Estado

MST libera acesso ao Aeroporto Aluízio Alves

Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) desbloquearam o acesso de passageiros ao Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, na Grande Natal, após 8 horas de protesto.

A interdição começou por volta das 9h e terminou às 17h30.

A principal reivindicação do grupo é a reforma agrária.

Estado

MST bloqueia acesso ao Aeroporto Aluízio Alves

Um grupo de manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) interditou na manhã desta segunda-feira (3) o acesso ao Aeroporto Internacional Aluízio Alves, na Grande Natal.

De acordo com a Polícia Militar, os manifestantes usaram pneus e pedaços de madeira para bloquear a passagem.

Foto: Cedida   

 

Estado

Governo do Estado retira insalubridade dos aposentados da Saúde 

A edição impressa desta Tribuna do Norte trouxe uma notícia preocupante nesta sexta-feira (31), para os aposentados e para todos os servidores estaduais da saúde.

Segundo a notícia, a Sesap informou que o IPERN estaria suspendendo o pagamento do adicional de insalubridade para todos os aposentados.

A medida atenderia a uma determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

O sindsaude confirma a informação.

Estado

Milho da CONAB começa a ser vendido por R$ 34,20 no RN

O Ministro Henrique Alves anunciou que a partir da próxima semana o milho vendido pela CONAB no Rio Grande do Norte será comercializado mais barato. “Solicitamos junto com toda a Bancada Federal do Rio Grande do Norte uma redução de 30% no preço do milho, como alternativa para diminuir o sufoco que passa o pequeno produtor potiguar, mas não foi possível, porém recebemos a confirmação na redução”, disse Henrique ao Blog.

A saca de milho que atualmente estava sendo vendida por R$ 37,20, passará a ser comercializada por R$ 34,20.

“A redução vai beneficiar cooperativas, agricultores familiares e pequenos criadores de aves, suínos, bovinos, caprinos e ovinos na região atingida pela seca no Rio Grande do Norte”, disse o Ministro.

Estado

RN tem 24.162 casos de dengue notificados no RN

Nesta segunda-feira (27), o Programa Estadual de Controle da Dengue da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), divulgou os números atualizados da doença no Estado. De acordo com o relatório, até a semana epidemiológica nº 26, que corresponde aos dados coletados desde o início do ano até o dia 04 de julho, foram notificados 24.162 casos de dengue em todo o Rio Grande do Norte, dos quais 4.480 foram confirmados.

Em relação ao mesmo período do ano passado, há um aumento de 166,45% no número de casos notificados, entretanto, desde o mês de junho passado o Rio Grande do Norte se encontra livre da epidemia de dengue, já que nas últimas oito semanas epidemiológicas o número de notificações vem caindo consideravelmente, devido à sazonalidade da doença, que é de outubro a maio.

Segundo a subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Kristiane Fialho, “embora a epidemia tenha acabado, os casos de dengue continuam surgindo durante todo o ano. Por isso, a população precisa continuar vigilante e coparticipativa, tomando os cuidados básicos de prevenção, como manter os reservatórios de água tampados, não acumular lixo em locais inapropriados e manter a lixeira fechada, não deixar água acumulada sobre a laje ou calhas, entre outros”.

Estado

Agricultor cada vez mais sofrido no RN e sem apoio do Governo do Estado

O Rio Grande do Norte vive a maior seca dos últimos 50 anos. 

Isso não é mais nenhuma novidade. 

A novidade em torno do assunto é o post feito no twitter pelo juiz Carlyle dando conta da drástica redução da aquisição de leite pela Emater. 

O detalhe é que o Dia do Pecuarista foi comemorado no último dia 15. 

  

Estado

Carcinicultores esperam por sanção de Lei

Uma das principais atividades econômicas do Rio Grande do Norte mais uma vez pode sofrer um revés importante devido a falta de informação dos responsáveis pelos órgãos ambientais. O setor da aquicultura tem travado uma verdadeira batalha para continuar existindo e gerando os milhares de empregos que hoje mantém, mas essa tem sido uma batalha injusta.

A Lei Cortez Pereira (PL 063/2015) pode ser um grande passo no desenvolvimento da carcinicultura e da economia em nosso Estado. Porém, é necessário que a conduta, geralmente carregadas de ideologias atrasadas e sem nenhum compromisso com as questões ambientais e econômicas, sejam modificadas. É necessário ter embasamento técnico e jurídico para discutir a questão e os carcinicultores estão dispostos a seguir em frente na luta pela ampliação da produção e da geração de emprego e renda.

A ABCC (Associação Brasileira dos Criadores de Camarão), ANCC (Associação Norte-Riograndense dos Criadores de Camarão) e Coopercam têm lamentado o equívoco interpretativo da lei no Rio Grande do Norte.

