Estado

UERN destaca importância da instituição, do diálogo e autonomia

Nota Oficial

No momento em que a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) vivencia as greves dos professores e técnicos administrativos, a comunidade acadêmica e a sociedade potiguar não podem permitir questionamentos sobre o verdadeiro papel da instituição.

A UERN é a única instituição pública de ensino superior que forma médicos, odontólogos, enfermeiros, assistentes sociais, sociólogos, educadores físicos, jornalistas, publicitários, radialistas, economistas, gestores ambientais, biólogos, e licenciados em Pedagogia, Letras, Música, Química e Filosofia, entre outros, no interior do Rio Grande do Norte. Com pós-graduaçãostricto sensu, em nível de mestrado, em todas as áreas do conhecimento, propicia a formação continuada, contribuindo para o cumprimento do PNE 2014-2024. Dentre os resultados, a UERN assegura a existência de professores capacitados em sala de aula nas redes municipal e estadual de ensino.

Desses egressos, mais de 70% fizeram a educação básica na rede pública de ensino (aproximadamente 40% dos pais desses egressos não possuem ensino médio). Destinamos 5% das vagas a pessoas com deficiência, o que significa a inclusão no conhecimento.

A UERN, cumprindo seu papel de instituição formadora de pessoas capacitadas para o mercado de trabalho, desenvolve diversas atividades que articulam as esferas ensino, pesquisa e extensão. Em Natal, quando, em março de 2015, aconteceram momentos de insegurança, com as rebeliões nos presídios, nas quais os detentos exigiam também o julgamento de seus processos, a UERN, por meio do seu Núcleo de Prática Jurídica, atuou em defesa das pessoas economicamente hipossuficientes, cumprindo, portanto, um importante papel social. É importante destacar, ainda, que o Complexo Cultural, situado na Zona Norte da Capital, oportuniza atividades a mais de mil alunos em diversas ações extensionistas.

Frequentemente, estamos prestando consultorias, auxiliando o Estado e Municípios em áreas da nossa competência; temos pesquisadores e extensionistas cujas ações e práticas estão mudando a realidade do nosso RN. O CAPACITASUAS, em parceria com a SETHAS e o MDS, atuando nos 167 municípios; a formação de tecnólogo em Gestão Pública e pós-graduação em Direito Administrativo e Urgência e Emergência dos servidores estaduais, junto com a Escola de Governo/SEARH; a viabilização da construção do Hospital Materno-Infantil, maior obra do RN SUSTENTÁVEL da Secretaria de Saúde Pública (SESAP); e o FESTUERN com a Secretaria da Educação e da Cultura (SEEC), constituem amostragem de que a UERN, além de formar recursos humanos, contribui para o desenvolvimento do Estado.

A UERN é patrimônio dos norte-riograndenses e, por igual, alicerce da formação da justiça e da equidade social. A Reitoria insistirá no caminho do diálogo e do entendimento, preservando a autonomia da Instituição.

Pedro Fernandes Ribeiro Neto
Reitor

Aldo Gondim Fernandes
Vice-Reitor

 

Estado

Servidores do ITEP protestam na Governadoria

Conforme havia sido deliberado em assembleia realizada no dia 25, os servidores do ITEP confirmaram, nesta quarta-feira (27), o indicativo de paralisação para os dias 2 e 3 de junho, terça e quarta-feira da próxima semana. Nesta manhã, os servidores fizeram uma mobilização em frente ao prédio da Governadoria, no Centro Administrativo.

Eles cobram que o governador Robinson Faria cumpra com a palavra dada antes e depois de ser eleito, que enviaria o Estatuto do ITEP que já estava pronto desde o final de 2013. Agora, neste mês de maio, um novo projeto para o Estatuto foi apresentado pela Secretaria de Segurança e direção do ITEP, deixando de fora aproximadamente 500 servidores que trabalham de maneira regular no órgão.

“Diante dessa nova minuta, a categoria se reuniu em assembleia na segunda-feira passada e deliberou que não irá aceitar debater ou negociar pontos desse novo projeto. O que os servidores do ITEP querem é o projeto original, feito ao longo de quatro anos de análises técnicas e jurídicas, sob a coordenação do então Consultor Geral José Marcelo”, afirma Paulo César de Macedo.

Tal Estatuto trará a legalidade e a moralidade para o ITEP, pois resolverá a situação dos servidores de maneira constitucional. “A minuta construída pelo atual governo irá legalizar a situação de menos de 36 servidores, além de permitir que o ITEP continue sendo alvo de todo tipo de politicagem e que seja usado como cabide eleitoral, situação essa que não interessa à sociedade e aos atuais servidores. Vale destacar ainda que outros órgãos, como Tribunal de Contas, Assembleia Legislativa e até o Ministério Público, corrigiram a situação dos servidores que estavam regulares, incluindo os relotados em seus quadros. Então, por que só o ITEP não terá esse direito”, afirma Renata Pimenta, Diretora Jurídica do SINPOL-RN.

