Geral

Ministério da Saúde divulga diretrizes para tratamento de Coronavírus com uso de azitromicina, cloroquina e o sulfato de hidroxicloroquina

O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira (20) as orientações para ampliar o acesso de pacientes com COVID-19 ao tratamento medicamentoso precoce, ou seja, no primeiros dias de sintomas, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

O documento traz a classificação dos sinais e sintomas da doença, que pode variar de leve a grave; e a orientação para prescrição a pacientes adultos de dois medicamentos associados à azitromicina: a cloroquina e o sulfato de hidroxicloroquina.

A escolha do melhor tratamento para a doença pode variar de acordo com os sinais e sintomas e a fase em que o paciente se encontra.

Esses dois medicamentos já eram indicados para casos graves, hospitalizados.

O acesso desses medicamentos só é possível por meio de prescrição médica. Ou seja, é de competência do médico, em concordância declarada por escrito pelo paciente, o uso do tratamento medicamentoso. O ministério elaborou ainda um Termo de Ciência e Consentimento para uso de Hidroxicloroquina/Cloroquina.

Geral

Covid-19: MPF cobra transparência no uso de recursos federais no RN

O Ministério Público Federal (MPF) expediu recomendação ao governo estadual e prefeituras do Rio Grande do Norte, nesta terça-feira (19), com orientações sobre a prestação de contas de recursos federais destinados ao combate à covid-19. O objetivo é evitar possíveis desvios, superfaturamentos ou destinação irregular. A iniciativa é do Grupo de Trabalho estadual de acompanhamento das medidas governamentais e privadas relacionadas ao novo coronavírus (GT Covid-19), formado por procuradores da República no RN.

De acordo com a recomendação, além da obrigação de prestações de contas já existente, os gestores estaduais e municipais devem apresentar as contas de recursos, insumos e equipamentos originários do Fundo Nacional de Saúde e Casa Civil na plataforma Fiscaliza-RN, assim que sejam empregados no combate à pandemia. O portal foi desenvolvido por meio de parceria entre o MPF e o Lais – Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da UFRN e possibilita o acompanhamento da execução dos recursos por inteligência artificial. A ferramenta também conta com espaço destinado ao cidadão, para fiscalizar e fazer denúncias de eventuais irregularidades identificadas, para que as autoridades responsáveis adotem as medidas cabíveis.

O procurador da República Fernando Rocha destaca que a Fiscaliza-RN “atende às especificações legais e de eficiência do controle dos gastos públicos com o enfrentamento da Covid-19, e é fundamental para que esse órgão ministerial e a sociedade possam acompanhar a destinação desses recursos, insumos e equipamentos.”

O MPF também recomenda que todas as informações e destinações dos recursos públicos federais sejam disponibilizados nos respectivos portais da transparência do estado e municípios, nos termos da Lei de Acesso à Informação (art. 8°, § 2°1, da Lei Federal 12.527/2011). Os documentos físicos relacionados a esses gastos devem ser mantidos em arquivo pelo prazo de cinco anos.

Atuação – O Grupo de Trabalho Estadual de acompanhamento das medidas governamentais e privadas relacionadas ao novo coronavírus (GT Covid-19), instituído na Procuradoria da República no RN, é formado pelos procuradores da República Caroline Maciel, Victor Mariz, Cibele Benevides, Fernando Rocha, Márcio Albuquerque e Maria Clara Lucena. Desde o início da pandemia, o grupo trabalha com a realização de reuniões com os demais órgãos envolvidos, expedição de recomendações, celebração de Termos de Ajustamento de Conduta, instauração de inquéritos e ajuizamento de ações.

Geral

Ex-governador da Paraíba morre por Coronavírus

Do site Metrópoles

O ex-governador da Paraíba Wilson Leite Braga, 88 anos,morreu nesse domingo (18/05), em João Pessoa. O político testou positivo para o novo coronavírus no dia 12 de maio. A informação foi confirmada pelo neto do político, Thiago Braga.

Wilson estava internado desde o início de maio, em estado grave, em um hospital particular da capital paraibana, onde também morreu a esposa dele, a ex-deputada federal Lúcia Braga.

Geral

Comércio no Distrito Federal retoma atividades amanhã

Da Agência Brasil

O comércio no Distrito Federal retomará, gradualmente, as atividades a partir desta segunda-feira (18). A medida foi autorizada por meio de decreto do governo local em edição extra do Diário Oficial neste sábado (16).

