Economia

Senadores Garibaldi Filho e Fátima Bezerra pedem ao Ministro de Portos investimentos para o RN

Em audiência pública na Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), o ministro da Secretaria de Portos, Edinho Araújo, informou que estão sendo analisados 63 pedidos de instalação de novos terminais portuários privados, em 16 unidades da federação, que resultarão em investimentos de R$ 14,7 bilhões. Como o Rio Grande do Norte não faz parte desta relação, os senadores Garibaldi Filho e Fátima Bezerra defenderam a inclusão do estado neste Programa de Investimentos em Logística (PIL).

Presidente da Comissão de Infraestrutura, o senador Garibaldi Filho comunicou ao ministro que já existem estudos para a construção de terminais portuários no estado. Um deles, na margem esquerda do Rio Potengi, seria intermodal. A previsão é que ele seria implantado em módulos progressivos, ampliado de acordo com a necessidade. Seria utilizado no escoamento de minerais, combustíveis e derivados e grãos. Por sua vez, a senadora Fátima Bezerra informou que um grupo chinês estaria interessado em participar do projeto. Outra possibilidade de terminal seria em Porto do Mangue.

Os dois senadores também falaram ao ministro sobre a necessidade de ser iniciada a construção do berço 4 do Porto de Natal e da instalação das defensas da Ponte Newton Navarro. Edinho Araújo explicou que somente autorizará o início do processo licitatório quando tiver a garantia dos recursos necessários para a obra. Somente estariam garantidos R$ 11 milhões, dos R$ 275 milhões necessários. A bancada federal agendará uma reunião com o ministro para aprofundar a discussão sobre o assunto.

CJ9lNMKWUAAlYgF

Economia

Henrique anuncia redução no preço do milho vendido pela CONAB no RN

Em contato com o blog, o Ministro Henrique Alves anunciou que a partir da próxima semana o milho vendido pela CONAB no Rio Grande do Norte será comercializado 13% mais barato. “Solicitamos junto com toda a Bancada Federal do Rio Grande do Norte uma redução de 30% no preço do milho, como alternativa para diminuir o sufoco que passa o pequeno produtor potiguar, mas não foi possível, e recebemos a confirmação na redução de 13%”, disse Henrique ao Blog.

Chegarão ao Rio Grande do Norte até o final da próxima semana, cerca de 2 mil toneladas de milho, que estavam represadas no Mato Grosso, mas já receberam ordem de destinação para o Rio Grande do Norte por parte do Ministério da Agricultura.

A saca de milho que atualmente estava sendo vendida por R$ 37,20, passará a ser comercializada por R$ 33,93.

“A redução vai beneficiar cooperativas, agricultores familiares e pequenos criadores de aves, suínos, bovinos, caprinos e ovinos na região atingida pela seca no Rio Grande do Norte”, disse o Ministro.

Henrique Alves ressaltou a abrangência da medida que vai aliviar a falta de alimentos e ajudar a manter os rebanhos, graças ao preço mais acessível aos estoques públicos de milho nos armazéns da CONAB.

17050093227_82ba195689_z

Economia

Hiper Bompreço da Prudente continua fechado

Fechado desde a última quarta-feira (08), a loja do Hiper Bompreço da avenida Prudente de Morais continua com as portas fechadas.

Aos lojistas informaram de um problema no teto, mas o blog já soube que retiraram toda a mercadoria do local.

Economia

Portos do RN registram aumento de 27% na movimentação de cargas no primeiro semestre de 2015

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), administradora dos Portos do Estado, comemora os resultados apresentados no primeiro semestre de 2015. Comparado com o mesmo período de 2014, a movimentação total portuária teve um crescimento de 27,49%. Foram movimentadas nos seis primeiros meses de 2014, 861.689 toneladas, sendo 190.565 toneladas no Porto de Natal e 671.124 toneladas no Terminal Salineiro de Areia Branca. Já entre janeiro e junho de 2015, ultrapassamos 1 milhão de toneladas movimentadas em importação e exportação, com 233.082 toneladas movimentadas no Porto de Natal mais 864.490 toneladas no Terminal Salineiro de Areia Branca, totalizando 1.098.572 toneladas.

