Geral

Veja a lista: Protesto reúne dezenas de pessoas na UNICAT pela falta de 70% dos materiais

Nesta segunda (18), o Sindsaúde promoveu ato público na Unicat, em Natal, contra o desabastecimento de medicamentos e materiais na unidade e nos hospitais do RN.  A unidade é responsável pelo abastecimento dos hospitais do estado mas nesta sexta (15), de um total de 403 itens da lista de materiais para a rede hospitalar, apenas 125 (31%) podiam ser encontrados na Unicat. Os outros 278 itens estavam em falta, alcançando 69,98% de desabastecimento.

Nenhum dos 73 tipos de fios existentes na lista estava disponível. A Unicat contava com somente um entre nove tipos de seringas. Também faltavam diversos tipos de agulhas, cateter, coletor universal, luvas, gazes e sondas. Veja abaixo a lista completa, que foi enviada para a imprensa.

Além dos materiais, a unidade estava pelo menos 20 tipos de medicamentos. Pacientes que chegaram cedo participaram do protesto do Sindsaúde. Uma delas, aposentada da saúde, está há seis meses esperando pelo medicamento contra a osteoporose. “Dói muito, dói tudo e não tenho o que fazer. Não tenho como comprar o remédio com a minha aposentadoria”, afirmou a técnica de enfermagem, que trabalhou em três hospitais, entre eles o Santa Catarina, onde se aposentou. Ela relaciona as dores com o esforça na profissão. “Tenho certeza que foi por isso. Subia escada, ia pra lá e pra cá, correndo o tempo todo”. Desde 2012, as doenças osteomoleculares e do tecido conjuntivo são as principais responsáveis por atestados médicos na saúde, segundo relatório do Nast.

Servidores da unidade também denunciaram a sobrecarga de trabalho e a falta de pessoal. Este é o sexto protesto realizado pelo Sindsaúde nesta campanha salarial, contra a sobrecarga e o desabastecimento. No dia 29, os servidores farão uma assembleia, com indicativo de greve.

Clique Aqui e veja a lista de materiais em falta.

2015_maioDSC07893

2015_DSC07914b

Geral

Robinson recebe Plano Estadual de Educação

O Plano Estadual de Educação (PEE 2015/2025) elaborado pelo Fórum Estadual de Educação, constituído pela Secretaria Estadual de Educação, instituições de ensino superior como a UFRN, UERN, IFRN, Sindicato e sociedade civil foi entregue na manhã de hoje (18) ao Governador Robinson Faria, para ser apreciado e posteriormente encaminhado à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) para se tornar Lei.

O prazo para todos os Estados para construir seus Planos de Educação é até junho desse ano e o Rio Grande do Norte está entre um dos primeiros do Nordeste que encaminhará esse documento ao Legislativo Estadual.

“O Plano Estadual de Educação é fruto de um trabalho coletivo e em consonância com o Plano Nacional de Educação (PNE). Temos todo interesse de que suas dimensões e metas sejam apreciadas pelos deputados e que possamos torna-lo um documento que vá estabelecer as diretrizes da Educação para os próximos dez anos, no que entendemos como uma política educacional de Estado e não de Governo”, enfatizou o governador Robinson Faria, ao receber das mãos da coordenadora geral do PEE, Márcia Gurgel, do Centro de Educação da UFRN.

Dentro das metas estão inseridas questões como escola em tempo integral e melhoria de salários dos professores e demais profissionais, a partir de Planos de Carreira.

Foto: Demis Roussos

Plano Estadual de Educação_Demis Roussos (2)

Geral

Sindicato da Saúde se une aos servidores da UNICAT e protestam pela falta de medicamentos e materiais hospitalares

Os servidores da Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) realizam um ato público em frente à unidade na manhã desta segunda-feira (18). O protesto faz parte do calendário de atividades da campanha salarial dos servidores do estado e irá denunciar o desabastecimento de medicamentos e materiais na unidade e nos hospitais do RN.

