Geral

Startup potiguar produz equipamentos de proteção individual

A Tribuna do Norte destaca e o blog reproduz pela relevância.

Uma empresa que faz parte do Instituto Metrópole Digital, a Void3D, decidiu colaborar diante da grande demanda por Equipamentos de Proteção Individual (EPI), e começou a produzir máscaras protetoras com viseira para profissionais da saúde e distribuir gratuitamente em unidades de atendimento e hospitais.

A impressão das viseiras ocorre por meio de impressoras 3D. A iniciativa teve início na República Tcheca, que compartilhou a informação com a Startup local.

Para financiar a produção, a empresa criou uma Vaquinha Online, na qual já arrecadou quase R$ 10 mil.

O custo por máscara varia entre R$ 12,00 e R$ 15,00.

“A distribuição vai iniciar pelo Hospital Giselda Trigueiro”, diz Arthur Andrade, diretor da Void3D.

Máscaras

Geral

Coronavírus: Governo do RN cria Central de Doações

O Governo do Rio Grande do Norte instituiu uma força tarefa administrativa de enfrentamento ao novo coronavírus (COVID-19) e criou a Central de Recebimento e Distribuição de Doações. As iniciativas foram oficializadas pelo decreto Nº 29.565, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quinta-feira, 26. O objetivo é concentrar esforços administrativos que possam conceder melhor apoio técnico operacional à Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) para responder aos desafios impostos pela pandemia.

Caberá à Força Tarefa Administrativa efetuar a tramitação dos processos de aquisição de bens, equipamentos produtos e insumos, contratação de serviços, requisições administrativas relativas à calamidade pública decorrente do novo Coronavírus (COVID-19), propor o impulsionamento de processos mediante a adoção procedimentos simplificados, além de prestar suporte administrativo à Sesap.

Ela responderá ao Comitê Governamental de Gestão da Emergência em Saúde Pública decorrente do Coronavírus (COVID-19) e será formada por uma equipe técnica composta por representantes da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), das secretarias de Estado do Planejamento (Seplan) e Administração (Sead), sob coordenação do Gabinete Civil.

A Central de Controle de Recebimento e Distribuição de Doações de Insumos e Bens funcionará na sede da Escola de Governo e ficará submetida à Controladoria-Geral do Estado (CONTROL).

Geral

Coronavírus: RN tem rede de apoio emocional gratuito para potiguares

O Instituto Entrelaços do RJ iniciou um projeto de Linha aberta de suporte e apoio emocional, no qual através de ligação telefônica as pessoas podem ter acesso a esse suporte oferecido por psicólogos treinados e capacitados nessas demandas. Alguns institutos do Brasil foram convidados a fazer parte dessa Rede Solidária de apoio emocional e os estados de SP, MG, ES GO, interior de SP e RN contam com esse serviço neste período em que todo o país vive a pandemia do Coronavírus. O Núcleo Apego e Perdas, de Natal, é parceiro nessa importante iniciativa de ajuda nesse momento tão difícil para toda a população.

Angústia, medo, ansiedade, incertezas, são alguns dos sentimentos que têm acompanhado inúmeras pessoas esses dias. “Cuidar da saúde física de todos tem sido prioridade através do recolhimento preventivo, mas não podemos descuidar da nossa saúde mental em nenhum momento”, afirmou a psicóloga Millena Câmara, uma das fundadoras do Apego e Perdas . A profissional destaca que a rede de apoio em Natal irá funcionar gratuitamente coordenada pelas psicólogas do grupo de apoio pelo telefone “SOS Linha de Apoio Emocional”, (84) 99159-4405, das 9:00 às 21:00, de domingo a domingo.

Coronavírus

Geral

Coronavírus: Dentre outras medidas, Governo do RN prorroga fechamento de bares, restaurantes e lanchonetes até 02 de abril

As ações governamentais para controle da propagação do coronavírus (sars-cov-2) limitam cada vez mais o acesso de pessoas em locais de grande circulação. Nessa quarta-feira (25), será publicado no Diário Oficial o decreto de número 29.556, editado pelo Governo do RN, com novas determinações de caráter temporário visando garantir a segurança da população do Rio Grande do Norte.