De acordo com a Presidência da CODERN, o saldo positivo foi puxado pelo aumento do volume importado de trigo e pela exportação de sal e frutas tropicais. O fato do Rio Grande do Norte possuir Parques Eólicos também nos possibilitou receber equipamentos que serão utilizados pelo setor.

A movimentação geral de contêineres também registrou alta de 5.000 toneladas embarcada e desembarcada a mais do que em 2014.

“O aumento da nossa movimentação de cargas, atesta o vigor do sistema portuário no Rio Grande do Norte, que nos últimos tempos recebeu importantes investimentos do Governo Federal, nos dando a certeza da nossa contribuição para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte, e provando que a Ponte Newton Navarro não impede a movimentação de nenhum navio de cargas”, comemora Emerson Fernandes, Diretor-Presidente da CODERN.

Cruzeiros

Em 2014, o Porto de Natal recebeu seis cruzeiros e até o final de 2015 receberemos um total de sete, totalizando 15 Navios Cruzeiros. Uma média de 10.000 turistas já passaram pelo novo Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Natal, que foi inaugurado em 2014.

Para Marco Ferraz, diretor da CLIA Brasil, membro da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos, o Terminal de Natal está pronto para receber turistas do mundo todo, através de novos cruzeiros, possibilitando um acréscimo a economia do Rio Grande do Norte de até R$ 60 milhões por ano. “Nós temos todo o interesse de atrair novos cruzeiros para Natal. Para isso precisamos da união e do apoio do Governo do Estado, da Prefeitura de Natal e entidades do setor”, observou, em recente visita ao Rio Grande do Norte.

A Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar) tem a intenção de criar uma rota fixa de cruzeiros no Nordeste, dentro do projeto chamado “Brasil o ano todo”.

Foto: Magnus Nascimento

Navio - Magnus Nascimento

Economia

Porto de Natal já descarregou 125 mil toneladas de trigo em 2015‏

O navio Navio Nina-Marie atracou no Porto de Natal nesta quinta-feira (02), e está em operação trazendo 8.000 toneladas de trigo importado dos Estados Unidos.

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) comemora que já são 125.000 toneladas de trigo descarregadas este ano no Porto de Natal. “Nossa meta é superar em 2015 os números de 2014. Estamos trabalhando para isso, os resultados até agora são extremamente satisfatórios e continuamos atraindo novos clientes”, ressalta Emerson Fernandes Daniel Júnior, Diretor-Presidente da Companhia.

Nos próximos dias, outro navio com trigo chegará ao Rio Grande do Norte, superando a meta mensal da CODERN para os meses de junho e julho.

Foto: Assessoria

z

Economia

Na torcida por um RN maior

A instalação do Centro de Conexões da Lan-TAM em Natal, no Aeroporto Internacional Aluizio Alves, em São Gonçalo do Amarante, mais conhecido como Hub da TAM ganhou mais um estímulo.

Os potiguares podem abraçar a causa que poderá trazer desenvolvimento do turismo, impacto na economia local e geração de empregos.

O Governo do Estado está lançando hoje a campanha publicitária.

É torcer para que o Governo do Estado também faça a sua parte e conclua os Acessos Norte e Sul do Aeroporto. Questões técnicas primordiais para a chegada do HUB.

Instagram_TAM

Economia

Novas marcas chegam ao Natal Shopping

O Natal Shopping se prepara para receber novas operações que irão incrementar ainda mais o mix de seus produtos e serviços. Entre os destaques, que devem começar a operar no próximo semestre no shopping pioneiro da capital potiguar, que este ano completa 23 anos, estão as marcas Reserva e Valisère.

Sinônimo de alta qualidade e de moda aliada à noção de conforto, a lingerie Valisère é “Top of Mind” há pelo menos 15 anos no Brasil. As sensuais e sofisticadas peças da marca francesa despertam e aguçam o imaginário das mulheres e a fantasia dos homens, com peças íntimas que aliam forma perfeita, moda e conforto.