A unidade é responsável pelo abastecimento dos hospitais do estado, mas, de um total de 397 itens da lista de materiais para a rede hospitalar, apenas 125 (31,48%) podiam ser encontrados na Unicat na última sexta-feira (15).

Nenhum dos 73 tipos de fios existentes na lista estava disponível. A Unicat contava com somente um entre nove tipos de seringas. Também faltavam diversos tipos de agulhas, cateter, coletor universal, luvas, gazes e sondas. A lista completa será divulgada na segunda-feira, durante o ato.

Os servidores da Unicat também irão denunciar o horário de trabalho e desvio de função e a sobrecarga na unidade, além da perda do direito à alimentação e vale transporte. Em 2014, os servidores da Unicat realizaram uma greve de 45 dias, reivindicando o abastecimento de medicamentos e o retorno às jornadas mistas de trabalho, que iniciava das (07h às 18h).

Geral

UFRN inaugura sinal digital da TVU na presença de Henrique, Garibaldi e Fátima Bezerra

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) inaugurou na tarde desta sexta-feira, 15, o sinal digital da Televisão Universitária (TVU) e a ampliação das instalações do prédio do Departamento de Comunicação Social (DECOM).  

A solenidade aconteceu no auditório do Laboratório de Comunicação (LABCOM) e contou com a presença da reitora da UFRN, Angela Maria Paiva Cruz, do superintendente de comunicação da Universidade, José Zilmar Costa, do presidente da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), Nelson Breve Dias, além do chefe do Departamento de Comunicação Social, Sebastião Faustino.

Ainda estiveram presentes outros gestores e autoridades públicas, como é o caso do Ministro Henrique Alves e dos senadores Fátima Bezerra e Garibaldi Alves. 

Em sua fala, Henrique se colocou à disposição da UFRN: “Como sempre estive”. 

E a senadora Fátima ressaltou os investimentos feitos nos últimos 12 anos na instituição. 

O Governo do Estado esteve representado pela Secretária de Comunicação, Juliska Azevedo. 

Fotos: Heitor Gregório e Ivanízio Ramos

  

  

  

Geral

Secretário propõe aos deputados estaduais a criação do Fundo da Saúde

Na manhã desta quinta-feira (14), o Secretário de Estado da Saúde Pública, Ricardo Lagreca, se reuniu na sede da Assembleia Legislativa do RN, para apresentar a situação da saúde no estado e ouvir questionamentos e proposições dos parlamentares.

O secretário Ricardo Lagreca reafirmou que vem trabalhando intensamente para solucionar os problemas de anos acumulados. “Estamos pensando em alternativas mais resolutivas, que se perpetuem. Saúde sem regionalização não se sustenta, é essa a nossa principal meta, aliada a regularidade no repasse aos fornecedores e a uma pactuação interfederativa”.

Um projeto apresentado pelo secretário aos deputados é de um um fundo único estadual para a captação de emendas parlamentares para a saúde. “Sabemos que a União não tem verba para investimento, então é preciso uma parceria entre as classes parlamentares estaduais e federais para destinação de emendas para esse fundo único”. Ricardo Lagreca também propôs que a Casa Legislativa possa discutir e estudar questões do Limite Prudencial do estado, que muitas vezes emperra processos de contratação e investimento na saúde.

A expectativa é que seja marcada uma audiência pública para que as questões da saúde e proposições apresentadas na reunião desta quinta-feira (14) sejam discutidas novamente e de forma mais ampla.

IMG_20150514_101343677

Geral

MP e Polícia detalham operação para combater crimes na saúde pública do RN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte e a Polícia Civil deflagraram, na manhã desta quinta-feira (14), a “Operação Hipócrates”, com o objetivo de desbaratar a prática de crimes contra a administração pública e contra a ordem econômica, em decorrência da fixação abusiva de preços e do controle regionalizado do mercado de médicos por meio da Clineuro, empresa contratada pelo Estado do Rio Grande do Norte, através da Secretaria Estadual de Saúde, para prestação de serviços de neurocirurgia.