Na reunião desta quarta-feira, os servidores esperavam que o Governo dissesse qual minuta iria enviar. No entanto, como o governador Robinson Faria não estava presente, a chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, informou que, a partir de agora, se houver discussão sobre pontos do Estatuto isso será feito com base na minuta de 2013.

Foto: Assessoria do SINPOL

z

Estado

Apesar dos cortes orçamentários, Kassab assegura continuidade do Saneamento de Natal e ‘Minha Casa, Minha Vida’ no RN

O governador Robinson Faria participou de uma nova audiência com o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, em Brasília, na tarde desta quarta-feira, 27. A preocupação do líder do Executivo potiguar era que o contingenciamento orçamentário, anunciado recentemente pelo Governo Federal, colocasse em risco o andamento das obras de saneamento de Natal e do programa habitacional ‘Minha Casa, Minha Vida’.

O ministro Kassab assegurou que as obras no Rio Grande do Norte não sofrerão com os cortes e garantiu que as parcelas de repasse atrasadas serão regularizadas, mantendo o que havia dito no último encontro com Robinson, há exatas duas semanas. Uma reunião técnica será realizada ainda hoje para definir um cronograma de fluxo financeiro.

O presidente da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), Marcelo Toscano, e o secretário de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, acompanharam a reunião. Também participaram os deputados federais Fábio Faria, Betinho Rosado, Rafael Motta, a senadora Fátima Bezerra, o deputado Disson Lisboa, e o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), Francisco José Júnior.

Foto: Maricélio Almeida

Audiência Ministério das Cidades - Maricélio Almeida

Estado

Ministro empossa reitora da UFRN para segundo mandato

A professora Angela Maria Paiva Cruz tomou posse como reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), para um mandato de quatro anos (2015-2019), em solenidade realizada às 11h desta terça-feira, 26, em Brasília, presidida pelo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro. Esta é a segunda vez que a professora conduzirá o reitorado da Instituição.

Em seu pronunciamento, no salão de atos solenes do Ministério da Educação (MEC) repleto de convidados e autoridades, a atual reitora da UFRN aludiu a alguns dos aspectos que marcaram o seu primeiro mandato (2011-2015), período em que a UFRN “conheceu notável consolidação da expansão, planejada e permitida pelo Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais, o Reuni”, disse Angela.

“Buscamos obstinadamente a excelência nas atividades acadêmicas, promovemos uma importante melhoria na interiorização do ensino superior, com a criação de novos cursos de graduação, de pós-graduação, de Educação a Distância, além dos cursos técnicos do PRONATEC, que alcançam mais de 100 municípios do RN”, complementou.

A cerimônia contou com as presenças da senadora Fátima Bezerra, do senador Garibaldi Filho e do ministro Luiz Alberto Farias, do STJ, do ex-reitor Ótom Anselmo, do vice-reitor eleito Daniel Diniz, dos professores Valter Fernandes (Pró-reitor de Pesquisa), Álvaro Ferraz (diretor do Instituto Internacional de Física), Carmen Rego (secretária da Secretaria de Educação a Distância), Anderson Paiva (Inova Metrópole) e José Zilmar Alves da Costa (Superintendente de Comunicação).

z

 

z1

Estado

Reitor da UERN afirma que não vai permitir que greve seja usada para fragilizar a instituição

Na abertura do I Simpósio de Estudos Barrocos e Neobarrocos, na manhã desta terça-feira, 26, no campus Central,  o reitor informou sobre a nova reunião com o gabinete civil e fez um breve histórico das negociações salariais iniciadas no ano passado pela administração da Universidade,  ADUERN e SINTAUERN.

Antecedendo ao discurso do  Reitor, o presidente da ADUERN, Valdomiro Morais, falou sobre a greve.Lembrou dos esforços para a não deflagração do movimento, desde a pauta encaminhada à administração da UERN, com outros pontos de reivindicação que já estavam sendo atendidos. “Dos 14 pontos de pauta, um era a campanha salarial”, completou o reitor, dizendo que a reposição salarial extrapola a competência legal da UERN.

Para o reitor, o momento exige serenidade. “Não vamos permitir que se aproveitem desse momento para fragilizarem nossa instituição”, apelou, fazendo referência aos questionamentos de que a UERN é um peso para o Estado.

