restituições do Imposto de Renda 2015 e a lotes residuais (para quem caiu na malha fina) de anos anteriores. Os valores serão pagos em 17 de agosto.

As consultas podem ser feitas no site da Receita, em:
http://www.receita.fazenda.gov.br/Aplicacoes/Atrjo/ConsRest/Atual.app/paginas/index.asp

Também poderão ser feitas pelo telefone 146 (opção 3) ou por aplicativo para dispositivos móveis (smartphones e tablets).

Economia

Henrique diz a presidente da TAM que o RN está fazendo sua parte para receber o HUB

A confirmação da instalação do Centro de Tratamento Internacional (CTI) dos Correios no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves está cada vez mais próxima. Em reunião com o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, nesta quinta-feira (16), o presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Wagner Pinheiro de Oliveira, reforçou a importância desse centro para distribuição de encomendas e correspondências vindas da América do Norte e da Europa.

Atualmente, os Correios contam com apenas três CTIs no Brasil: em Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. O CTI do Aeroporto Governador Aluízio Alves terá capacidade para atender a demanda das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste.

Também nesta quinta-feira (16), o ministro Henrique Eduardo Alves recebeu em seu gabinete a presidente da TAM, Cláudia Sender, que apresentou o andamento dos estudos para definição do estado que receberá o HUB da empresa.

De acordo com a presidente da TAM, a empresa encomendou dois estudos de viabilidade para instalação do centro de conexões. Os principais critérios a serem considerados são: localização geográfica, infraestrutura do aeroporto e potencial de crescimento do terminal.

Henrique Eduardo Alves revelou à presidente Claudia Sender que o Rio Grande do Norte está tomando todas as providencias para realizar as melhorias que faltam para ganhar a disputa pelo centro de conexões. “Disse à presidente Claudia que o estado está fazendo seu dever de casa. Entendo que essa é uma decisão puramente técnica e, assim sendo, acredito que oferecemos as melhores condições à companhia para receber esse HUB”, concluiu.

 Fotos: Paulino Menêzes 

Economia

Henrique empata o jogo

Os três senadores do Ceará (Eunício Oliveira, Inácio Arruda e Tasso Jereissati), o governador  Camilo Santana, Deputados Federais e o Ministro Eliseu Padilha serão recebidos nesta quinta-feira (16), pela presidente da TAM, Cláudia Sender. Vão solicitar a concessão do Aeroporto Internacional Pinto Martins. 

Já à tarde, Cláudia Sander vai ao Ministério do Turismo para uma audiência com o potiguar Henrique Eduardo Alves, principal responsável pela conquista do Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante. 

Aliás, em visita a Natal ontem, o Ministro da Defesa, Jaques Wagner afirmou que o Rio Grande do Norte está em boa posição para receber o HUB da TAM pela estrutura oferecida pelo Aeroporto Aluízio Alves. 

Detalhe: Às 13h30, o Governador do Ceará será recebido por Henrique para tratar de demandas turísticas daquele Estado. 

Economia

Senadores Garibaldi Filho e Fátima Bezerra pedem ao Ministro de Portos investimentos para o RN

Em audiência pública na Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), o ministro da Secretaria de Portos, Edinho Araújo, informou que estão sendo analisados 63 pedidos de instalação de novos terminais portuários privados, em 16 unidades da federação, que resultarão em investimentos de R$ 14,7 bilhões. Como o Rio Grande do Norte não faz parte desta relação, os senadores Garibaldi Filho e Fátima Bezerra defenderam a inclusão do estado neste Programa de Investimentos em Logística (PIL).

Presidente da Comissão de Infraestrutura, o senador Garibaldi Filho comunicou ao ministro que já existem estudos para a construção de terminais portuários no estado. Um deles, na margem esquerda do Rio Potengi, seria intermodal. A previsão é que ele seria implantado em módulos progressivos, ampliado de acordo com a necessidade. Seria utilizado no escoamento de minerais, combustíveis e derivados e grãos. Por sua vez, a senadora Fátima Bezerra informou que um grupo chinês estaria interessado em participar do projeto. Outra possibilidade de terminal seria em Porto do Mangue.

Os dois senadores também falaram ao ministro sobre a necessidade de ser iniciada a construção do berço 4 do Porto de Natal e da instalação das defensas da Ponte Newton Navarro. Edinho Araújo explicou que somente autorizará o início do processo licitatório quando tiver a garantia dos recursos necessários para a obra. Somente estariam garantidos R$ 11 milhões, dos R$ 275 milhões necessários. A bancada federal agendará uma reunião com o ministro para aprofundar a discussão sobre o assunto.

CJ9lNMKWUAAlYgF

Economia

Henrique anuncia redução no preço do milho vendido pela CONAB no RN

Em contato com o blog, o Ministro Henrique Alves anunciou que a partir da próxima semana o milho vendido pela CONAB no Rio Grande do Norte será comercializado 13% mais barato. “Solicitamos junto com toda a Bancada Federal do Rio Grande do Norte uma redução de 30% no preço do milho, como alternativa para diminuir o sufoco que passa o pequeno produtor potiguar, mas não foi possível, e recebemos a confirmação na redução de 13%”, disse Henrique ao Blog.

