Natal

Álvaro Dias assina cessão de terreno para hospital da mulher na Zona Norte de Natal

A Zona Norte de Natal ganhará em breve o Hospital da Mulher com capacidade para 200 leitos e que vai ofertar todos os serviços ligados a saúde feminina. A sessão do terreno foi feita pela Prefeitura de Natal. A solenidade que oficializou o repasse do terreno do poder executivo municipal para Universidade Federal do Rio Grande do Norte aconteceu na manhã desta sexta-feira (12), no salão nobre do Palácio Felipe Camarão.

Na oportunidade, o prefeito de Natal, Álvaro Dias, e a reitora da UFRN, Ângela Paiva, fizeram a assinatura do documento. O evento também contou com a presença do médico, professor e ex-presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), Kleber Morais.

A Universidade Federal possui um orçamento inicial de R$ 10 milhões para iniciar as obras com os investimentos, podendo chegar até a R$ 120 milhões. A previsão é que a construção dure três anos.

Para o prefeito Álvaro Dias a sessão do terreno representou um momento significativo, já que como médico ele tem uma sensibilidade maior a causa da saúde e sabe da importância que o hospital terá para as mulheres: “Estou realizado como gestor e médico. Esse é um momento bastante significativo. O Hospital da Mulher chega para preencher uma lacuna na nossa zona norte e vai oferecer o melhor para suas pacientes quando tiver em pleno funcionamento. Estou muito feliz e quero destacar aqui o papel de todos os envolvidos nesse processo. A união da UFRN que apresentou o projeto com o poder executivo municipal que providenciou o terreno e com a Câmara Municipal que aprovou a doação foi salutar para a obtenção desse grande benefício para Natal”, destacou.

A reitora da UFRN, Ângela Paiva, agradeceu a sensibilidade do poder executivo municipal e garantiu que agora vai agilizar os processos para que as obras tenham início rapidamente.

PHOTO-2019-04-12-12-28-21

Natal

Porto de Natal é o primeiro do Brasil a receber a Fragata “Liberal” após missão no Líbano

A Fragata “Liberal” da Marinha do Brasil atracou no Porto de Natal, nesta quinta-feira (11), após permanecer seis meses em missão pela Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL), onde conduziu operações de interdição marítima a fim de prevenir a entrada de armas não autorizadas no território, bem como qualquer material correlato, além de contribuir para o adestramento da Marinha Libanesa. A capital potiguar foi a primeira parada no Brasil.

Fragata

O Diretor-Presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), Almirante Elis Treidler Öberg, acompanhou a chegada do navio ao som da Banda do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal dando as boas-vindas. Após atracação, o Almirante foi recepcionado pelo Comandante, Capitão de Fragata Cláudio Henrique Teixeira Correia.

Presidente na Fragata

Alguns familiares aguardavam o desembarque dos militares que estavam a bordo, entre eles Natália Luna, namorada do Cabo Elielson Glaudeno. “Hoje fazemos dois anos e quatro meses de namoro. Fazia 14 meses que não nos víamos. A saudade é tanta que estou com ansiedade. Apesar de todas as batalhas, o amor sempre prevalece”.

A missão no Líbano ocorreu de 15 de setembro de 2018 a 15 de março de 2019, quando a Fragata “Liberal” foi substituída pela Fragata “União”, também da Marinha do Brasil. Após desatracar do Porto de Beirute, no Líbano, no dia 16 de março, a “Liberal” passou pelos portos de Valência (Espanha), Las Palmas (Espanha), chegando a Natal.

Familiares

Natal

Álvaro Dias procura bancada federal para tratar sobre emenda da Redinha

O prefeito Álvaro Dias cumpriu agenda nesta terça-feira (9), em Brasília, onde passou o dia se reunindo individualmente com parlamentares da bancada federal do Rio Grande do Norte. As conversas tiveram o objetivo de elevar o valor da emenda impositiva acertada para o projeto do Terminal Turístico da Redinha.

Após o governo federal estabelecer o contingenciamento sobre o Orçamento Geral da União (OGU), as emendas parlamentares sofreram um corte médio de 20% em suas propostas originais. No caso da emenda para o Terminal da Redinha, a única aprovada para Natal, a bancada potiguar reduziu o valor de R$ 24,5 milhões para R$ 8,5 milhões. O prefeito Álvaro Dias defende que o corte aplicado à emenda para Natal siga a mesma proporção dos que atingiram as outras emendas, na ordem de 20%. O que preservaria para a construção do Terminal Turístico da Redinha aproximadamente R$ 20 milhões.