Já a Reserva é uma grife de roupas masculinas e, desde que foi criada em 2003, vem se consolidando como uma das marcas nacionais mais procuradas no cenário da moda brasileira. Essas duas grifes se destacam por chegar ao mercado potiguar com exclusividade no Natal Shopping.

Mas não são as únicas. Outra marca que chega ao endereço mais cobiçado da capital potiguar é a Skechers – líder global na indústria de calçados casuais e infantis, com destaque para a divisão de tênis de corrida. E ainda para atender ao público masculino, a Mania de Couro For Man, chega com calçados e acessórios para agradar a todos os gostos deles.

E para fechar as novidades desta temporada, o Natal Shopping anuncia ainda a chegada das marcas locais Fast Clothes – que oferece serviços de conserto de roupas e costuras – e Valéria Calazans, loja cujo foco são artigos para presentes, flores naturais e mobiliário e objetos para decoração de eventos e festas.

A chegada dessas novas marcas ao Natal Shopping comprova o constante compromisso do empreendimento em oferecer as melhores marcas e produtos aos seus clientes, visando sempre conforto, praticidade e segurança.

Foto: Divulgação

z

Economia

Dilma sobre a economia do Brasil: “Nossa expectativa é que o próximo ano seja uma situação bem melhor”

A presidente Dilma Rousseff se disse vítima de argumentos sexistas em entrevista ao jornal norte-americano Washington Post. “Você já ouviu alguém dizer que um presidente homem se intromete em tudo? Eu nunca ouvi. Acredito haver um pouco de viés de gênero. Sou descrita como uma mulher dura e forte que põe o nariz onde não é chamada e sou cercada por homens fofos”, ironizou a presidente.

Ao ser questionada sobre sua queda de popularidade, hoje em 11% segundo o Datafolha, Dilma disse se preocupar, mas sem “perder o rumo”. E também atribuiu a avaliação a um preconceito por ser mulher. “Me preocupar não significa puxar meus cabelos ou perder o rumo. Você tem que conviver com as críticas e com o preconceito”, afirmou.

A presidente disse ainda que não há “modelo pronto” de governo e que, quando erros são cometidos, fazem-se os ajustes necessários. Dilma disse que o governo identificou uma piora na situação econômica do País no fim de 2014, com queda da arrecadação, mas afirmou que a expectativa é de melhora no ano que vem. “Nossa expectativa é que o próximo ano seja uma situação bem melhor. De 2016 em diante, nós vamos começar a crescer a um novo padrão de crescimento.”

z

Economia

Potigás apresenta vantagem do gás natural ao Sinduscon

Economia, segurança e respeito ao meio ambiente. As vantagens da utilização do gás natural no segmento residencial foram apresentadas pelo diretor presidente da Companhia Potiguar de Gás, Carlos Alberto Santos, em reunião na sede do Sindicato da Construção Civil, nesta quinta-feira (18). A reunião contou com a participação do presidente do Sinduscon, Arnaldo Gaspar Júnior, e representantes das construtoras do Rio Grande do Norte. O segmento residencial é uma das apostas da companhia para ampliar as atividades no ano de 2015.

Atualmente, a Potigás oferece gás canalizado a 13 mil 554 unidades residenciais, nos municípios de Natal, Parnamirim e Mossoró. A partir da solicitação é realizado um estudo de viabilidade técnica e econômica para elaboração do projeto. “O nosso objetivo é que os novos empreendimentos da indústria da construção civil sejam completos. Com água, energia, saneamento e também as estações para fornecimento de gás natural canalizado”, explicou o diretor presidente, Carlos Alberto Santos.

A Potigás leva o gás natural canalizado até os condomínios residenciais, de forma contínua, sem riscos de corte no abastecimento, com qualidade e economia. O gás natural canalizado oferece ainda muito mais segurança, pois não exige armazenamento em botijão, cilindros ou tanques estacionários de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP). E, por ser mais leve que o ar, num eventual vazamento, se dissipa rápido e facilmente, evitando maiores riscos. Isso significa mais segurança, proporcionando, inclusive, uma redução nas apólices de seguro.