As investigações apontaram que a Clineuro, por meio de seu diretor, Kurt Clésio Morais Figueiredo Mendonza, vinha, ao longo dos últimos anos, adotando práticas para monopolizar o mercado local de neurocirurgia, impondo condições excessivamente onerosas ao Estado do Rio Grande do Norte.

“Uma atuação do Ministério Público e da Polícia Civil para coibir essas práticas nocivas para a sociedade, que atentam contra os princípios da administração pública e da ordem econômica”, destacou o Procurador-Geral de Justiça Rinaldo Reis Lima na abertura de coletiva à imprensa.

A Promotora de Justiça Keiviany Silva de Sena, com atribuições na defesa do patrimônio público, informou que as investigações no âmbito do Ministério Público Estadual iniciaram desde 2009 e também foram realizadas na Polícia Civil e pelo corpo técnico do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que constatou que o contrato da Clineuro com o Estado era lesivo e danoso ao poder público. “Tudo convergiu para que nos convencesse de que era a hora de dar um basta nessa postura do profissional e da empresa”, declarou.

Durante entrevista coletiva, com a participação também dos Promotores de Justiça Flávio de Souza Pontes Filho, Iara Pinheiro, Kalina Correia Filgueira e Marcelo Meireles, além do Delegado de Polícia Civil Fábio Montanha, ficou claro que a Clineuro devido a especialidade foi se apoderando do segmento em relação com o poder público e até intimidando profissionais da área no sentido de restringir a oferta do serviço ao Estado. “Estranhamente o Estado tentou até fazer concurso e mesmo no mercado aberto e livre ninguém se candidatava”, relatou a Coordenadora das Promotorias de Justiça do Patrimônio Público de Natal, Keiviany Silva de Sena.

No âmbito cível, também existe uma ação ajuizada pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE) contra a Clineuro, que recentemente apresentou proposta de contrato com o valor de R$ 3.800,00 por um plantão de 12 horas a ser prestado ao Estado do Rio Grande do Norte, no regime de sobreaviso do profissional. O contrato que foi renovado e, por força judicial, deverá ser cumprido até o final do ano para evitar descontinuidade do serviço paga R$ 2.600,00 por plantão quando para qualquer outro profissional médico gira em torno de R$ 2.200,00.

“O valor é absurdamente maior do que qualquer outro profissional do Estado e de outros estados também. Precisávamos esclarecer a sociedade essa abusividade, que chegou a insustentabilidade. Chegamos ao ponto que ela ditava o preço e como iria cumprir”, ressaltou a Promotora de Justiça Iara Pinheiro, Coordenadora do Centro de Apoio

Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa da Saúde Pública (Caop Saúde), do MPRN.
A Promotora de Justiça da Saúde, Kalina Filgueira, tranquilizou a classe médica de que não deve existir qualquer mácula para a categoria. Ela confia e conclama os profissionais para continuar com o serviço de neurocirurgia.

A Promotora de Justiça Iara Pinheiro lembra que o Hospital Walfredo Gurgel, principal porta de entrada de urgência e emergência do Estado, se ressentiu muitas vezes de um profissional essencial e que tinha regime de sobreaviso na unidade. “Esse contrato estava sangrando o Estado”, alertou. A representante do MPRN informou que nesta quinta-feira já tem neurocirurgião de plantão no maior hospital do Estado. “Isso é emblemático para gente e temos neurocirurgião hoje no Walfredo”, disse.

O delegado Fábio Montanha informou que os trabalhos da investigação prosseguem uma vez que, com o cumprimento dos mandados, documentos foram apreendidos na empresa e serão analisados. Durante a coletiva, ele ressaltou o trabalho desenvolvido entre o MPRN e a Polícia Civil na Operação Hipócrates.

Operação Hipócrates – Durante a operação foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo da 7ª Vara Criminal da Comarca de Natal, que também aplicou várias medidas cautelares diversas da prisão a Kurt Clésio e à empresa Clineuro.