Estado

Grevistas desocupam a Governadoria após determinação Judicial

Os servidores da Saúde do Rio Grande do Norte desocuparam o prédio da Governadoria por volta das 11h desta sexta-feira (24), após uma decisão judicial que acatou o pedido de reintegração de posse por parte do Governo do Estado.

Os servidores acamparam no prédio na última segunda-feira (23) após uma audiência com representantes do governo, onde foi negado o reajuste e a revisão do Plano de Cargo.

A categoria está em greve desde o dia 11 de junho.

 Fotos: Sindsaúde 
  

Estado

Governador pede na Justiça que grevistas desocupem a Governadoria

O governo do Rio Grande do Norte entrou com um pedido de reintegração de posse do prédio da Governadoria, no Centro Administrativo do Estado, ocupado desde segunda-feira (20) por servidores da saúde em greve. O pedido foi protocolado na Justiça do Rio Grande do Norte nesta quinta-feira (23).

A coordenadora-geral do Sindicato dos Servidores da Saúde (Sindsaúde), Simone Dutra, acusa o governo de ter usado um discurso falso com as pessoas que estão na Governadoria. “O tempo todo disseram que não iam pedir reintegração nem usariam de violência. É um discurso falso. A ocupação continua”, afirmou Dutra. 

Do blog: Cadê o Governo do diálogo que ia valorizar os servidores públicos? 

Estado

Estado tem 20 dias para informar sobre melhorias no Hospital João Machado

O juiz Airton Pinheiro, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Natal, determinou que o Estado do Rio Grande do Norte, por meio de seu representante legal, bem como o secretário estadual de Saúde Pública, informem, no prazo de 20 dias, se a obra de melhorias no Hospital Psiquiátrico Dr. João Machado já foi concluída.

Após a conclusão da intervenção, o hospital deveria abrigar 31 leitos de clínica médica, recepção para os leitos, pavimentação da via de acesso, gerador e subestação elétrica. O Estado do RN ainda deve informar se já foi concluída a reforma e adequação de uma ala do hospital para a implantação de um novo pronto socorro para a unidade. As duas obras estão previstas em processos administrativos em trâmite no Estado.

O despacho do magistrado Airton Pinheiro atende pedido da Defensoria Pública feito no último dia 7 de julho, e levou em consideração que a realização de tais obras foram noticiadas no dia 17 de dezembro de 2013, pelo Chefe do Grupo Auxiliar de Engenharia e Projetos (Gaep), vinculado à Secretaria Estadual de Saúde. Caso as medidas ainda não tenham sido implantadas, o juiz determinou que o Estado explicite os motivos e/ou o estágio em que se encontram.

Estado

Governo do Estado desliga aparelhos de ar-condicionado da Governadoria para expulsar grevistas da Saúde

É guerra entre o Governo do Estado e os grevistas da saúde, que já estão há três dias acampados na Governadoria.

Na tarde desta quarta-feira (21), os aparelhos de ar-condicionado do prédio foram desligados como tentativa de expulsar os manifestantes pelo calor.

Trabalho em vão, logo o Sindicato providenciou ventiladores.

O detalhe é que até colchões os grevistas já levaram para o local.

“Eles não vão nos intimidar cortando os ar-condicionado, eles não sabem o que é trabalhar no calor de 30 graus dentro de uma sala apertada no Walfredo Gurgel”, relatou uma servidora, segundo o Facebook do Sindsaúde.

z

Estado

TCE identifica que Governo do Estado já gastou R$ 1,6 milhão na reforma de presídios

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) divulgou nesta quarta-feira (22) o segundo relatório de acompanhamento das obras de reforma em unidades do sistema prisional do Rio Grande do Norte, viabilizadas a partir de um termo de ajustamento de gestão (TAG) assinado em março por representantes do Ministério Público de Contas, Ministério Público Estadual e Governo do Estado.

Segundo o relatório, mesmo com um ritmo lento de trabalho em algumas unidades, a situação é satisfatória em 14 das 16 obras planejadas. Foram realizados pagamentos da ordem de R$ 1,6 milhão até o período alcançado pelo relatório e há dificuldades de “logística com os deslocamentos das superlotadas populações carcerárias para realização das obras”. No entanto, não há até o momento nenhuma tendência para o descumprimento dos prazos vigentes.

O relatório de auditoria foi apresentado a membros do Governo do Estado e Ministério Público Estadual, na manhã desta quarta-feira, durante reunião de acompanhamento pelo Ministério Público de Contas, com a presença do procurador-geral, Luciano Ramos, e técnicos do TCE.