Chegarão ao Rio Grande do Norte até o final da próxima semana, cerca de 2 mil toneladas de milho, que estavam represadas no Mato Grosso, mas já receberam ordem de destinação para o Rio Grande do Norte por parte do Ministério da Agricultura.

A saca de milho que atualmente estava sendo vendida por R$ 37,20, passará a ser comercializada por R$ 33,93.

“A redução vai beneficiar cooperativas, agricultores familiares e pequenos criadores de aves, suínos, bovinos, caprinos e ovinos na região atingida pela seca no Rio Grande do Norte”, disse o Ministro.

Henrique Alves ressaltou a abrangência da medida que vai aliviar a falta de alimentos e ajudar a manter os rebanhos, graças ao preço mais acessível aos estoques públicos de milho nos armazéns da CONAB.

17050093227_82ba195689_z

Economia

Hiper Bompreço da Prudente continua fechado

Fechado desde a última quarta-feira (08), a loja do Hiper Bompreço da avenida Prudente de Morais continua com as portas fechadas.

Aos lojistas informaram de um problema no teto, mas o blog já soube que retiraram toda a mercadoria do local.

Economia

Portos do RN registram aumento de 27% na movimentação de cargas no primeiro semestre de 2015

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), administradora dos Portos do Estado, comemora os resultados apresentados no primeiro semestre de 2015. Comparado com o mesmo período de 2014, a movimentação total portuária teve um crescimento de 27,49%. Foram movimentadas nos seis primeiros meses de 2014, 861.689 toneladas, sendo 190.565 toneladas no Porto de Natal e 671.124 toneladas no Terminal Salineiro de Areia Branca. Já entre janeiro e junho de 2015, ultrapassamos 1 milhão de toneladas movimentadas em importação e exportação, com 233.082 toneladas movimentadas no Porto de Natal mais 864.490 toneladas no Terminal Salineiro de Areia Branca, totalizando 1.098.572 toneladas.

De acordo com a Presidência da CODERN, o saldo positivo foi puxado pelo aumento do volume importado de trigo e pela exportação de sal e frutas tropicais. O fato do Rio Grande do Norte possuir Parques Eólicos também nos possibilitou receber equipamentos que serão utilizados pelo setor.

A movimentação geral de contêineres também registrou alta de 5.000 toneladas embarcada e desembarcada a mais do que em 2014.

“O aumento da nossa movimentação de cargas, atesta o vigor do sistema portuário no Rio Grande do Norte, que nos últimos tempos recebeu importantes investimentos do Governo Federal, nos dando a certeza da nossa contribuição para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte, e provando que a Ponte Newton Navarro não impede a movimentação de nenhum navio de cargas”, comemora Emerson Fernandes, Diretor-Presidente da CODERN.

Cruzeiros

Em 2014, o Porto de Natal recebeu seis cruzeiros e até o final de 2015 receberemos um total de sete, totalizando 15 Navios Cruzeiros. Uma média de 10.000 turistas já passaram pelo novo Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Natal, que foi inaugurado em 2014.

Para Marco Ferraz, diretor da CLIA Brasil, membro da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos, o Terminal de Natal está pronto para receber turistas do mundo todo, através de novos cruzeiros, possibilitando um acréscimo a economia do Rio Grande do Norte de até R$ 60 milhões por ano. “Nós temos todo o interesse de atrair novos cruzeiros para Natal. Para isso precisamos da união e do apoio do Governo do Estado, da Prefeitura de Natal e entidades do setor”, observou, em recente visita ao Rio Grande do Norte.

A Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar) tem a intenção de criar uma rota fixa de cruzeiros no Nordeste, dentro do projeto chamado “Brasil o ano todo”.

Foto: Magnus Nascimento

Navio - Magnus Nascimento

Economia

Porto de Natal já descarregou 125 mil toneladas de trigo em 2015‏

O navio Navio Nina-Marie atracou no Porto de Natal nesta quinta-feira (02), e está em operação trazendo 8.000 toneladas de trigo importado dos Estados Unidos.

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) comemora que já são 125.000 toneladas de trigo descarregadas este ano no Porto de Natal. “Nossa meta é superar em 2015 os números de 2014. Estamos trabalhando para isso, os resultados até agora são extremamente satisfatórios e continuamos atraindo novos clientes”, ressalta Emerson Fernandes Daniel Júnior, Diretor-Presidente da Companhia.

Nos próximos dias, outro navio com trigo chegará ao Rio Grande do Norte, superando a meta mensal da CODERN para os meses de junho e julho.

Foto: Assessoria

z

Economia

Na torcida por um RN maior

A instalação do Centro de Conexões da Lan-TAM em Natal, no Aeroporto Internacional Aluizio Alves, em São Gonçalo do Amarante, mais conhecido como Hub da TAM ganhou mais um estímulo.

Os potiguares podem abraçar a causa que poderá trazer desenvolvimento do turismo, impacto na economia local e geração de empregos.