“Esta seria a solução mais justa para não penalizar Natal e a Redinha, que precisa tanto desse projeto para impulsionar o seu Turismo e ter uma nova possibilidade de desenvolvimento”, explicou o prefeito, que se mostrou otimista num bom resultado das conversas que teve em Brasília. “Estou confiante na sensibilidade dos nossos parlamentares para rever a decisão e atender a um projeto que será transformador para a Redinha e muito relevante para o Turismo, gerando emprego e renda para os natalenses”.

Dos 11 parlamentares que formam a bancada federal do Rio Grande do Norte, o prefeito Álvaro Dias conseguiu se reunir com nove: os deputados federais Benes Leocádio (PRB), Walter Alves (MDB), Fábio Faria (PSD), Natália Bonavides (PT), João Maia (PR), Beto Rosado (PP) e Rafael Motta (PSB) – este o coordenador da bancada -, além dos senadores Jean Paul Prates (PT) e Styvenson Valentim (Podemos). Embora não tenha sido possível ter audiências com a senadora Zenaide Maia (PROS) e com o deputado federal Eliezer Girão (PSL), por conta do acúmulo de compromissos, o prefeito vai buscar o apoio também deles para a sua proposta.

Natal

Servidores com dependentes deficientes poderão ter horário de trabalho diferenciado

Por proposição da vereadora Nina Souza (PDT), a Câmara Municipal de Natal realizará, amanhã (10), às 9h30, uma audiência pública, para debater a possibilidade de os servidores que possuem pessoas com deficiência como dependentes tenham um horário diferenciado de trabalho.

“As pessoas com deficiência muitas vezes dependem dos seus responsáveis para tudo. Então, mais que um direito. É uma questão de sensibilidade dar aos servidores municipais responsáveis por essas pessoas a possibilidade de ter um horário de expediente diferenciado”, defendeu Nina Souza.

Participarão da audiência representantes da Prefeitura do Natal, dos servidores municipais e de toda a sociedade civil organizada.

Natal

Fecomércio aponta que Carnaval de Natal cresceu e movimentou R$ 71 milhões

O Carnaval Multicultural de Natal foi aprovado pela população. Segundo a pesquisa realizada pela Fecomercio/RN – Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do RN, divulgada nesta segunda-feira (8), na sede da entidade, no bairro do Alecrim, 597.500 pessoas participaram da festa, fazendo circular cerca de R$ 71 milhões na economia natalense. O número de presentes durante o evento aumentou 4% em relação a 2018 e o os valores em circulação cresceram 16%. Em uma escala de 0 a 10, de acordo com os entrevistados, a festa recebeu uma nota 8,81. O resultado supera 2018, cuja nota foi 8,65%.

Foram 800 entrevistados no período de 15/2 a 5/3, ou seja, foram incluídos os eventos de pré-carnaval. Cerca de 80% dos foliões eram natalenses e 20% turistas. De acordo com a pesquisa, realizada pela Fecomercio, a cidade não foi avaliada com nenhuma nota inferior a 8,00 em itens como hospedagem, receptividade, qualidade das atrações, etc. A pesquisa aponta que 75,7% dos entrevistados pretendem participar de uma próxima edição da festa.

O prefeito Álvaro Dias, inclusive, utilizou os resultados da pesquisa para antecipar que novos investimentos na área de eventos serão feitos, como parte de uma estratégia para atração de turistas em períodos fora da alta estação. “O turismo de eventos é muito importante porque as pessoas vêm para um encontro profissional e acabam conhecendo as belezas naturais de Natal. Algumas retornam, trazem familiares. A economia de Natal depende muito do turismo. É a nossa essência e temos que investir nisso. Por isso vamos fazer um São João esse ano e potencializar o nosso Natal em Natal com ideias novas”, revelou Álvaro Dias.

Foto: Divulgação

Natal

Comissão de Justiça aprova ensino de libras nas escolas

Os vereadores da comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Câmara Municipal de Natal aprovaram na reunião desta segunda-feira (8) um projeto de Lei de autoria do vereador Robson Carvalho (PMB), que obriga a inserção do ensino de libras nas escolas de Natal como atividade extra-curricular. Além deste, outros seis projetos receberam pareceres favoráveis.

A relatora, vereadora Ana Paula (PSDC), apresentou um substitutivo para tornar o projeto do vereador Robson autorizativo. “Já que a competência para esse tipo de iniciativa não cabe à Câmara, apresentei substitutivo tornando-o autorizativo e, assim, retirar o vício de ilegalidade”, disse a parlamentar. “Não dá para ser autorizativo. Precisamos da obrigatoriedade. Precisamos capacitar os educadores para atender a esse público. É um projeto para ontem, elaborado a quatro mãos”, defendeu o autor do projeto.