O atual documento determina o fechamento de qualquer loja e atividade comercial que possua sistema artificial de circulação de ar, excetuando-se aquelas destinadas à comercialização de alimentos, medicamentos e de atividades essenciais. Neste caso, os estabelecimentos autorizados a funcionar deverão adotar medidas de proteção aos seus funcionários e clientes, sendo obrigatória a colocação de anteparo de proteção aos caixas e embaladores e a organização das filas, obedecendo a distância mínima de 1,5 m entre os clientes.

Porém, as empresas obrigadas a fechar para atendimento ao público poderão continuar com funcionamento exclusivamente interno, para fins de vendas por entrega em domicílio. No caso de transporte público, as empresas de transporte coletivo intermunicipal deverão limitar o número de passageiros à quantidade de assentos disponíveis nos ônibus, sendo vedada a redução da frota.

O novo decreto prorroga o fechamento de restaurantes, bares, lanchonetes e similares até o dia 02 de abril, que é a data de vigência para todas as demais orientações nele contidas.

O texto também esclarece que a proibição de funcionamento de bancos e financeiras não se aplica às lotéricas, considerando que as mesmas são responsáveis pelo abastecimento de dinheiro na maioria dos pequenos municípios, além de ser a fonte de pagamento de programas sociais como o Bolsa Família.

Por fim, o novo decreto prorroga os Autos de Vistoria do Corpo de Bombeiro (AVCB) e as licenças e autorizações expedidas pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA), que vencerem nos próximos 30 (trinta) dias, automaticamente até a data de 24 de abril de 2020, como medida de diminuir o fluxo de atendimento de tais órgãos, bem como a necessidade de vistorias externas, devendo ser mantidas todas as condições de funcionamentos já exigidas.

Geral

DF tem paciente curada após ser infectada por novo coronavírus

Informações da Agência Brasil

A advogada brasiliense Daniela Teixeira recebeu uma ótima notícia nesta semana quando soube que seu segundo exame para o novo coronavírus deu negativo.

Ela foi a primeira paciente do Distrito Federal a ter sido curada do contágio, após semanas de medo e apreensão.

Geral

Coronavírus: Estado não poderá mais executar barreira sanitária no Aeroporto Aluízio Alves

Um agravo de instrumento expedido pelo desembargador Paulo Cordeiro, no final da tarde desta terça-feira (24) derrubou a liminar que determinava à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) dar o apoio necessário para que o Estado do Rio Grande do Norte, através da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e com auxílio de instituições necessárias (órgãos municipais, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil etc) implantasse uma barreira sanitária e de inspeção de voos nacionais e internacionais no Aeroporto Internacional Aluízio Alves.

O agravo de instrumento foi expedido pelo desembargador federal Paulo Cordeiro, do Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

A nova decisão judicial cancelou a barreira sanitária que começaria a partir desta quarta-feira (25), em um voo de Guarulhos, com uma ação conjunta entre a Anvisa, Suvisa e a Vigilância Sanitária do município de São Gonçalo do Amarante (Visa). O agravo de instrumento encerrou a reunião que planejava os últimos preparativos para a ação de amanhã.

“Após fecharmos toda programação da operação fomos surpreendidos pelo agravo de instrumento derrubando a decisão judicial que havia determinado a ação em conjunto. Diante disso, fomos impedidos de executar a ação, apesar de estarmos com tudo pronto. Vamos agora aguardar outras deliberações judiciais”, explicou a subcoordenadora de Vigilância Sanitária do Estado, Leila Maria Ramos Mattos.

O agravo de instrumento derrubou a liminar obtida pelo Ministério Público Federal (MPF/RN), expedida pela 1ª Vara da Justiça Federal no Rio Grande do Norte, que deu um prazo de 24 horas para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no estado implantar novas medidas no aeroporto Aluízio Alves, em conjunto com a Suvisa e a Visa de São Gonçalo, sob pena de multa diária em caso de descumprimento. Pela decisão judicial seriam realizadas inspeções nos voos nacionais, especialmente àqueles provenientes de locais com maior número de casos confirmados do novo coronavírus – COVID-19.

A chegada de voos internacionais ao RN foi suspensa após a solicitação do Governo do Estado, no último dia 17, em função da ineficácia das barreiras sanitárias antes realizadas apenas pela Anvisa que adotava o procedimento padrão, realizando triagem apenas em voos com passageiros apresentando sintomas. Este procedimento não se mostrou suficiente para a atender às exigências da pandemia.