Com relação ao investigado, foram determinadas as seguintes medidas cautelares: proibição de se ausentar da comarca; proibição de manter qualquer tipo de contato, seja verbal, telefônico, telemático ou mesmo por escrito ou ainda por terceiros, com qualquer médico neurocirurgião que não pertença aos quadros da Clineuro; regime rigoroso de recolhimento domiciliar, no período das 20h às 6h, todos os dias da semana até ulterior deliberação judicial; afastamento de qualquer função pública que exerça, e proibição de exercer novas funções, especialmente as desempenhadas como médico, inclusive como médico plantonista, junto a qualquer hospital, clínica, pronto-socorro ou outra unidade de saúde qualquer sob administração da Secretaria de Estado da Saúde Pública; e estipulação de fiança no valor de R$ 100 mil.

Já com relação à Clineuro, foi determinado, até nova ordem judicial, que esta fica proibida de firmar qualquer novo contrato com o Estado do Rio Grande do Norte, ou mesmo qualquer instrumento que vise à prorrogação dos contratos atualmente em curso, ficando ressalvados apenas os contratos que atualmente se acham em curso, que devem ser cumpridos com o máximo de zelo e absoluto rigor pela empresa até seu termo final.

Confira aqui a decisão do juiz acerca da operação Hipócrates.

Geral

Empresa que presta serviços de neurocirurgia no RN é investigada na Operação Hipócrates

O Ministério Público do Rio Grande do Norte e a Polícia Civil deflagraram, na manhã desta quinta-feira (14), a “Operação Hipócrates”,com o objetivo de desbaratar a prática de crimes contra a administração pública e contra a ordem econômica, em decorrência da fixação abusiva de preços e do controle regionalizado do mercado de médicos por meio da Clineuro, empresa contratada pelo Estado do Rio Grande do Norte, através da Secretaria Estadual de Saúde, para prestar serviços de neurocirurgia.

Investigações apontaram que a Clineuro, por meio de seu diretor, Kurt Clésio Morais Figueiredo Mendonza, vinha, ao longo dos útlimos anos, adotando práticas para monopolizar o mercado local de neurocirurgia, impondo condições excessivamente onerosas ao Estado do Rio Grande do Norte.

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo da 7ª Vara Criminal da Comarca de Natal, que também aplicou várias medidas cautelares diversas da prisão a Kurt Clésio e à empresa Clineuro.

Com relação ao investigado, foram determinadas as seguintes medidas cautelares: proibição de se ausentar da comarca; proibição de manter qualquer tipo de contato, seja verbal, telefônico, telemático ou mesmo por escrito ou ainda por terceiros, com qualquer médico neurocirurgião que não pertença aos quadros da Clineuro; regime rigoroso de recolhimento domiciliar, no período das 20h às 6h, todos os dias da semana até ulterior deliberação judicial; afastamento de qualquer função pública que exerça, e proibição de exercer novas funções, especialmente as desempenhadas como médico, inclusive como médico plantonista, junto a qualquer hospital, clínica, pronto-socorro ou outra unidade de saúde qualquer sob administração da Secretaria de Estado da Saúde Pública; e estipulação de fiança no valor de R$ 100 mil.

Já com relação à Clineuro, foi determinado, até nova ordem judicial, que esta fica proibida de firmar qualquer novo contrato com o Estado do Rio Grande do Norte, ou mesmo qualquer instrumento que vise à prorrogação dos contratos atualmente em curso, ficando ressalvados apenas os contratos que atualmente se acham em curso, que devem ser cumpridos com o máximo de zelo e absoluto rigor pela empresa até seu termo final.

Geral

Falta sabão, gazes, pomadas, ataduras e luvas no Hospital Walfredo Gurgel

O Bom Dia RN desta quinta-feira (14), noticiou que materiais básicos e medicamentos estão em falta no maior hospital público do Rio Grande do Norte. Para amenizar o problema, pacientes do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal, precisam tirar do próprio bolso produtos essenciais, como gazes, pomadas, ataduras, sabão e luvas.