A vereadora Nina Souza (PDT), apresentou, então, uma divergência, baseando-se num precedente do próprio Município. “Por aqui já passou um projeto do vereador Sueldo Medeiros inserindo a disciplina de robótica e o Município sancionou sem apresentar óbice. O estudo da libra é uma luta nossa da Comissão da Pessoa com Deficiência e se o Município abriu um precedente, esse outro também tem que passar”, destacou Nina Souza.

Foto: Marcelo Barroso

Natal

Prefeito, deputados, vereadores e populares participam de protesto na Redinha em defesa de emenda para Natal

O protesto ocorrido na tarde deste sábado (06), na Praia da Redinha, teve a presença da população que se somou ao prefeito Álvaro Dias, deputados Eudiane Macedo e Ubaldo Fernandes e os vereadores Raniere Barbosa, Felipe Alves, Preto Aquino, Robson Carvalho, Dinarte Torres, Kleber Fernandes e o representante de Luiz Almir, que ainda se recupera de um problema de saúde.

“Natal não pode ficar calada diante de uma flagrante discriminação com seus anseios e com seu povo. A cidade e a Zona Norte esperam pelo Terminal Turístico da Redinha, projeto que vai impulsionar e transformar a tradicional praia. População diz isso em praça pública, nesta tarde”, disse o prefeito.

“Se o corte nas emendas fosse linear para todos os projetos, restariam cerca de R$ 20 milhões para a Redinha. Seria aceitável. Deixar apenas R$ 8,5 milhões é injustificável. É um valor que não atende ao projeto transformador para a Zona Norte. Vestimos a camisa de Natal”, continuou o prefeito.

Entre os populares, faixas diziam: “Natal sim, voto sim. Natal não, voto não”.

Natal

Presidente da ABIH-RN defende que bancada mantenha emenda para Natal

O trade turístico entrou na briga em defesa da emenda que foi cortada pela bancada federal para a revitalização da Praia da Redinha.

José Odécio, presidente da Associação Brasileira da Indústria dos Hotéis (ABIH-RN), definiu como “um equívoco” da bancada “não enxergar no Turismo uma alternativa para gerar emprego e renda de forma mais rápida”. “Retirar os recursos da emenda para a Redinha prejudica o Estado e Município porque gerar emprego e renda é a forma de gerar recursos também para a manutenção das políticas públicas nas áreas de Educação, Saúde e Segurança”, acrescentou o dirigente empresarial ao Jornal Tribuna do Norte.

Para José Odécio, o projeto do Terminal Turístico apresentado pela Prefeitura de Natal ajudaria a impulsionar não apenas o lado econômico, mas também o social da área. “Natal precisa de novos projetos turísticos e o projto da Prefeitura de urbanizar a Redinha e seu mercado, com a tradição da ginga com tapioca, implica num produto turístico importante e também num atrativo para os moradores da cidade”, aponta o presidente da ABIH-RN, que disse ainda esperar que os deputados e senadores potiguares revejam o corte da emenda.

Natal

Fecomércio divulga na segunda (08) pesquisa sobre movimentação econômica do Carnaval de Natal

Os resultados da pesquisa contendo dados sobre a movimentação econômica durante a edição 2019 do Carnaval de Natal, sobre o perfil dos foliões e comerciantes, serão divulgados na próxima segunda-feira (08), em um café da manhã, às 8h30, na sede da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do RN (Fecomércio/RN), no Alecrim.

O estudo realizado pelo Instituto de Desenvolvimento e Pesquisa do Comércio (IPCD) será apresentado pelo presidente do Sistema Fecomércio, Marcelo Queiroz, com participação do prefeito de Natal, Álvaro Dias.

Fecomércio

Natal

Deputados e vereadores engrossam tom das críticas pela retirada de emenda para Natal

Aumenta o quórum de representantes políticos locais que criticam a bancada federal pela retirada da emenda que possibilitaria a Prefeitura de Natal revitalizar a Praia da Redinha.

Depois do vereador Luiz Almir, que iniciou pelo microfone da 96 FM, as críticas partiram dos deputados Eudiane Macedo e Ubaldo Fernandes. E também dos vereadores Nina Souza e Kleber Fernandes.

“Por que eles escolheram logo retirar a zona Norte sempre tão esquecida pelo poder público? Por que a Redinha não pode ter esse direito?”, questionou Eudiane ao blog de Thaisa Galvão, lembrando que a emenda de 24 milhões foi garantida pela bancada ao prefeito de Natal, Álvaro Dias.