Geral

Coronavírus: 46 mortes e 2.201 casos confirmados

Subiu para 2.201 o número de casos confirmados de coronavírus (Covid-19) no Brasil, de acordo com as informações repassadas pelos estados ao Ministério da Saúde nesta segunda-feira (24). Até o momento, 46 mortes estão confirmadas, sendo 40 no estado de São Paulo e seis no Rio de Janeiro.

Atualmente, todos os estados do país registram casos da doença, mas nem todas as regiões apresentam o mesmo nível de transmissão. A região norte, por exemplo, tem 3,7% do total de casos do Brasil. Na outra ponta, a região Sudeste representa o maior percentual, na ordem de 58,1%.

Para garantir um esforço coletivo de todos os brasileiros para reduzir a velocidade de transmissão do coronavírus, na última sexta-feira (20), o Ministério da Saúde reconheceu a transmissão comunitária da Covid-19 em todo o país. Assim, a medida é uma estratégia para que todo o Brasil se una contra o vírus.

Em termos práticos, a declaração é um comando do Ministério da Saúde para que todos os gestores nacionais adotem medidas para promover o distanciamento social e evitar aglomerações, conhecidas como medidas não farmacológicas, ou seja, que não envolvem o uso de medicamentos ou vacinas.

Geral

Xandy Avião com Coronavírus

O cantor Xandy Avião anunciou pelas redes sociais na tarde desta terça-feira (24) que está com Coronavírus.

Bem como sua esposa, Isabele Temoteo.

Estão em isolamento e sem sintomas graves.

Geral

Bolsonaro anuncia ajuda do Governo Federal aos Estados e Municípios

Da Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta segunda-feira (23), pelo Twitter, medidas de socorro a estados afetados pela crise provocada pelo novo coronavírus. Entre as principais ações, estão a suspensão do pagamento de parcelas de dívidas e o auxílio financeiro para compensar a queda na arrecadação.

Em postagens no Twitter, o presidente informou que pretende suspender o pagamento de R$ 12,6 bilhões de dívidas dos estados com a União. A suspensão já havia sido obtida pelo estado de São Paulo, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ele também confirmou a recomposição, por parte do governo federal, de R$ 16 bilhões nos Fundos de Participação dos Estados (FPE) e no Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A ajuda compensará a perda de arrecadação do Imposto de Renda e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre os cofres estaduais.

Em uma série de postagens, o presidente, que participa de videoconferência com governadores do Norte e do Nordeste durante a tarde, listou outras iniciativas do governo para minimizar a crise econômica decorrente da pandemia do novo coronavírus no Brasil. Ele também anunciou a transferência de R$ 8 bilhões de recursos para fundos de saúde estaduais e municipais. Segundo ele, a quantia representa o dobro do valor pedido pelos governadores.

“Soluções temporárias para situação de emergência: 2 MPs vão transferir recursos para fundos de saúde estaduais e municipais. União entrará com mais recursos que o solicitado. Governadores solicitaram R$ 4 bilhões para ações emergenciais em saúde. O governo federal está destinando R$ 8 bilhões em quatro meses. Seguro para perda de arrecadação de transferência da União. Garantia de manutenção do FPE e FPM aos mesmos níveis de 2019. Estima-se que o Governo Federal acesse com R$ 16 bilhões em quatro meses”, tuitou.

Sem detalhar as medidas, Bolsonaro ainda anunciou a renegociação de R$ 9,6 bilhões em dívidas de estados e municípios com bancos e abertura de operações de crédito no valor de R$ 40 bilhões, além de um aumento de R$ 2 bilhões no orçamento assistencial social.

Geral

Presidente revoga artigo que suspendia contrato de trabalho por quatro meses

Da Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro avisou há pouco nas redes sociais que revogou o art.18 da MP 927, que permitia a suspensão do contrato de trabalho por até 4 meses sem salário.

O Artigo 18 previa que, durante o estado de calamidade pública, o contrato de trabalho poderia ser suspenso por até quatro meses, para participação do empregado em curso de qualificação profissional não presencial, oferecido pela empresa ou por outra instituição. Essa suspensão poderia ser acordada individualmente com o empregado e não depende de acordo ou convenção coletiva.

A MP 927 traz outras medidas trabalhistas para enfrentamento do estado de calamidade pública no país e da emergência em saúde pública decorrente da pandemia da covid-19. A MP já entrou em vigor neste domingo (22) ao ser publicada em edição extra do Diário Oficial da União, e tem validade de 120 dias para tramitação no Congresso Nacional. Caso não seja aprovada, perde a validade.