Ficam permitidas a abertura de lojas de calçados e de roupas, serviços de corte e costura e lojas de extintores. O funcionamento dos estabelecimentos será permitido no período das 11h às 19h. O decreto também autoriza as operações de entrega em domicílio, pronta-entrega em veículos e retirada do produto no local, sendo proibido o uso de mesas e cadeiras aos consumidores. Neste caso, não se aplica a restrição do horário.

Os comerciantes devem cumprir as medidas de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias, como garantir a distância mínima de dois metros entre as pessoas; fornecer equipamentos de proteção individuais a todos os empregados, colaboradores, terceirizados e prestadores de serviço; organizar uma escala de revezamento de dia ou horário de trabalho.

O decreto, contudo, proíbe a participação nas equipes de trabalho de pessoas consideradas do grupo de risco, como idosos, gestantes e pessoas com comorbidades. Os estabelecimentos comerciais devem ter álcool gel 70% para todos os clientes e frequentadores e manter os banheiros higienizados e com materiais de limpeza e higiene tanto para empregados, colaboradores, terceirizados, prestadores de serviço e consumidores.

Outra exigência do governo é que seja aferida a temperatura dos consumidores; empregados, colaboradores, terceirizados e prestadores de serviço, devendo ser os dados registrados em planilha. Caso seja constatada febre, deverá ser impedida a entrada no estabelecimento, orientando a procurar o sistema de saúde.

É obrigatória a utilização de máscaras de proteção facial, conforme orientações da Secretaria de Saúde, em todos os espaços públicos, vias públicas, equipamentos de transporte público coletivo e estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços.

Geral

RN ultrapassa 3 mil casos de Coronavírus

O Rio Grande do Norte possui 3.004 confirmados de Coronavírus, 9852 suspeitos, 7408 descartados, 136 óbitos e 872 recuperados.⁣

O boletim de atualização dos casos foi divulgado há pouco.

Geral

Biofarmacêutica americana diz ter descoberto anticorpo contra o Coronavírus

Do Valor Econômico

A biofarmacêutica americana Sorrento Therapeutics anunciou nesta sexta-feira que descobriu um anticorpo que pode proteger as pessoas do novo coronavírus, que causa a covid-19.

Em comunicado, a empresa divulgou que o anticorpo, chamado STI-1499, foi capaz de evitar completamente que o vírus infecte as células em estudos pré-clínicos realizados in vitro, tendo efeitos em quatro dias. Os resultados serão submetidos a revisão de pares.

A empresa, com sede em San Diego, Califórnia, informou que o anticorpo será o primeiro a ser utilizado em um coquetel que está desenvolvendo para combater a covid-19 e que poderá desenvolver tratamento utilizando apenas o STI-1499. “Queremos enfatizar que existe uma cura [para o covid-19]. Existe uma solução que funciona 100%”, disse o fundador e diretor-presidente da Sorrento Therapeutics, Henry Ji, em entrevista ao canal americano “Fox News”. “Se tivermos o anticorpo neutralizador em nossos corpos, não será previsto distanciamento social. Você pode reabrir a sociedade sem medo.”

Geral

Coronavírus: País registra 11.385 novos casos e 749 mortes em 24 horas

O Brasil registrou até às 19h desta quarta-feira (13) o total de 188.974 casos de coronavírus e confirmou a recuperação de 78.424 (41,5% do total) pacientes. As informações foram atualizadas e repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde de todo o Brasil.

Até o momento, são 13.149 mortes provocadas pela doença, que mantém a taxa de letalidade de 7%, considerando o total de casos confirmados. Nas últimas 24 horas, o país registrou 11.385 novos casos e 749 novas mortes.

Geral

Em 24 horas, Brasil tem 9.258 novos casos de Coronavírus e 881 novos óbitos

O Ministério da Saúde registrou até as 19h desta terça-feira (12) o total de 177.589 casos de coronavírus em todo o Brasil, sendo que 40% das pessoas (72.597) estão recuperadas após contraírem a doença. As informações foram atualizadas e repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde. Outros 95.593 casos (52,1%) estão em acompanhamento.

Até o momento, são 12.400 mortes provocadas pela doença, que tem taxa de letalidade de 7%, considerando o total de casos confirmados. Nas últimas 24 horas, foram 9.258 novos casos registrados, além de 881 novos óbitos.