A assessoria de comunicação do hospital disse que a Secretaria Estadual de Saúde disponibilizou R$ 2,6 milhões para o processo de compras emergenciais de medicamentos, insumos e soluções na última terça-feira (12). Na quarta-feira (13), “outros R$ 2 milhões foram repassados para a renovação dos contratos e manutenção do hospital”, acrescentou.

Segundo o portal G1RN, na entrada do hospital, há um cartaz colado na parede que indica o desabastecimento atual. O pai de João Vitor da Silva está se tratando de problemas no coração. Ele também compra o que pode, mas alguns produtos são vendidos exclusivamente para empresas e hospitais. “Meu pai está na ventilação mecânica e está faltando o filtro. A fisioterapeuta me falou que esse filtro precisa ser trocado algumas vezes por dia. Então, meu pai está sem trocar porque está faltando esse filtro do ventilador”, disse João.

Os corredores estão cheios de pacientes. E quem não tem condições de comprar curativos, sofre nas macas. É o caso de Ronaldo, que quebrou a perna após ser atropelado. “Estou há seis dias sem trocar o curativo pois está sem material”, lamentou.

O Walfredo Gurgel é o maior hospital do estado. Possui 284 leitos e atende, em média, 400 pessoas por dia.

Clique Aqui e assista a reportagem exibida pela InterTV Cabugi.

Geral

MP e Polícia Civil deflagram Operação Hipócrates

O Ministério Público Estsdual e a Polícia Civil, deflagraram na manhã desta quinta-feira (14) a Operação Hipócrates, com de desbaratar prática de crimes contra a administração pública e contra a ordem econômica.

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo da 7ª Vara Criminal da Comarca de Natal.

A Operação investiga fixação abusiva de preços e controle regionalizado do mercado de médicos por empresa contratada pela Sesap.

Geral

Robinson busca apoio da bancada federal, se reúne com Kassab e cobra recursos do Minha Casa Minha Vida

O governador Robinson Faria, voltou a se reunir com o presidente nacional do seu partido, Gilberto Kassab (PSD), Ministro das Cidades, nesta quarta-feira (13). 

Desta vez, Robinson estava acompanhado pelos senadores Fátima Bezerra e Garibaldi Filho, e os deputados federais Fábio Faria, Rafael Motta, Walter Alves e Antônio Jácome, além do estadual Gustavo Fernandes.

O pleito foi liberar recursos do programa Minha Casa Minha Vida, para evitar demissão em massa no setor de construção civil do Rio Grande do Norte. 

  

Geral

Em nota, Tribunal de Justiça convoca servidores em greve para retornarem ao trabalho

Nota do Tribunal de Justiça:

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte vem a público convocar os servidores ainda ausentes ao trabalho em decorrência da greve iniciada no dia 16 de março deste ano e considerada ilegal em decisões tomadas pelo TJRN e o Supremo Tribunal Federal.

Em nome dos interesses maiores da população, espera-se o bom senso dos funcionários e o retorno às suas atividades, numa demonstração de sensatez e respeito ao Judiciário e, em especial, à população do Rio Grande do Norte.

A continuidade da greve, mesmo que a maior parte do quadro funcional esteja comparecendo ao expediente, não faz sentido em decorrência das mencionadas decisões contrárias à legalidade do movimento.

Ao mesmo tempo em que confia na maturidade dos servidores e no fim da greve, o TJRN alerta para o cumprimento de medidas legais cabíveis, como o corte de ponto e, caso necessário, a abertura de processo administrativo de demissão por justa causa por abandono de emprego e desobediência a decisões judiciais.

Geral

Rinaldo Reis é nomeado para novo biênio na PGJ

O Diário Oficial do Estado, em sua edição desta terça-feira, dia12/05, trouxe publicada a nomeação do Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, para exercer o cargo por mais dois anos, compreendendo o período de 18 de junho de 2015 a 18 de junho de 2017.

O ato de nomeação foi assinado pelo Governador do Estado, Robinson Faria, e o Secretário Estadual de Justiça e Cidadania, Edilson França.