Carlos Alberto Santos e Arnaldo Gaspar

Economia

RN exporta 46.500 toneladas de sal para os Estados Unidos

O navio Medi Imabari que havia atracado no Terminal Salineiro de Areia Branca, na terça-feira da semana passada, desatracou no último sábado (13), com destino aos Estados Unidos, levando 46.500 toneladas de sal do Rio Grande do Norte.

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), responsável pela administração do Terminal, registrou em 2014 um aumento considerável no fluxo de navios de grande porte, bem como o aumento no volume de sal embarcado (1,4 milhão de toneladas de sal), além da chegada de novos clientes, graças às medidas administrativas para acelerar as operações envolvendo embarque de sal.

O Terminal Salineiro possui um cais de atracação de 267 metros, o que possibilita a atracação de mais navios simultaneamente.

O Diretor-Presidente da CODERN, Emerson Fernandes Daniel Júnior, comemora a movimentação no Terminal: “Isso prova que a CODERN está preparada tecnicamente para atender a uma demanda que nos vai proporcionar superar o que exportamos de sal em 2014. Nossa meta é chegar a 1,8 milhão de toneladas até o final de 2015”.

z

Economia

Governo do Estado antecipa 40% do décimo terceiro salário dia 19 de junho

O Governo do Estado vai pagar antecipadamente em 19 de junho a primeira parcela do 13º salário aos servidores estaduais.

O montante equivale a 40% do benefício para o funcionalismo, o dobro do percentual pago em agosto de 2014.

A antecipação do 13º vai significar no mês de junho uma injeção de R$ 411.937.771,00 na economia do Rio Grande do Norte num momento em que o país atravessa uma grave crise econômica.

Os dados são da Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (SEPLAN), somados o benefício (R$ 143.324.082,12) e a folha de maio (R$ 268.613.689,00).

Economia

Henrique se coloca à disposição de Robinson para somar esforços e concluir duplicação da Estrada de Pipa

Em discurso no Seminário Motores do Desenvolvimento, o Ministro Henrique Alves se colocou à disposição do Governador Robinson Faria, para juntos somarem esforços e concluir a duplicação da estrada da Praia de Pipa. 

“De R$ 17 milhões, já foram liberados R$ 6 milhões para se duplicar a estrada de Pipa. Faltam R$ 11 milhões. Estou à disposição do Governador Robinson Faria e de seus auxiliares para somarmos esforços e juntos consolidarmos essa luta. O RN precisa e o RN merece”, disse Henrique. 

Economia

Classes Política e Empresarial do RN discutem as perspectivas e desafios para o Turismo do RN

O Ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, o governador Robinson Faria, a senadora Fátima Bezerra, os prefeitos Carlos Eduardo (Natal) e Jaime Calado (São Gonçalo), os deputados federais Walter Alves, Zenaide Maia e Rafael Motta, o presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira, e diversas outras autoridades, participam neste momento do Seminário Motores do Desemvolvimento, que acontece no Versailles de Cidade Jardim. 

As classes política, empresarial e de fomento discutem as Perspectivas e os Desafios para o Turismo do RN. 

Foto: Heitor Gregório  

Economia

Prefeito de São Gonçalo e secretário de Turismo de Natal acompanham chegada do primeiro voo cargueiro da Lufthansa

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, acompanhou na tardedeste domingo (7) a chegada do primeiro voo cargueiro da Lufthansa Cargo, aeronave modelo MD-11F. Ainda estiveram presentes, no Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, para acompanhar esse desembarque histórico, o secretário do Turismo de Natal, Fred Queiroz, os secretários municipais de São Gonçalo Leonardo Medeiros (Desenvolvimento Econômico e Turismo), a secretária adjunta Gisele Moura (Desenvolvimento Econômico e Turismo), Alexandre Santos (Cultura), Ledson França (Comunicação) e o diretor de extensão do IFRN – Campus São Gonçalo, Fernando Freire.

A aeronave transportou para Frankfurt, Alemanha, frutas produzidas em fazendas brasileiras. De lá a carga será distribuída para outros dois países, Holanda e Suíça. Em seu primeiro voo, o cargueiro exportou apenas mamões para a cidade alemã. As frutas chegaram ao Aeroporto de São Gonçalo em carretas vindas de fazendas do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. 