Geral

Pesquisadores da UFPB desenvolvem teste de Covid-19 mais rápido e barato

Projeto de pesquisa intitulado “Desenvolvimento de testes point of care eletroquímicos para diagnóstico de Covid-19”, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), testará pacientes com suspeita de Covid-19 por meio de sensores eletroquímicos, que permitem diagnósticos rapidamente e com custo cerca de cinco vez mais baixo do que os testes de referência utilizados atualmente.

De acordo com o coordenador do projeto, professor Sherlan Lemos, as atividades ainda estão em planejamento e a proposta surgiu a partir de métodos utilizados para diagnosticar câncer de tireoide.

“A metodologia que empregamos é baseada em procedimentos que já vêm sendo testados para diagnósticos rápidos em outros países. É bastante flexível, pois pode ser adaptada ao diagnóstico de outras doenças como a Covid-19”, explica o pesquisador.

Segundo Lemos, a diferença da proposta da UFPB é o emprego de uma “instrumentação muito mais barata e portátil – um sensor eletroquímico”. Para o professor, “uma vez validada, a proposta permitirá o diagnóstico a um preço muito mais baixo e com resultado em poucos minutos”.

Geral

Coronavírus: 168.331 casos no Brasil, 11.519 mortes e 67.384 recuperados

O Ministério da Saúde registrou, até às 19h desta segunda-feira (11), 168.331 casos de COVID-19 em todo o país. Cabe destacar que há 67.384 brasileiros recuperados (40%) após contraírem a doença e outras 89.429 seguem sendo acompanhadas (53,1%). As informações são repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde de todo o país.

Foram registradas 11.519 mortes provocadas pela doença, com taxa de letalidade de 6,8% considerando o total de casos confirmados, sendo 396 registros de óbitos de ontem para hoje.

Geral

Ministério da Saúde atualiza dados do Coronavírus do Brasil: 155.939 casos confirmados e 10.627 mortes

O Ministério da Saúde registrou, até as 19h deste sábado (9), 155.939 casos de coronavírus em todo o Brasil e 10.627 mortes provocadas pela doença. As informações foram atualizadas e repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde de todo o país. Do total de casos confirmados, 61.685 são considerados recuperados (39,6%) e outros 83.627 estão em acompanhamento (53,6%).

Nas últimas 24 horas, foram registrados 10.611 casos nos sistemas oficiais do Governo Federal, além de 730 novos óbitos, dos quais 234 ocorreram nos últimos três dias.

Geral

Inscrições para o Enem 2020 começam na próxima segunda-feira

Da Agência Brasil

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 começam na próxima segunda-feira (11) e vão até o dia 22 de maio. Elas poderão ser feitas por meio da página do Enem na internet.

Enem digital

A partir deste ano o Enem terá duas modalidades de provas, as impressas, com aplicação prevista para os dias 1º e 8 de novembro, e as digitais, para os dias 22 e 29 de novembro. O participante que optar por fazer o Enem impresso não poderá se inscrever na edição digital e, após concluir o processo, não poderá alterar sua opção.

A estrutura dos dois exames será a mesma. Serão aplicadas quatro provas objetivas, constituídas por 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa. Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira – inglês ou espanhol.

Neste ano, será obrigatória a inclusão de uma foto atual do participante no sistema de inscrição, que deverá ser utilizada para procedimento de identificação no momento da prova. O valor da taxa de inscrição é de R$ 85 e deverá ser pago até 28 de maio.

Isenção de taxa

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), todos os participantes que se enquadrarem nos perfis especificados nos editais, mesmo sem o pedido formal, terão isenção da taxa. A regra vale tanto para os participantes que optarem pelo Enem impresso quanto para os que escolherem o Enem digital e se aplica, inclusive, aos isentos em 2019 que faltaram aos dois dias de prova e não tenham justificado ausência.

Portanto, no ato da inscrição para o Enem 2020, terão isenção de taxa os candidatos que estejam cursando a última série do ensino médio este ano, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica; tenham feito todo o ensino médio em escolas da rede pública ou como bolsistas integrais na rede privada e tenham renda per capita familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio; ou declarem estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por serem membros de família de baixa renda e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que requer renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Acessibilidade

A Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep visa dar atendimento especializado aos participantes que necessitarem. Para facilitar a compreensão no momento da inscrição, os atendimentos específicos (gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar) foram incluídos na denominação “especializado”. As solicitações para esses atendimentos também deverão ser feitas entre 11 e 22 de maio. Os resultados serão divulgados em 29 de maio. Para os pedidos que forem negados, está prevista uma fase para apresentação de recursos. O resultado final estará disponível no dia 10 de junho.