“A bancada não foi correta com a capital. A Redinha amanheceu triste hoje. A população da Redinha está decepcionada com sua bancada que eliminou a emenda que eles mesmos haviam garantido”, disse Ubaldo.

Nina Souza fez um pronunciamento e foi direta: “É inaceitável o que fizeram com Natal e com a Redinha”.

“O povo natalense foi apunhalado pelas costas por nossa bancada federal. O que estes parlamentares mostraram foi uma imensa falta de compromisso e uma total irresponsabilidade com a nossa capital, que tem no turismo sua principal atividade econômica. Lamentavelmente com essa atitude de alguns deputados e senadores, Natal não terá a condição de implementar e efetivar a construção do novo Terminal Turístico da Redinha que, não tenho dúvidas teria condições de operar grandes e importantes transformações econômicas e sociais naquela parte da cidade”, desabafou Kleber.

Natal

Sem emenda, Natal perderá obras de revitalização da Redinha

A emenda impositiva que a bancada federal retirou em virtude do contingenciamento feito pelo Governo Federal vai afetar diretamente o turismo de Natal.

Mais ainda, vai impedir a revitalização da Praia da Redinha.

A emenda no valor de R$ 24 milhões, que estava incluída no Orçamento Geral da União 2019, seria para a construção de um Mercado Modelo, com deck e calçadão e revitalização do Clube da Redinha.

Natal

Vereadores e líderes comunitários farão movimento cobrando da bancada federal emenda para Natal

Um grupo de vereadores e lideranças comunitárias da Zona Norte de Natal vão iniciar um movimento para cobrar da bancada federal a reposição da emenda retirada ontem (03) que possibilitaria obras para a Praia da Redinha.

Em seu programa na 96 FM, manhã desta quinta-feira (04), o vereador Luiz Almir fez críticas a decisão da maioria da bancada federal cortar a emenda para Natal.

“Qual é o deputado ou senador que não tem voto em Natal? Isso é um absurdo. Tem que se dividir os recursos entre a capital e o interior”, disse Luiz Almir em seu programa.

“Isso é perversidade. Não é questão de ser contra o prefeito. É ser contra Natal, a capital do Rio Grande do Norte”, continuou Luiz Almir.

Natal

Prefeito Álvaro Dias anuncia investimentos em Segurança durante entrega de equipamentos

A Prefeitura de Natal elegeu a Segurança Pública como uma de suas prioridades. É o que reforçou o prefeito Álvaro Dias na tarde desta terça-feira, 02, durante a entrega de veículos, armamentos, coletes balísticos e munições para a Guarda Municipal do Natal (GMN), na frente do Palácio dos Esportes.

O chefe do executivo destacou a decisão de investir numa área que não tem obrigação constitucional pela necessidade urgente da população de ver o crime sendo combatido.

IMG_4157

E já anunciou: fará mais investimentos para a implementação de uma grande central de monitoramento de câmeras na cidade, além de adquirir mais viaturas e equipamentos nos próximos dias.

O investimento de agora foi de R$ 816 mil, sendo R$ 443 mil oriundos de recursos próprios da Prefeitura do Natal e R$ 373 mil provenientes de convênio firmado com o Ministério da Justiça (MJ), por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Foram adquiridas cinco novas viaturas operacionais modelo SUV Citroên Aiscross 1.6 (R$378.580,00); 100 coletes balísticos dissimulados (R$ 185.890,00); 25 mil munições (R$ 139.500,00); e 30 pistolas semiautomáticas da marca Taurus e calibre 380 (R$ 112.032,90).

Atualmente, a Guarda Municipal conta com cinco grupamentos de patrulhamento ostensivo, sendo a Ronda Ostensiva Municipal (Romu), o Grupamento de Ação Ambiental (Gaam), o Grupamento de Ação Patrimonial (Gapa), a Ronda de Proteção Escolar (Rope) e a Ronda Saúde (RondaS).

Estiveram presentes os vereadores Sueldo Medeiros (PHS), Aroldo Alves (PSDB), Klaus Araújo (SD), Dinarte Torres (PMB), Dagô (DEM), Kleber Fernandes (PDT), Chagas Catarino (PDT) e Preto Aquino (Patriota).