Fotos: Wendell Jefferson

  
  

Economia

Perspectivas para o Turismo do RN estarão em discussão no Motores do Desenvolvimento 

A tão propalada disputa pelo Centro de Cargas e Passageiros do grupo Latam (o Hub aéreo) será o foco da pauta da priemira edição de 2015 do projeto Motores do Desenvolvimento, que a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN, em parceria com o jornal Tribuna do Norte, a Salamanca Capital Investimentos, o Sistema Fiern e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, promove no próximo dia 8 de junho, no Versailles Cidade Jardim. Sob o tema central: “Perspectivas e Desafios para o Turismo do RN”, a programação do evento conta com nomes de destaque nacional.
Claiton Armelin, diretor de produtos nacionais da CVC; José Luis Menghini, presidente do Aeroporto de Brasília; e o economista e ex-diretor do Banco Central, Alexandre Schwartsman, serão os palestrantes, que vão abordar “O destino Natal, diferenciais e gargalos como produto turístico” “Hub Doméstico da Latam em Brasília: Como ele opera e o que ele mudou no aeroporto e na cidade”; e “Turismo como negócio: perspectivas e desafios do setor no contexto econômico nacional”.

O Motores de Desenvolvimento contará ainda com a presença do ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves; do governador Robinson Faria; do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves; do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado; entre outras autoridades.
O Projeto Motores do Desenvolvimento do Rio Grande do Norte discute, através de seminários e suplementos encartados no jornal Tribuna do Norte, os principais temas pertinentes ao desenvolvimento e crescimento da economia no Estado. O público alvo é formado por empresários, lideranças políticas e pesquisadores.
  

Economia

Portos brasileiros registram aumento de volume de cargas no quadrimestre‏

A movimentação de cargas nos principais portos brasileiros registrou aumento no primeiro quadrimestre de 2015, em comparação a igual período do ano passado. Embarcaram mais cargas, entre outros, os portos de Paranaguá, Natal, Suape, Espírito Santo, Ilhéus e Santos.

O Porto de Santos, o maior da América Latina, atingiu novo recorde neste quadrimestre, superando em 3,58% a até então melhor marca, verificada em 2013. Com 35,82 milhões de toneladas operadas, o acumulado deste ano superou o realizado em igual período do ano anterior em 4,7%.

“O aumento na movimentação de cargas em Santos e em outros portos públicos atesta o vigor do setor portuário brasileiro e traz a certeza de que esse crescimento contribuirá em muito para a economia brasileira”, afirmou o ministro de Portos, Edinho Araújo, ao tomar conhecimento do relatório com o novo recorde de movimentação no Porto de Santos no quadrimestre de 2015.

As operações com contêineres nos dois fluxos de comércio em Santos tiveram expressivo aumento de 16,8% na tonelagem operada até abril, alcançando quase 13 milhões de toneladas, resultado do crescimento de 10,5% das unidades movimentadas, equivalente a aumento de 9,0% do total de teu.

A carga de exportação, representando cerca de 70% do total apurado, foi a principal responsável pelo forte movimento no período. Com 24,99 milhões de toneladas embarcadas, registrou crescimento de 5,2%. Ainda no movimento mensal, as exportações despontaram em abril com incremento de 9,0% em comparação ao realizado em 2014.

Os embarques de açúcar tiveram crescimento de 7,0 % em abril e de 4,1% no quadrimestre. O farelo de soja acusou incremento de 28,2% no acumulado e de 12% no mês. Óleo combustível cresceu 46,1% no quadrimestre e 6,1% no mês.

O valor das cargas operadas por Santos atingiu cerca de US$ 32,6 bilhões até abril, refletindo numa participação de 25,8% da corrente de comércio promovida pelos portos brasileiros. As exportações por Santos somaram US$ 15,2 bilhões, 24,1 % do total nacional, e as importações atingiram US$ 17,4 bilhões, 27,6% do realizado nos portos nacionais.

Paranaguá
A exportação de soja pelo Porto de Paranaguá bateu o recorde histórico de movimentação mensal em abril deste ano. Ao longo do mês passado, o porto escoou 1,476 milhão de toneladas de soja, superando o recorde anterior de 1,447 milhão de toneladas, registrado em março de 2014 em 2%.

