Estado

Reitor da UERN afirma que não vai permitir que greve seja usada para fragilizar a instituição

Na abertura do I Simpósio de Estudos Barrocos e Neobarrocos, na manhã desta terça-feira, 26, no campus Central,  o reitor informou sobre a nova reunião com o gabinete civil e fez um breve histórico das negociações salariais iniciadas no ano passado pela administração da Universidade,  ADUERN e SINTAUERN.

Antecedendo ao discurso do  Reitor, o presidente da ADUERN, Valdomiro Morais, falou sobre a greve.Lembrou dos esforços para a não deflagração do movimento, desde a pauta encaminhada à administração da UERN, com outros pontos de reivindicação que já estavam sendo atendidos. “Dos 14 pontos de pauta, um era a campanha salarial”, completou o reitor, dizendo que a reposição salarial extrapola a competência legal da UERN.

Para o reitor, o momento exige serenidade. “Não vamos permitir que se aproveitem desse momento para fragilizarem nossa instituição”, apelou, fazendo referência aos questionamentos de que a UERN é um peso para o Estado.

Detalhe: O reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Pedro Fernandes, reuniu-se nesta segunda-feira, 25, com a Secretária-chefe de Gabinete Civil, Tatiana Mendes, para tratar da campanha salarial dos professores e técnicos administrativos da instituição. Na ocasião, o reitor entregou ofícios da Associação dos Docentes (ADUERN), e Sindicato dos Técnicos Administrativos (SINTAUERN), comunicando a greve das categorias.

????????????????????????????????????

Estado

Segundo a SESAP, RN tem quase 20 mil casos suspeitos de dengue

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), através do Programa Estadual de Controle da Dengue, emitiu nesta terça-feira (26), mais um boletim com a análise da situação da dengue no Rio Grande do Norte. De janeiro até o último dia 16 de maio foram notificados 19.153 casos suspeitos de dengue, o que representa um aumento de 277,70% em comparação com o mesmo período do ano passado. Do total de notificações, 2.480 casos foram confirmados através de exames laboratoriais.

Os municípios que mais notificaram casos suspeitos de dengue foram: Natal (5.140 casos suspeitos), Parnamirim (1.165), Mossoró (873), Ceará-Mirim (755) e Caicó (715). O número de óbitos confirmados desde o início do ano até agora é de dois casos: um em Natal (no mês de janeiro) e outro em Montanhas (no mês de março).

O Programa Estadual de Controle da Dengue (PECD) da Sesap continua realizando visitas técnicas aos municípios, para orientar as ações de prevenção e combate a doença. Desde o início do ano os carros-fumacê (operação UBV) já estiveram em 23 municípios do estado e, neste momento, estão sendo realizadas operações nos municípios de Natal, Parnamirim, Caicó, Nova Cruz e Caraúbas.

Estado

Comitiva de alunos e professores da UERN vão buscar apoio de Fátima

Uma comitiva de alunos e professores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) se organizam para buscar uma audiência com a senadora Fátima Bezerra (PT). 

O objetivo é pedir que a senadora ajude no diálogo com o governador Robinson Faria, de quem é aliada, para acabar a greve da instituição de ensino superior. 

Estado

Secretários de Estado recebem sindicato da saúde para analisar pleitos

O Governo do Estado reuniu-se nesta segunda-feira, 25, com representantes do Sindicato dos Servidores da Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde/RN), oportunidade que foi apresentada a pauta de reivindicações da categoria com 16 itens. Após avaliação do governo, nova reunião deverá acontecer no dia 3 de junho, no Gabinete Civil.

Na lista apresentada pelo sindicato, constavam reivindicações como: reunificação das tabelas salariais; implementação de uma tabela de qualificações; extensão da gratificação geográfica e unificação dos salários por tempo de serviço, entre outros itens.

O Secretário da Administração e dos Recursos Humanos do RN, Gustavo Nogueira, explicou a difícil situação financeira que o Estado enfrenta e os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal, mas comprometeu-se em analisar as reivindicações da categoria.

Estiveram presentes na reunião, a Secretária-Chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, o Secretário Estadual de Saúde, Ricardo Lagreca, o Secretário da Administração e dos Recursos Humanos, Gustavo Nogueira e o Consultor Geral do Estado, Eduardo Nobre.

Reunião com Sindsaúde

Estado

RN tem 18 casos confirmados de Zika Vírus

Desde o mês de março o Ministério da Saúde vem acompanhando de perto a ocorrência de casos de doenças com manchas na pele (as chamadas doenças exantemáticas) – incluindo o zika vírus – nos estados do Rio Grande do Norte, Maranhão e Paraíba.

Um grande estudo vem sendo feito pela equipe do Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do SUS (EPISUS/MS), Coordenação Geral de Vigilância e Resposta às Emergências em Saúde Pública (CGVR) e Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), com o objetivo de confirmar a existência de um surto de doença exantemática, identificando os agentes etiológicos através da análise de prontuários, triagem de casos, entrevistas, identificação de sinais e sintomas, além da coleta de amostras de pacientes atendidos nos Hospitais Giselda Trigueiro, Sandra Celeste e Hospital dos Pescadores para análise em laboratórios de referência.

As amostras serão testadas para dengue, sarampo, rubéola, parvovírus, arbovírus, zika, enterovírus e vírus respiratório, no Laboratório Central (Lacen-RN), Instituto Evandro Chagas (IEC) e Fiocruz/RJ, com possibilidade de envio também para outros países. O Ministério da Saúde irá aguardar o resultado dos exames para produzir um relatório final e conclusão da investigação.

Dentro deste cenário, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) está monitorando os casos de zika vírus em todo o Rio Grande do Norte. Desde o último dia 14 de maio, quando o Ministério da Saúde confirmou a introdução do vírus no Brasil, o RN registrou um total de 18 casos de zika vírus, distribuídos nos municípios de Natal – com 16 casos confirmados – e São Gonçalo do Amarante – com dois casos confirmados.

Não há registros de óbitos causados pela doença.