O Governo do Estado está lançando hoje a campanha publicitária.

É torcer para que o Governo do Estado também faça a sua parte e conclua os Acessos Norte e Sul do Aeroporto. Questões técnicas primordiais para a chegada do HUB.

Instagram_TAM

Economia

Novas marcas chegam ao Natal Shopping

O Natal Shopping se prepara para receber novas operações que irão incrementar ainda mais o mix de seus produtos e serviços. Entre os destaques, que devem começar a operar no próximo semestre no shopping pioneiro da capital potiguar, que este ano completa 23 anos, estão as marcas Reserva e Valisère.

Sinônimo de alta qualidade e de moda aliada à noção de conforto, a lingerie Valisère é “Top of Mind” há pelo menos 15 anos no Brasil. As sensuais e sofisticadas peças da marca francesa despertam e aguçam o imaginário das mulheres e a fantasia dos homens, com peças íntimas que aliam forma perfeita, moda e conforto.

Já a Reserva é uma grife de roupas masculinas e, desde que foi criada em 2003, vem se consolidando como uma das marcas nacionais mais procuradas no cenário da moda brasileira. Essas duas grifes se destacam por chegar ao mercado potiguar com exclusividade no Natal Shopping.

Mas não são as únicas. Outra marca que chega ao endereço mais cobiçado da capital potiguar é a Skechers – líder global na indústria de calçados casuais e infantis, com destaque para a divisão de tênis de corrida. E ainda para atender ao público masculino, a Mania de Couro For Man, chega com calçados e acessórios para agradar a todos os gostos deles.

E para fechar as novidades desta temporada, o Natal Shopping anuncia ainda a chegada das marcas locais Fast Clothes – que oferece serviços de conserto de roupas e costuras – e Valéria Calazans, loja cujo foco são artigos para presentes, flores naturais e mobiliário e objetos para decoração de eventos e festas.

A chegada dessas novas marcas ao Natal Shopping comprova o constante compromisso do empreendimento em oferecer as melhores marcas e produtos aos seus clientes, visando sempre conforto, praticidade e segurança.

Foto: Divulgação

z

Economia

Dilma sobre a economia do Brasil: “Nossa expectativa é que o próximo ano seja uma situação bem melhor”

A presidente Dilma Rousseff se disse vítima de argumentos sexistas em entrevista ao jornal norte-americano Washington Post. “Você já ouviu alguém dizer que um presidente homem se intromete em tudo? Eu nunca ouvi. Acredito haver um pouco de viés de gênero. Sou descrita como uma mulher dura e forte que põe o nariz onde não é chamada e sou cercada por homens fofos”, ironizou a presidente.

Ao ser questionada sobre sua queda de popularidade, hoje em 11% segundo o Datafolha, Dilma disse se preocupar, mas sem “perder o rumo”. E também atribuiu a avaliação a um preconceito por ser mulher. “Me preocupar não significa puxar meus cabelos ou perder o rumo. Você tem que conviver com as críticas e com o preconceito”, afirmou.

A presidente disse ainda que não há “modelo pronto” de governo e que, quando erros são cometidos, fazem-se os ajustes necessários. Dilma disse que o governo identificou uma piora na situação econômica do País no fim de 2014, com queda da arrecadação, mas afirmou que a expectativa é de melhora no ano que vem. “Nossa expectativa é que o próximo ano seja uma situação bem melhor. De 2016 em diante, nós vamos começar a crescer a um novo padrão de crescimento.”

z

Economia

Potigás apresenta vantagem do gás natural ao Sinduscon

Economia, segurança e respeito ao meio ambiente. As vantagens da utilização do gás natural no segmento residencial foram apresentadas pelo diretor presidente da Companhia Potiguar de Gás, Carlos Alberto Santos, em reunião na sede do Sindicato da Construção Civil, nesta quinta-feira (18). A reunião contou com a participação do presidente do Sinduscon, Arnaldo Gaspar Júnior, e representantes das construtoras do Rio Grande do Norte. O segmento residencial é uma das apostas da companhia para ampliar as atividades no ano de 2015.

Atualmente, a Potigás oferece gás canalizado a 13 mil 554 unidades residenciais, nos municípios de Natal, Parnamirim e Mossoró. A partir da solicitação é realizado um estudo de viabilidade técnica e econômica para elaboração do projeto. “O nosso objetivo é que os novos empreendimentos da indústria da construção civil sejam completos. Com água, energia, saneamento e também as estações para fornecimento de gás natural canalizado”, explicou o diretor presidente, Carlos Alberto Santos.

A Potigás leva o gás natural canalizado até os condomínios residenciais, de forma contínua, sem riscos de corte no abastecimento, com qualidade e economia. O gás natural canalizado oferece ainda muito mais segurança, pois não exige armazenamento em botijão, cilindros ou tanques estacionários de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP). E, por ser mais leve que o ar, num eventual vazamento, se dissipa rápido e facilmente, evitando maiores riscos. Isso significa mais segurança, proporcionando, inclusive, uma redução nas apólices de seguro.

Carlos Alberto Santos e Arnaldo Gaspar