Política

Robinson Faria: radical até na dor

O governador Robinson Faria esteve no velório do deputado estadual Agnelo Alves (PDT), de quem já foi aliado e atualmente era adversário. 

No velório, cumprimentou o prefeito de Natal, Carlos Eduardo, seu vizinho, filho de Agnelo. De quem também já foi aliado e atualmente é adversário. 

As pessoas perceberam e comentaram o fato do governador não ter cumprimentado o Ministro Henrique Alves e o senador Garibaldi Filho, sobrinhos de Agnelo, que estavam sentado ao lado de Carlos Eduardo. 

O governador é radical até na dor. 

Foto: Márlio Forte
 

Política

O adeus de Geraldo Melo a Agnelo Alves

Do ex-governador e ex-senador Geraldo Melo: 

ADEUS AGNELO – Ele partiu, abatido pela covardia e crueldade sem limites de um câncer implacável e de uma infecção respiratória, capítulo final de um problema pulmonar que o acompanhou praticamente a vida inteira.

Se, por aqui, como é natural, a sua morte espalhou tristeza, onde ele agora vai morar deve ser um dia de alegria para Seu Nezinho e Dona Liquinha, para Aluízio, Zé Gobat, Expedito e Maristela. E também Aristófanes. Vai ser uma festa por lá.
A vida nos colocou ao lado um do outro e, de vez em quando, frente a frente. Convivemos à nossa maneira. Desde o curso primário no Colégio Marista até a visita que lhe fiz recentemente em casa quando nos falamos pela última vez. Ele doente, eu sabendo que tinha de sair para não incomodar demais, mas querendo ficar mais tempo com ele. 
A essa amizade não faltaram aquele senso crítico de que ele nunca abriu mão, a mordacidade, a franqueza dura, alfinetadas (quase sempre) bem-humoradas, críticas severas de um ao outro. Nada disso comprometeu a continuidade da estima pessoal muito forte, nem o respeito, nem a admiração.
Lembranças estão hoje se acotovelando na minha memória – passam por um almoço em seu apartamento no Rio de Janeiro (era no Jardim Botânico? No Jóquei?): eu ainda solteiro, ele e Celina começando a fundar uma nova família. Naquele dia, por sugestão dele, marcamos um encontro para vinte anos depois, com a presença da mulher que eu ainda não tinha e dos filhos que esperávamos ter nós dois. Lembrança de viagens, de divergências maiores e menores, campanhas contra e favor, distância, aproximação. Amizade sempre.
Hoje ele se foi. Com a partida de Agnelo, começo a entender o significado de uma velha maldição chinesa, que dizem ser a mais cruel de todas: “sobreviverás a todos os teus entes queridos, a todos os teus amigos, a todos os teus parentes, a todos os teus conhecidos”. O problema é que não queremos ir e gostaríamos muito que eles também não fossem. Mas, não é assim.
Boa viagem, amigo.

z

Política

Governador participa de Seminário que discute políticas para a Juventude

O governador Robinson Faria participou hoje do 1º Seminário Juventudes e Territórios, promovido pela Secretaria Extraordinária de Juventude do RN, na Escola de Governo, e que faz parte da 3ª Conferência Nacional da Juventude, um evento que começou em maio, vai até dezembro deste ano, e norteia o Plano Nacional da Juventude.

Durante o evento, o governador se comprometeu em assinar o documento dos Governadores brasileiros contra a redução da maioridade penal e foi ovacionado pelas centenas de jovens que participavam do Seminário, representantes da juventude urbana e rural do Estado.

Robinson Faria, a secretária da Juventude Divaneide Basílio e a adjunta da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), Maira Almeida, assinaram o termo de adesão do programa federal Juventude Viva, que visa enfrentar a violência contra a juventude no âmbito estadual.

Foto: Demis Roussos

Seminario Juventude e Territorios_Demis Roussos (7)

Política

Missa de corpo presente de Agnelo Alves será às 18h

O corpo do deputado estadual Agnelo Alves (PDT) será velado nesta segunda-feira (22) a partir das 15h30 no cemitério Morada da Paz, em Emaús. Será realizada uma missa de corpo presente às 18h e logo em seguida, o sepultamento.

A despedida ao ex-prefeito, senador da república e deputado contará com a participação dos parlamentares da Assembleia Legislativa. O corpo de Agnelo saiu de São Paulo em voo da TAM e será encaminhado diretamente para a capela do cemitério Morada da Paz.

Política

George Soares recebe Zenaide Maia em Assú para o almoço de São João

O deputado estadual George Soares (PR) participou neste domingo, 21, do tradicional almoço do São João em Assú, realizado na Praça Jota Keully, no bairro vertentes.

Acompanhado da deputada federal Zenaide Maia (PR) e de familiares, George cumprimentou os presentes e comemorou sua emenda liberada pelo Governo do Estado para apoiar o São João do município.

IMG_1570

Política

Rosalba se solidariza com os familiares de Agnelo Alves

Nota de Pesar da ex-governadora Rosalba Ciarlini:

“Expresso meu profundo pesar à família do deputado Agnelo Alves. Nesse momento de tristeza, fica a lembrança do brilhantismo e da dedicação com que exerceu o jornalismo, sua luta pela vida e pelo Rio Grande do Norte. Agnelo faz parte da história potiguar e deixa marcas de trabalho por todo estado, principalmente, em sua amada Parnamirim. Que Deus possa, com a sua luz, confortar e aliviar a dor no coração de todos.