Em relação a abril de 2014 a diferença é ainda maior: 6%. A marca é resultado do aumento de produtividade nas operações de grãos em Paranaguá. No acumulado dos quatro meses do ano, já foram embarcados 2,8 milhões de toneladas de soja. O recorde nas exportações de soja foi o principal responsável pelo aumento das exportações gerais pelo porto paranaense em abril de 2015. Em relação ao mesmo mês do ano passado, a alta foi de 7%.

Suape
A movimentação de cargas no Complexo Industrial Portuário de Suape chegou ao volume recorde de quase 5 milhões de toneladas no primeiro trimestre deste ano. Entre as cargas movimentadas, os granéis líquidos (combustível, álcool, óleo, gás e produtos químicos) foram os responsáveis pelo aumento, já que registraram o crescimento de 59% em relação aos três primeiros meses de 2014.

Este ano, já passaram pelo Porto de Suape 3,56 milhões de toneladas de granéis líquidos, contra 2,24 milhões do ano passado. A movimentação está crescendo a cada mês, principalmente, devido ao início da operação da primeira etapa da Refinaria Abreu e Lima, em dezembro passado.

Natal
O Porto de Natal e o Terminal Salineiro de Areia Branca registraram aumento de 15% na movimentação geral até abril. O bom desempenho se deve à melhoria do volume de sal movimentado em Areia Branca e à movimentação de frutas, trigo e equipamentos eólicos em Natal. Os portos movimentaram este ano 736 mil toneladas, contra 639 mil do mesmo período de 2014.

Espírito Santo
Os portos de Vitória, Vila Velha, Barra do Riacho e Praia Mole, no Espírito Santo, também movimentaram mais cargas no quadrimestre. Os Terminais de Uso Privado (TUPs) impulsionaram um aumento de 17% em relação a 2014, movimentando 9,5 milhões de toneladas no período.

Ilhéus
O Porto de Ilhéus registrou crescimento expressivo na movimentação de cargas no quadrimestre: 50,3% em relação ao mesmo período de 2014 a 2015. Alta foi puxada pelos embarques de novas cargas, como minério de ferro e minério de magnesita.

IMG_3582

Economia

CODERN participa de reunião na Fecomércio para discutir lei que regulamenta tráfego de veículos pesados em Natal

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), através do seu diretor presidente, Emerson Fernandes Daniel Júnior, participou na manhã desta segunda-feira (25) de uma reunião na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (Fecomércio), para discutir em conjunto com outras entidades o decreto da Prefeitura de Natal de nº 10.670, regulamentando a Lei municipal nº 256/2008, de autoria do vereador Júlio Protásio, que restringe o fluxo de caminhões com capacidade acima de cinco toneladas nas principais avenidas de Natal das 5h às 20h, de segunda a sexta-feira.

A primeira avenida de Natal a ser afetada com a restrição será a Salgado Filho/Hermes da Fonseca. A lei que ainda está em fase de adequação passa por uma nova séria de discussões.

O vereador-propositor Júlio Protásio participou da discussão, ao lado dos colegas Aroldo Alves e Raniere Barbosa, líder do prefeito Carlos Eduardo na Câmara de Natal, além de Amaro Sales, presidente da FIERN, e representantes da FAERN, FCDL, STTU e outras entidades interessadas.

Emerson Fernandes voltou a falar do impacto da lei e defendeu uma ampla discussão antes de entrar em vigor, já que o decreto permite o prazo de 90 dias após sua publicação: “É importante buscarmos o equilíbrio entre a cidade e o setor produtivo. Nós não podemos retroagir no crescimento, ao contrário, temos que avançar. O Porto de Natal é um importante contribuinte até em receita para a cidade de Natal e o Estado do Rio Grande do Norte”.

Emerson ainda lembrou a posição geográfica do Porto de Natal como quesito de crescimento na exportação. “Devido a posição geográfica do porto estamos crescendo na exportação de produtos para a Europa, bem como no recebimento de equipamento eólicos vindos de outros países. É mais uma prova da importância do Porto de Natal”, ressalta, destacando ainda a exportação de frutas tropicais para países europeus.