Entre as medidas estão o teletrabalho, a antecipação de férias, a concessão de férias coletivas, o aproveitamento e antecipação de feriados, o banco de horas, a suspensão de exigências administrativas em segurança e saúde no trabalho, o direcionamento do trabalhador para qualificação e o adiamento do recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Geral

Prefeitura de Natal instala comitê para gerir ações do Hospital de Campanha

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, instituiu na manhã desta segunda-feira (23) um comitê de trabalho para atuar junto ao hospital de campanha que será instalado no antigo hotel Parque da Costeira, hoje desativado. O comitê será responsável por administrar as ações que visam à montagem e ao funcionamento do hospital. Esta é mais uma estratégia da Prefeitura para conter o avanço do Covid-19 em Natal.

Coordenado pelo secretário municipal de Planejamento, Alexsandro Ferreira, o grupo também terá como membros o consultor Paulo César Medeiros, o diretor do Hospital Varela Santiago, Paulo Xavier, a diretora do Hospital Walfredo Gurgel, Élida Lucena, e a servidora Gervânia Teixeira, representante da Secretaria Municipal de Saúde.

Dentre as atribuições do novo comitê de trabalho, está a elaboração de um plano de ação para articular as medidas destinadas à instalação do hospital no antigo hotel Parque da Costeira. O grupo vai fazer ainda um levantamento sobre equipamentos, materiais e servidores que necessitarão ser agregados ao projeto, para que o hospital tenha condições de atender a casos de baixa complexidade relacionados à infecção por Covid-19.

A estimativa do prefeito Álvaro Dias é de que, em aproximadamente duas semanas, a unidade hospitalar provisória esteja pronta para receber os eventuais pacientes. A capacidade projetada será inicialmente de 110 leitos, com possibilidade de ampliação para oferecer até 500 vagas, caso seja preciso. “Dentro de 15 a 20 dias, estaremos aptos a receber os pacientes portadores do novo coronavírus, se houver porventura essa necessidade”, calcula o prefeito.

Geral

Coronavírus: Hotel Barreira Roxa irá abrigar servidores da saúde durante suas folgas

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte e o Sistema Fecomércio RN (Sesc e Senac), que administra o Hotel-Escola Senac Barreira Roxa por comodato do Estado, decidiram que o hotel irá abrigar servidores da Saúde em períodos de folga e que comprovem conviver com pessoas dos grupos de risco ou que tenham pessoas infectadas pelo novo coronavírus ocupando a sua mesma residência.

A decisão, válida durante o período da pandemia da Covid-19, tem como objetivo evitar que esses servidores precisem se afastar do trabalho em consequência de contato com familiares que possam estar contaminados pelos vírus, como também evitar expor ao risco as pessoas de seus círculos familiares.

As secretarias estaduais de Saúde e do Gabinete Civil junto com os administradores do Hotel-Escola Senac Barreira Roxa estão acertando os detalhes para adequar o local ao cumprimento dos protocolos exigidos pelos órgãos de saúde.

Geral

Em nota, Nordestão diz que prioriza segurança nas compras e o abastecimento das lojas

Nota dos Supermercados Nordestão:

Desde as primeiras notícias confirmadas do Covid-19 no Rio Grande do Norte que o Nordestão tem buscado as soluções possíveis para atenuar esse difícil momento enfrentado por todos, buscando garantir essencialmente duas coisas: a segurança dos nossos clientes e colaboradores e o abastecimento e fornecimento dos nossos produtos nas gôndolas.

Além de cumprir as recomendações das autoridades sanitárias, o Nordestão já adotou uma série de medidas práticas para agilizar o atendimento e proteger os idosos e demais clientes, como marcação dos espaços na fila e dos acrílicos colocados nos caixas.

Nos bairros atendidos pelo Rappi, por exemplo, as lojas têm caixas destinados exclusivamente para atender os pedidos feitos pelo aplicativo, dando mais rapidez às compras on-line, sem que os clientes precisem sair de casa.

Estão em execução também diversas medidas de higiene e de desinfecção dos carrinhos, das cestas e das áreas de acesso ao público.

Por outro lado, o Nordestão tem feito uma ampla e contínua campanha de informação e orientação sobre os cuidados que cada pessoa deve tomar para evitar o vírus.

Dependendo do que acontecer nos próximos dias, outras medidas podem vir a ser tomadas.