IMG_4181

Natal

Câmara endurece normas para a manutenção e conservação de obras de infraestrutura em Natal

As empresas que executarem obras públicas de infraestrutura no município de Natal deverão apresentar detalhadamente um plano de manutenção relativo a essas intervenções. No documento deverá conter informações sobre os tipos de materiais utilizados, tempo estimado para inspeções e fiscalizações, a estimativa de vida útil do equipamento e diversos outros dados que tragam mais transparência e resguardem a administração pública quanto a problemas que vierem a ocorrer. O projeto de lei de autoria do vereador Felipe Alves (MDB) foi aprovado na sessão ordinária desta terça-feira (01). A matéria foi subscrita pelos vereadores Ranieri Barbosa (Avante), Ary Gomes (PDT) e Eleika Bezerra (PSL).

O vereador destacou a importância da medida que visa trazer mais segurança à população, já que foca diretamente na manutenção e conservação das obras realizadas na cidade. Ele lembrou da atual situação da Ponte de Igapó que nunca recebeu os devidos cuidados e ao longo do tempo se deteriorou. Para Felipe, a regulamentação das normas relacionadas as ações de manutenção vão evitar que esse tipo de caso se repita.

Natal

Comissão na Câmara aprova utilização de energias renováveis em órgãos públicos

Um projeto de autoria do vereador Paulinho Freire (PSDB) foi aprovado na manhã desta segunda-feira (1º), na Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, prevendo que os prédios públicos do município utilizem fontes energéticas renováveis, como a fotovoltaica e a eólica. Além deste, foram aprovados outros nove projetos, zerando mais uma vez a pauta.

“O projeto aproveita o potencial eólico e solar de Natal para gerar energia limpa para os prédios do município. A Comissão teve uma reunião muito proveitosa com projetos para diversas áreas, como saúde, educação, transporte e defesa do consumidor”, explicou o presidente da comissão, vereador Ney Júnior (PSD) que relatou o projeto de Paulinho e outros dois.

Um destes, de autoria da vereadora Eleika Bezerra (PSL), obriga o Município a firmar a garantia de execução, em contratos públicos de obras e de serviços. O outro, de autoria do vereador Kleber Fernandes (PDT), denomina a lei que exige salva-vidas em estabelecimentos com piscinas. “A Lei já existe e ganha agora o nome de Ana Tereza Jácome Oliveira, cujos pais me procuraram para emprestar seu nome à lei, já que foi uma criança vítima da ausência de uma lei que garantisse a segurança nas piscinas”, disse o autor.

Também da vereadora Eleika foi aprovado o projeto que cria o programa de prevenção aos problemas auditivos. “É de grande relevância orientar para o fato de que o uso inadequado de equipamentos como fones de ouvido aumentam os riscos de problemas auditivos”, disse o relator Fúlvio (SD), que também deu parecer favorável ao projeto que libera as faixas exclusivas de ônibus para veículos funerários, de autoria do vereador Preto Aquino (Patriotas).

Os vereadores Sueldo Medeiros (PHS) e Preto Aquino também participaram da reunião e deram, respectivamente, pareceres favoráveis aos projetos, que proíbe o uso de canudos plásticos, de autoria do vereador bispo Francisco de Assis (PRB); que obriga estacionamentos a fixarem cartazes orientando sobre o risco de deixar crianças trancadas nos veículos, de autoria do vereador Felipe Alves (MDB); e que cria o Central de Atendimento da Cidadania Especial (Cace) no âmbito da Câmara Municipal do Natal, de autoria do vereador Raniere Barbosa.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Natal

Prefeitura do Natal entrega novas viaturas e equipamentos à Guarda Municipal

A Guarda Municipal do Natal (GMN) está recebendo um investimento importante no tocante a novos veículos, armamento, coletes balístico e munições.

Os equipamentos e as novas viaturas serão entregues pelo prefeito Álvaro Dias e pela titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Sheila Freitas, nesta terça-feira (02), às 16h, no Palácio dos Esportes.

O investimento total destinado ao aparelhamento da GMN é de R$ 816 mil, sendo R$ 443mil oriundos de recursos próprios da Prefeitura do Natal e R$ 373 mil provenientes de convênio firmado com o Ministério da Justiça (MJ) por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

A medida compreende a compra de cinco novas viaturas operacionais modelo SUV Citroên Aiscross 1.6
(R$378.580,00) que serão utilizadas no patrulhamento das ruas da capital; Aquisição de 100 coletes balísticos dissimulados (R$ 185.890,00) de qualidade superior aos já utilizados pela corporação, já que são mais leves, se adaptam melhor ao corpo do agente, e ainda mantém a mesma proteção dos antigos; 25 mil munições (R$ 139.500,00) para municiar o armamento letal utilizado pelos guardas municipais no serviço de patrulhamento desenvolvido nas ruas; e 30 pistolas semiautomáticas da marca Taurus e calibre 380 (R$ 112.032,90).

img_6590.jpg