Os pedidos de tratamento por nome social serão feitos entre 25 e 29 de maio, com previsão de divulgação dos resultados em 5 de junho. O período para apresentação de recursos será entre 8 e 12 de junho e a disponibilização dos resultados finais em 18 de junho.

Geral

Pandemia: MPF orienta prefeituras do RN quanto à distribuição de alimentos destinados à merenda

O Ministério Público Federal (MPF) emitiu uma recomendação a nove prefeituras pertencentes ou próximas ao Vale do Açu para que esses municípios distribuam – às famílias dos estudantes da rede municipal – os alimentos que seriam utilizados na merenda escolar. Adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), esses produtos devem ser entregues aos pais ou responsáveis dos alunos, enquanto as escolas estiverem fechadas em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

A recomendação do MPF, de autoria do procurador da República Victor Queiroga, foi enviada aos municípios de Afonso Bezerra, Campo Grande, Carnaubais, Guamaré, Itajá, Paraú, Pendências, Triunfo Potiguar e Angicos. O objetivo da distribuição é minimizar, sobretudo, o problema dos estudantes cuja merenda é parte fundamental de sua alimentação diária e que, devido à suspensão das aulas, terminariam por aumentar os gastos de seus pais ou responsáveis com a compra de comida para casa.

Cuidados – A entrega, no entanto, deve ser acompanhada de vários alertas, como o de que esses produtos não podem ser comercializados ou usados para fins indevidos. O planejamento da distribuição precisa evitar a aglomeração de pessoas no recebimento dos produtos e incluir medidas de higiene que reduzam o risco de propagação do vírus, como o uso de máscaras e a higienização prévia dos alimentos.

O MPF também requer o devido controle dessa distribuição, incluindo o registro de dados sobre o número de alunos beneficiados por família, o tipo e a quantidade de alimentos entregue, as datas e o local das entregas, além da identificação do responsável pelo recebimento. Os pais ou responsáveis precisam ser orientados, ainda, quanto às medidas de prevenção da covid-19.

As prefeituras têm de destinar um mínimo de 30% dos recursos à compra de alimentos provenientes da agricultura familiar e encaminhar aos conselhos de Alimentação Escolar (CAEs) toda informação sobre a distribuição.

Acompanhamento – A recomendação é parte de um procedimento que tramita no MPF e cujo objetivo é acompanhar a destinação desses gêneros alimentícios. Dos 20 municípios sob a abrangência da Procuradoria da República no Município de Assu, os outros 11 já haviam explicado satisfatoriamente as medidas adotadas para essa distribuição.

Dos nove restantes, oito não se manifestaram e a Prefeitura de Angicos alegou que não pretendia promover a distribuição por entender que o recurso não é suficiente para “adquirir uma cesta básica que supra a necessidade de um aluno em ambiente domiciliar pelo prazo de 30 dias”. Os gestores terão dez dias para informar as providências adotadas.

Geral

Coronavírus no Brasil: Em 24 horas, 6.935 casos novos e 600 novos óbitos

O Ministério da Saúde registrou 114.715 casos de coronavírus e 7.921 mortes provocadas pela doença no Brasil até as 20h desta terça-feira (5), segundo informações foram atualizadas e repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde todo o país. São consideradas recuperadas após contraírem a doença 48.221 pessoas, o que representa 42% do total de casos confirmados. Atualmente, estão em acompanhamento outras 58.573 pessoas (51,1%) e 1.579 óbitos permanecem em investigação.

Nas últimas 24 horas foram 6.935 casos novos e 600 novos óbitos, sendo que a maior parte é referente a outros períodos, mas foi inscrita de ontem para hoje.

– 114.715 pacientes diagnosticados com COVID-19

– 7.921 óbitos

– 58.573 em acompanhamento

– 48.221 recuperados

Geral

Ministério da Saúde atualiza casos de Coronavírus no Brasil

O Ministério da Saúde registrou 105.222 casos de coronavírus e 7.288 mortes provocadas pela doença no Brasil até as 16h30 desta segunda-feira (4). As informações foram atualizadas e repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde todo o país.