Rinaldo Reis foi eleito para recondução ao cargo em votação realizada no dia 17 de abril, como candidato único da Instituição para o cargo de PGJ para o biênio 2015/2017.

Geral

Secretaria Estadual de Saúde descarta surto de meningite no RN

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), esclarece a população sobre a situação epidemiológica das meningites no RN.

No período de janeiro a maio de 2015, foram confirmados 9 casos da doença meningocócica em todo o RN, sendo 3 três por meningite meningocócica (nos municípios de Natal, São José de Mipibu e Extremoz) e 6 por meningococemia (em Natal, Parnamirim, Monte Alegre, João Câmara, Lagoa D’Anta e Ielmo Marinho). Dos nove casos confirmados, quatro vieram a óbito (Extremoz, Parnamirim, João Câmara e Lagoa D’Anta). Até o momento não há correlação entre os casos.

A Sesap descarta a ocorrência de um surto de meningite no estado já que o surto é definido por um número de casos além do esperado para a população em um período específico. No mesmo período de 2014, foram confirmados oitos casos de doença meningocócica, sendo dois por meningite meningocócica e seis por meningococemia.

De acordo com a Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica (Suvige) da Sesap todas as medidas de controle estão sendo tomadas, que incluem assistência médica, hospitalização imediata, com ênfase no diagnóstico precoce e tratamento adequado, além do monitoramento dos casos, investigação e exames laboratoriais.

Geral

Agentes Penitenciários vão paralisar atividades e protestar na Governadoria

Após assembleia nesta segunda-feira (11), os agentes penitenciários do Rio Grande do Norte vão realizar uma parada de advertência no próximo dia 20 de Maio, e realizar um ato público em frente ao gabinete do governador Robinson Faria (PSD). 
A categoria alega que até o momento o Governo do Estado não fez nada de concreto para tirar o sistema prisional do caos em que se encontra. 

Será que o Governador vai descer a rampa e dialogar com os manifestantes? 

    

Geral

RN tem casos de meningite

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informa à população que está tomando as medidas necessárias para o monitoramento de todos os casos de meningite notificados no estado, como exames laboratoriais, investigação, e as medidas de controle da doença. Segundo dados da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Sesap, a doença meningocócica registrou, no estado do Rio Grande do Norte, no período de janeiro a maio, um total de 09 casos notificados.

 São 3 casos de Meningite meningocócica (Natal, São José de Mipibu e Extremoz) e 6 meningococemia (Natal, Parnamirim, Monte Alegre, João Câmara, Lagoa D’anta e Ielmo Marinho). Quanto a óbitos, foi registrado 01 de meningite meningocócica (Extremoz) e 03 por meningococemia (Parnamirim, João Câmara e Lagoa D’anta).


Geral

Ministro de Portos faz visita administrativa ao Terminal Marítimo de Passageiros de Natal e se reúne com diretoria da CODERN‏

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), recebeu a visita nesta segunda-feira (11), do Ministro de Portos, Edinho Araújo, que realizou uma visita técnica o Terminal Marítimo de Passageiros (TMP) e se reuniu com a Diretoria da Companhia.

O TMP foi uma obra do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Copa de 2014, para as cidades sede do mundial de futebol, que ocorreu no Brasil. Na obra, que já está sendo utilizada e deverá ser inaugurada oficialmente nos próximos meses, foram investidos R$ 74 milhões.

Com a Diretoria da CODERN, composta por Emerson Fernandes Daniel Júnior (Diretor-Presidente), Gustavo Henrique Teixeira de Faria (Diretor Administrativo e Financeiro) e Hanna Youseff Emile Safieh (Diretor Técnico-Comercial), o Ministro Edinho se comprometeu em buscar uma alternativa junto a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) para o funcionamento de serviços comerciais nos terminais de passageiros dos portos do Nordeste (Natal, Fortaleza, Recife e Salvador). Atualmente a ANTAQ só autoriza os serviços da Receita Federal, Vigilância Sanitária e da Polícia Federal.