O termo de ajustamento de gestão foi assinado no dia 18 de março deste ano pelas seguintes autoridades: governador Robinson Faria; secretário estadual de Infraestrutura, Jader Torres; secretária do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha; secretária estadual de Justiça e Cidadania, à época, Kalina Leite; secretário estadual de Planejamento, Gustavo Nogueira; procurador-geral do Estado, Francisco Wilkie; e secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki; além do procurador de Contas, Luciano Ramos.

As obras pactuadas no termo de ajustamento devem ser finalizadas até setembro.  Está prevista a elaboração de mais dois relatórios até o final das inspeções. As autoridades e técnicos envolvidos no TAG também agendaram reuniões semanais de acompanhamento.

Foto: Jorge Filho

????????????????????????????????????

Estado

Robinson lança o programa Ronda Cidadã

Está oficialmente lançado pelo governador Robinson Faria o programa Ronda Cidadã, de ação preventiva, que integra o trabalho da Polícia Militar, Polícia Civil e a comunidade. O lançamento foi hoje (22) no Centro Pastoral Padre João Perestrello, em Mãe Luíza, um dos três primeiros bairros a receberem o programa da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), em parceria com outras Secretarias de Estado, inicialmente na Área Integrada de Segurança Pública 4 (AISP 4), que compreende também Areia Preta e Petrópolis.

O governador Robinson Faria lembrou que esse é um antigo “sonho” seu, de quando ainda era deputado estadual e propôs o projeto de lei que criava o Ronda Cidadã, que nunca veio a ser implantado em governos anteriores.

ESTRUTURA DO RONDA CIDADÃ:

– Patrulhamento Motorizado Ronda Cidadã (8 viaturas);

– 1 base móvel;

– Patrulhamento Motorizado Ronda Cidadã com motocicletas (3 motocicletas);

– Patrulhamento Ronda Cidadã a pé e Patrulhamento Ronda Cidadã com Bicicletas (6 duplas para patrulhas);

– 112 policiais militares;

– Dois pelotões de policiamento: reativo e proativo;

Foto: Demis Roussos  

Estado

Governadoria continua ocupada pelos Grevistas da Saúde

Representantes do Sindicato de Saúde do Rio Grande do Norte foram recebidos ontem à noite pelo Governador Robinson Faria (PSD).

Na audiência, o Governador disse o que já tinha dito anteriormente o Secretário de Saúde, Ricardo Lagreca, que o Estado não pode conceder aumento salário por se encontrar acima da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Fotos: Sindsaúde

z1

Não gostando do que ouviram, os grevistas decidiram permanecer ocupando o prédio da Governadoria.

z

E pela primeira vez na história do Rio Grande do Norte, o prédio da Governadoria foi ocupado por grevistas.

z

Estado

RN tem 171 pacientes em macas nos quatros maiores hospitais do Estado

A quinta contagem do Corredômetro RN, levantamento feito pelos servidores do estado em greve, mostrou um aumento na quantidade de pacientes em macas em relação à semana passada. São 171 pacientes que são atendidos nos corredores dos quatro maiores hospitais do estado: Walfredo Gurgel e Santa Catarina, em Natal; Deoclécio Marques, em Parnamirim; e o Tarcísio Maia, em Mossoró. Nesta segunda-feira (20) foram encontrados 171 pacientes em macas, contra 149 da semana anterior.

O total de pacientes no corredor aumentou. Agora são 114, diante de 93 identificados há uma semana, no dia 13 de julho. O hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim, que antes liderava o ranking de pacientes em macas, hoje, perdeu para o maior hospital do estado do RN.

 A quantidade de pacientes em macas nos corredores e em outros locais do hospital Walfredo Gurgel aumentou em relação à semana passada. Na última contagem, foram contabilizadas 18 macas nos corredores e 43 em outros locais. Nesta semana, o quadro de pacientes nos corredores cresceu, com 37 pessoas nos corredores e 38 em outros locais, total de 75 macas.

28/09/11 - NATAL - SITUAÇÃO DO HOSPITAL WALFREDO GURGEL - PACIENTES FALAM SOBRE PROBLEMAS COM LOTAÇÃO NO CORREDOR E COM RATOS E BARATAS NO HOSPITAL. FOTO: EMANUEL AMARAL/H/SELECIONADAS

Foto/Arquivo: EMANUEL AMARAL

Estado

CODERN lança novo site com campanha pelo #HUB da TAM no RN

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) lançou seu novo site, mais moderno, interativo e fácil de navegar. O novo portal foi redesenhado pela Quadra Digital, em concordância com as diretrizes da marca da empresa, que reflete inovação, flexibilidade, dinamismo e comprometimento — atributos da relação da CODERN com seus clientes.