– 105.222 pacientes diagnosticados com COVID-19

– 7.228 óbitos

– 52.119 em acompanhamento

– 45.815 recuperados

Geral

Empresa de limpeza urbana realiza desinfecção de ambientes contra a Covid 19 no RN

A MB Limpeza Urbana, empresa potiguar responsável pela coleta de lixo em vários municípios do Brasil, tem implementado nas últimas semanas o serviço de desinfecção e higienização de ambientes onde há grande circulação de pessoas, como forma de combate ao Coronavirus.

“Calçadas, pontos de ônibus e paredes são higienizadas com uma solução de hipoclorito e água, e ambientes internos, como hospitais, são desinfectados com uma substância chamada NIPPO BAC PLUS”, explicou o diretor da MB Limpeza Urbana, Bruno Victor. “Já usávamos essas substâncias nos carros coletores de lixo e equipamentos de uso coletivo, visando a proteção da nossa equipe de garis. Com o Coronavirus, veio a necessidade de implantar a medida também nos ambientes públicos”, continuou.

A higienização por meio de pulverização é indispensável no combate ao vírus, e tem sido utilizada nos grandes epicentros da pandemia, como China e países da Europa. O tempo de permanência do Sars-CoV-2 no ar e em superfícies foi analisado por diversos cientistas e os resultados são alarmantes: as partículas do vírus podem ficar no ar por tempo indeterminado, segundo estudo publicado na revista científica Nature, e sobreviver por até três dias em superfícies de plástico ou aço, de acordo com pesquisa divulgada na New England Journal of Medicine. Tudo isso aumenta as possibilidades de contágio mesmo por pessoas que não tiveram contato direto com doentes.

Para mais informações sobre o serviço de higienização da MB Limpeza Urbana, basta enviar uma solicitação por meio do e-mail: atendimento@mblimpeza.com.br

Corona

Geral

Empresas lançam serviços para combater o novo coronavírus

Empresas de todos os setores estão em busca de alternativas para aumentar a segurança aos funcionários e clientes e retomar as atividades em meio à pandemia do novo coronavirus. Uma das possibilidades que surge é a desinfecção dos locais com frequência, o que pode ser útil tanto para um estabelecimento comercial quanto para indústrias.

A preocupação com as alternativas é válida: são mais de 1.000 casos confirmados no estado do Rio Grande do Norte e Natal concentra o maior número de óbitos. Neste cenário, a desinfecção de superfícies se mostra eficiente, pois a Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que o vírus pode permanecer até 72h em aço inoxidável e plástico e até 4h em cobre.

Segundo a Astral – Saúde Ambiental, especializada em controle de pragas e dedetização em Natal, uma das empresas que está realizando o serviço em Natal e Mossoró no RN, é importante que o protocolo atenda as recomendações da OMS com relação aos produtos de desinfecção aplicados por UBV ou Pulverizador: quaternário de amônia, hipoclorito de sódio 0,21%, Peróxido de Hidrogênio e álcool a 70%. Destaca-se também que uma superfície lisa e reta exige menos trabalho do que outra em formato diferente, por isso os produtos devem ser espalhados para aumentar a eficácia.

Um dos pontos colocados em questão sobre o serviço é com relação ao odor causado pela desinfecção devido ao uso do quaternário de amônio e o hipoclorito de sódio. Como isso não pode ser evitado, as medidas adotadas são para diminuir o incômodo. O ideal é que a desinfecção seja realizada sem a presença de crianças, idosos ou pessoas com mobilidade reduzida por algumas horas no local. Melhorar a ventilação do espaço também auxilia para o odor se dissipar mais rapidamente.

Outros protocolos de prevenção ao COVID-19 também devem ser seguidos para a empresa que contratar o serviço de desinfecção de superfícies. Portanto, a equipe responsável deve utilizar álcool em gel 70% antes e depois de entrar nas dependências do cliente, evitar o contato físico e utilizar protetor respiratório quando necessário. 

Com isso, a pandemia está forçando também as empresas a reestruturarem os seus serviços. No caso da Astral, ela atua há mais de 30 anos no controle de pragas e vetores urbanos, sendo líder na América Latina. Com a disseminação do COVID-19, a empresa passou a disponibilizar a desinfecção focada no vírus, que apresenta alto poder de contágio conforme as pesquisas apontam. Essa, portanto, seria uma alternativa que poderia auxiliar os empresários na retomada aos negócios com segurança.