Detalhe: O reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Pedro Fernandes, reuniu-se nesta segunda-feira, 25, com a Secretária-chefe de Gabinete Civil, Tatiana Mendes, para tratar da campanha salarial dos professores e técnicos administrativos da instituição. Na ocasião, o reitor entregou ofícios da Associação dos Docentes (ADUERN), e Sindicato dos Técnicos Administrativos (SINTAUERN), comunicando a greve das categorias.

????????????????????????????????????

Estado

Segundo a SESAP, RN tem quase 20 mil casos suspeitos de dengue

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), através do Programa Estadual de Controle da Dengue, emitiu nesta terça-feira (26), mais um boletim com a análise da situação da dengue no Rio Grande do Norte. De janeiro até o último dia 16 de maio foram notificados 19.153 casos suspeitos de dengue, o que representa um aumento de 277,70% em comparação com o mesmo período do ano passado. Do total de notificações, 2.480 casos foram confirmados através de exames laboratoriais.

Os municípios que mais notificaram casos suspeitos de dengue foram: Natal (5.140 casos suspeitos), Parnamirim (1.165), Mossoró (873), Ceará-Mirim (755) e Caicó (715). O número de óbitos confirmados desde o início do ano até agora é de dois casos: um em Natal (no mês de janeiro) e outro em Montanhas (no mês de março).

O Programa Estadual de Controle da Dengue (PECD) da Sesap continua realizando visitas técnicas aos municípios, para orientar as ações de prevenção e combate a doença. Desde o início do ano os carros-fumacê (operação UBV) já estiveram em 23 municípios do estado e, neste momento, estão sendo realizadas operações nos municípios de Natal, Parnamirim, Caicó, Nova Cruz e Caraúbas.

Estado

Comitiva de alunos e professores da UERN vão buscar apoio de Fátima

Uma comitiva de alunos e professores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) se organizam para buscar uma audiência com a senadora Fátima Bezerra (PT). 

O objetivo é pedir que a senadora ajude no diálogo com o governador Robinson Faria, de quem é aliada, para acabar a greve da instituição de ensino superior. 

Estado

Secretários de Estado recebem sindicato da saúde para analisar pleitos

O Governo do Estado reuniu-se nesta segunda-feira, 25, com representantes do Sindicato dos Servidores da Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde/RN), oportunidade que foi apresentada a pauta de reivindicações da categoria com 16 itens. Após avaliação do governo, nova reunião deverá acontecer no dia 3 de junho, no Gabinete Civil.

Na lista apresentada pelo sindicato, constavam reivindicações como: reunificação das tabelas salariais; implementação de uma tabela de qualificações; extensão da gratificação geográfica e unificação dos salários por tempo de serviço, entre outros itens.

O Secretário da Administração e dos Recursos Humanos do RN, Gustavo Nogueira, explicou a difícil situação financeira que o Estado enfrenta e os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal, mas comprometeu-se em analisar as reivindicações da categoria.

Estiveram presentes na reunião, a Secretária-Chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, o Secretário Estadual de Saúde, Ricardo Lagreca, o Secretário da Administração e dos Recursos Humanos, Gustavo Nogueira e o Consultor Geral do Estado, Eduardo Nobre.

Reunião com Sindsaúde

Estado

RN tem 18 casos confirmados de Zika Vírus

Desde o mês de março o Ministério da Saúde vem acompanhando de perto a ocorrência de casos de doenças com manchas na pele (as chamadas doenças exantemáticas) – incluindo o zika vírus – nos estados do Rio Grande do Norte, Maranhão e Paraíba.

Um grande estudo vem sendo feito pela equipe do Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do SUS (EPISUS/MS), Coordenação Geral de Vigilância e Resposta às Emergências em Saúde Pública (CGVR) e Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), com o objetivo de confirmar a existência de um surto de doença exantemática, identificando os agentes etiológicos através da análise de prontuários, triagem de casos, entrevistas, identificação de sinais e sintomas, além da coleta de amostras de pacientes atendidos nos Hospitais Giselda Trigueiro, Sandra Celeste e Hospital dos Pescadores para análise em laboratórios de referência.

As amostras serão testadas para dengue, sarampo, rubéola, parvovírus, arbovírus, zika, enterovírus e vírus respiratório, no Laboratório Central (Lacen-RN), Instituto Evandro Chagas (IEC) e Fiocruz/RJ, com possibilidade de envio também para outros países. O Ministério da Saúde irá aguardar o resultado dos exames para produzir um relatório final e conclusão da investigação.

Dentro deste cenário, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) está monitorando os casos de zika vírus em todo o Rio Grande do Norte. Desde o último dia 14 de maio, quando o Ministério da Saúde confirmou a introdução do vírus no Brasil, o RN registrou um total de 18 casos de zika vírus, distribuídos nos municípios de Natal – com 16 casos confirmados – e São Gonçalo do Amarante – com dois casos confirmados.

Não há registros de óbitos causados pela doença.