“Nosso pleito imediato junto ao Ministro Edinho Araújo foi conseguirmos a licença junto à ANTAC para o nosso Terminal de Passageiros poder ter o seu espaço comercial utilizado, gerando emprego e renda para a cidade de Natal, e ainda proporcionando lucro a CODERN”, observou Emerson Fernandes.

O TMP já recebeu quatro mil passageiros de navios de pequeno e médio porte, e deverá aumentar o fluxo, após a reunião que ocorrerá nesta terça-feira (12), na sede da CODERN, com representantes da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (ABREMAR), da MSC Cruzeiros e dos Secretários de Turismo do Estado e do Município de Natal, além de membros do trade turístico e entidades vinculadas.

Durante a visita com o Ministro de Portos também foi tratado sobre a construção do Berço 04 e o sistema de proteção na Ponte Newton Navarro. A construção do Berço 04 alinhado ao Berço 03 permitirá que o Porto de Natal tenha um cais com 360m contínuo e alinhado, podendo receber embarcações modernas.

A visita do Ministro Edinho Araújo foi acompanhada pelo Ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, pelo senador Garibaldi Filho, além de técnicos do Ministério de Portos e da CODERN.

IMG_3857

IMG_3862

 IMG_3868

IMG_3873

Geral

Comissão divulga candidatos aptos, nos laudos médicos, para o exercício da Magistratura

A Comissão do Concurso Público de Provas e Títulos para ingresso na Magistratura do Estado do Rio Grande do Norte tornou pública a relação dos candidatos aptos, nos laudos médicos, para o exercício da Magistratura. A relação consta no Edital nº 33/2015, publicado na edição do Diário da Justiça Eletrônico do dia 8 de maio. Veja AQUI a lista.

Na mesma edição do DJe, a presidente da Comissão, juíza Sandra Elali, informou a exclusão do exame psicotécnico da terceira etapa do Concurso. A medida se deu em cumprimento à Súmula Vinculante 44, do Supremo Tribunal Federal (STF), aprovada na Sessão Plenária do último dia 8 de abril e publicada no DJE nº 72, de 17 de abril.

Geral

Robinson vai receber comissão que luta pela criação da Universidade Federal do Seridó

Está confirmada para esta segunda-feira (11), às 16 horas, na Governadoria, em Natal/RN, uma reunião da coordenação da campanha “O Seridó é Federal” com o Governador Robinson Faria. O chefe do executivo estadual conhecerá a proposta de criação da Universidade Federal do Seridó, defendida pela Diocese de Caicó com o apoio de várias instituições estaduais.

Os articuladores da campanha, Dom Jaime Vieira Rocha e Monsenhor Ausônio Tércio, estão mobilizando diversas autoridades para participarem do encontro na capital. “Esse é o retorno do movimento que defende a criação da nova instituição de ensino superior do Seridó. Paramos ano passado, devido à campanha eleitoral. Mas, agora, retomamos a missão de sensibilizar nossa classe política”, destaca Monsenhor Tércio.

Várias autoridades políticas também devem participar do encontro na Governadoria. Os convites estão sendo feitos pelo prefeito de Caicó, Roberto Germano, e pelos presidentes das Associações dos Municípios do Seridó, Elídio Queiroz e Isaías Cabral.

  

Geral

Governo do Estado cria 17 áreas de Segurança Pública integrada para atender Natal e Parnamirim

Em reunião durante a manhã e início da tarde deste sábado, 09, o governador Robinson Faria assinou portaria que cria 17 Áreas Integradas de Segurança Pública – AISP’s, em Natal e Parnamirim. 

As AISP’s definem as áreas geográficas onde as Polícias Militar e Civil passarão a atuar de forma conjunta.

As AISP’s são resultado de um estudo que compreende a área territorial, população, indicadores sociais e infraestrutura urbana. Inicialmente elas foram definidas em Natal, com 15 áreas, e em Parnamirim, duas áreas.

Foto: Rayane Mainara