O lançamento do novo site faz parte do processo de modernização pelo qual a empresa vem passando, e atende as normas do Governo Federal, através dos Ministérios de Portos e Comunicação, ampliando sua área de atuação, com oferta de serviços mais modernos e adequados às necessidades atuais dos cidadãos e das empresas, principalmente na área digital.

O portal, que pode ser visto em Português, Inglês e Espanhol, ainda interligará a presença dos feeds da página da CODERN no Facebook, Twitter e Youtube.

‘RN unido pelo #HUB’

O novo site da CODERN chega com uma campanha da empresa torcendo para que o #HUB da TAM seja instalado no Rio Grande do Norte, gerando 10 mil empregos diretos e indiretos, com investimento de US$ 1,5 bilhão.

O Diretor-Presidente da CODERN, Emerson Fernandes Daniel Júnior, defende união para o Rio Grande do Norte ser beneficiado com a oportunidade: “É preciso união e que cada um faça a sua parte e cumpra suas metas para que o Rio Grande do Norte receba o HUB da TAM. É uma oportunidade que vislumbramos para o nosso Estado fundamental para mais emprego, renda e desenvolvimento”, disse Emerson.

“Se recebermos o HUB vamos consolidar aqui o transporte intermodal, envolvendo vários meios de transporte. A CODERN já está pronta para vivermos isso”, ressalta Emerson.

CODERN Hub da TAM

Estado

Após 40 dias de greve, Servidores da Saúde continuam acampados na Governadoria

Os servidores da saúde do Rio Grande do Norte iniciaram uma ocupação na sede do governo do estado, na noite desta segunda (20). A decisão foi tomada após uma audiência com representantes do governo, que negou reajuste e a revisão do Plano de Cargo. Parte dos servidores está há cinco anos com o salário-base congelado e o Sindsaúde (Sindicato dos Servidores em Saúde do RN) reivindica reajustes de 27%, para os servidores dos hospitais, a 61%, para os municipalizados. O governo estadual afirma que os gastos com a folha de pessoal estão acima do limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Os servidores decidiram permanecer ocupando o prédio e reivindicaram uma audiência com o governador Robinson Faria (PSD), que no momento recebia o ministro da Pesca, Helder Barbalho. Na manhã desta terça-feira, às 09h, os servidores farão um ato público, quando receberão o apoio de outras categorias em greve, como os servidores da saúde de Natal e professores e técnicos da UERN (Universidade Estadual do RN) e da UFRN (Universidade Federal do RN) e de centrais como a CSP-Conlutas. Durante a noite, o grupo de cerca de 30 servidores recebeu a visita do Sinai (Sindicato dos Servidores da Administração Indireta), da vereadora Amanda Gurgel (PSTU), do vereador Sandro Pimentel (PSOL) e do professor Robério Paulino, ex-candidato ao governo estadual, pelo PSOL.

Quarenta dias de greve
Os servidores da saúde estadual iniciaram a greve no dia 11 de junho. O salário da rede estadual é o menor, comparando com os da saúde federal e até de alguns municípios. Um técnico de enfermagem iniciando no estado recebe R$ 946 de salário-base. Um profissional do nível elementar recebe um salário-base de R$ 756,20, abaixo do salário mínimo. O salário é complementado com gratificações, que variam de R$ 134,00 a R$ 195,00.

A greve denuncia ainda a sobrecarga de trabalho, agravada pelo déficit de 3.500 servidores, e pela crise nos principais hospitais, que convivem com pacientes nos corredores. Levantamento feito pelo Sindsaúde nesta segunda-feira, em quatro hospitais, identificou 171 pacientes em macas, sendo 114 nos corredores.

?“Sempre escutamos a justificativa da Lei de Responsabilidade Fiscal. O resultado é que o estado está perdendo a sua força de trabalho, pois ninguém agüenta trabalhar nestas condições e ainda ganhando tão mal. A saúde perde 83 profissionais por mês e já estamos pagando pela crise”, afirma Simone Dutra, coordenadora-geral do Sindsaúde-RN e enfermeira do Hospital Santa Catarina.

z

Estado

Programa Ronda Cidadã será lançado nesta quarta-feira (22)‏

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social, lançará o Programa Ronda Cidadã na próxima quarta-feira (22) às 9h, noCentro Social Padre João Perestrelo, em Mãe Luíza, zona Leste de Natal.

As ações vão compreender inicialmente a Área Integrada de Segurança Pública 4 (AISP 4), formada pelos bairros de Areia Preta, Mãe Luiza e Petrópolis, que têm uma população estimada em 30 mil habitantes e aproximadamente dois quilômetros quadrados.

O Programa Ronda Cidadã se destina às ações de polícia comunitária, promovendo abordagens com foco no acolhimento, na inclusão social e na cidadania, sem, contudo, se descuidar do policiamento reativo, com o policiamento repressivo, de forma qualificada.