IMG_4212

IMG_4210

Economia

Prefeitos de Natal e São Gonçalo do Amarante se unem para conquistar HUB da TAM e assegurar mais 12 mil empregos no RN

O prefeito Carlos Eduardo saiu otimista da reunião que teve na manhã desta sexta-feira (22), junto com o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, na sede do grupo Latam, em São Paulo. O prefeito de Natal solicitou a reunião para ouvir diretamente dos representantes da empresa os planos para a instalação de um Hub (centro de conexões de voos) no Nordeste e convidou a bancada federal do Estado, representada pelos deputados Felipe Maia e Zenaide Maia, além de representantes das entidades empresariais do Estado.

O vice-presidente de Serviços da Latam, Frederico Germani, que coordena o projeto de instalação do Hub no Nordeste, fez uma apresentação mostrando a importância do investimento. Só a empresa estima investir R$ 3,9 bilhões no projeto, que deve gerar de 8 mil a 12 mil empregos diretos e indiretos. A empresa que opera em sete países da América do Sul está entre as 12 maiores do mundo em volume de cargas e movimento de passageiros.

Germani explicou que a decisão de fazer o Hub no Nordeste se dá pela estratégia de conectividade que a princípio permitirá fazer a ligação dos voos da América do Sul com 13 destinos na Europa. O projeto contempla ainda a criação de outros 18 voos domésticos e prevê, numa segunda etapa, a conexão entre a África e os Estados Unidos.

Os fatores decisivos na definição do aeroporto que receberá o Hub são os investimentos no aeroporto (pista e terminal com serviços para o usuário), a conexão entre o terminal e a cidade e a infraestrutura de hotéis próximos ao aeroporto, além de incentivos, benefícios e eficiência operacional.

O vice-presidente da Latam enalteceu as qualidades do aeroporto de São Gonçalo e falou da relação já existente com a Inframerica, que opera o aeroporto potiguar e também o de Brasília, onde a TAM já tem hoje seu Hub.

Na próxima semana, será realizada uma reunião técnica com representes da empresa com todos os órgãos envolvidos. O prefeito Carlos Eduardo designou o secretário de Turismo, Fred Queiroz, para ser o interlocutor do Município.

z

Economia

RN perdeu R$ 120 milhões

Em seu artigo desta quinta-feira (21), na edição impressa desta Tribuna do Norte, o deputado estadual e jornalista Agnelo Alves, nos informa que o Rio Grande do Norte perdeu R$ 120 milhões.

O prejuízo foi fruto da antecipação da negociação da conta de pagamento do Governo do Estado, onde o Banco do Brasil pagou R$ 137 milhões.

Mesmo com prejuízo, informações de bastidores dão conta que o Governo do Estado precisou se submeter ao absurdo para garantir em dia o pagamento do funcionalismo neste mês de maio e ainda a parcela do 13º salário no final de junho.

É um prejuízo grande para um Estado pobre e carente como o nosso.

E se o Governador Robinson Faria (PSD) não tiver sido alertado e esclarecido por sua equipe econômica?

É ele que vai pagar o preço político e o preço econômico, como bem disse Agnelo.

Economia

Ministério da Agricultura vai patrocinar a Festa do Boi

O Ministério da Agricultura vai ser um dos patrocinadores da 53ª Exposição Animais e Máquinas Agrícolas do RN, a Festa do Boi 2015, agendada para o período de 10 a 17 de outubro, em Parnamirim. A ministra Kátia Abreu prometeu o apoio em reunião realizada nesta quinta-feira (21) com o senador Garibaldi Filho, o deputado federal Walter Alves e a diretoria da Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc).

Outro assunto tratado durante a audiência, realizada na sede do Ministério, foi a liberação do pagamento de emenda parlamentar do então deputado Henrique Alves, já empenhada, para ampliação e adequação de abatedouro e dois tratores para o município de Tangará. O prefeito de Upanema, Luiz Jairo, também pediu apoio para o abatedouro da cidade. A ministra Kátia Abreu comprometeu-se a atender os dois pleitos.

IMG-20150521-WA0028