Foto: Arquivo

z

Política

Dilma inicia a semana com passeio de bicicleta em Brasília

A presidente Dilma Rousseff começou a semana com um passeio de bicicleta logo cedo nesta segunda-feira (22) nas imediações do Palácio da Alvorada, em Brasília.

A presidente deixou a residência oficial no início da manhã e passeou pelas ruas próximas. Andar de bicicleta tem se tornado um hábito de Dilma.

A prática começou no fim de maio. Ela geralmente sai acompanhada de seguranças e vestida de calça, blusa, casaco e tênis próprios para atividades físicas e utiliza um capacete, além de óculos escuros.

Desde que iniciou uma dieta em novembro do ano passado, ela tem defendido em entrevistas que é preciso “fechar a boca” e fazer atividades físicas para emagrecer. Os resultados da dieta fazem que Dilma, visivelmente mais magra, receba elogios de jornalistas em eventos públicos.

Foto: Reprodução Rede Globo de Televisão

z

Política

Presidente estadual do PR lamenta morte de Agnelo Alves

O presidente estadual do PR, ex-deputado federal João Maia lamentou a morte do deputado estadual, jornalista Agnelo Alves. Em seu twitter, João Maia escreveu:

“Agnelo viveu ativamente e contou, com sua inteligência a história política do RN nas últimas décadas. Manterei comigo a lembrança das longas conversas que tivemos quando do meu retorno ao Estado. A Dona Celina e aos seus filhos meu abraço solidário”.

z

Política

Velório de Agnelo Alves está previsto para começar às 15h desta segunda-feira (22)

O corpo do deputado estadual Agnelo Alves deixará São Paulo (SP), onde o ex-senador estava internado no Hospital Sírio-Libanês, se recuperando de uma infecção respiratória, somente às 11h, desta segunda-feira (22), com desembarque previsto em avião comercial da TAM, no Aeroporto Aluizio Alves, em São Gonçalo do Amarante, às 14h30. 

Do aeroporto, o corpo de Agnelo segue direto para o Cemitério Morada da Paz, onde ocorrerá o velório, às 15h, e em seguida a missa e o sepultamento. 

Política

“Cumpriu seu dever de homem público até o fim”, diz Fátima Bezerra sobre Agnelo

Nota de Pesar da Senadora Fátima Bezerra (PT):

O Rio Grande do Norte perde um dos seus grandes filhos. O jornalista Agnelo Alves, como gostava de ser chamado, foi um homem de princípios democráticos, disposição para o diálogo e notável espírito público.

Deixa uma biografia admirável: enfrentou a ditadura militar e, numa fase crucial para o país, se somou à luta em favor da democracia. Cumpriu seu dever de homem público até o fim.

Como ex-senador, deputado e prefeito se mostrou um atuante homem público, de imenso amor pelo seu povo e sua terra.

Deixo meus votos de pesar à sua esposa, dona Celina, aos filhos Carlos Eduardo, Agnelinho e José Luiz Alves, demais familiares e amigos.

Política

Agnelo por Henrique e Garibaldi

Agnelo pelo sobrinho-ministro Henrique Alves: 

  

O Rio Grande do Norte perdeu um homem público exemplar. Eu perdi um amigo. A tristeza toma conta. Agnelo Alves deve servir de inspiração para todos nós. A dignidade com que lutou contra o câncer por quatro anos, a simplicidade com que viveu a vida e a seriedade com que trabalhou nas Prefeituras de Parnamirim e Natal, no Senado Federal e, mais recentemente, na Assembleia Legislativa não serão esquecidas.

Aprendi com o meu pai a admirar Agnelo. A firmeza e hombridade com que os dois souberam passar pela cassação dos direitos políticos na ditadura foi uma lição inestimável. Na Tribuna do Norte deu lições de profissionalismo em tempos extremamente difíceis. Deixo aos amigos e familiares os meus sentimentos. Me somo aos potiguares no luto e na tristeza por ter perdido uma pessoa tão querida. Fica o aprendizado e a gratidão pela oportunidade de ter convivido com Agnelo Alves. Descanse em paz.

Agnelo pelo sobrinho-senador Garibaldi Filho: 
  

Agnelo Alves. 

Sempre foi um exemplo de como se deve exercer a vida pública. No jornalismo, as suas duas grandes marcas foram sempre a combatividade e a coragem. Como administrador, mostrou-se um gestor austero e dinâmico, por isso, suas grandes realizações na Prefeitura de Parnamirim e, antes, em Natal.

Como senador, tivemos o coroamento da sua experiência e agora devo dizer, também, que devo a ele muito das vitorias que obtive nessa minha trajetória, desde quando convocado por ele aos 18 anos para ser o seu chefe de Gabinete Civil na Prefeitura de Natal.

Desde então, continuou a ser sempre o meu conselheiro e amigo, não apenas nas horas da vitória, mas também nas horas mais difíceis.

Eis porque a minha grande saudade.

Política

PDT emite nota de pesar pelo falecimento do seu filiado Agnelo Alves

Nota de Pesar do Partido Democrático Trabalhista (PDT) sobre o falecimento do seu filiado, o deputado estadual, ex-senador e ex-prefeito, Agnelo Alves:

O PDT do Rio Grande do Norte se junta aos que se entristeceram hoje com a partida do companheiro Agnelo Alves, um homem público que dignifica a história política do estado, hoje e sempre, um pedetista que a todos nós apenas honrou e encheu de orgulho.

Agnelo dividiu sua vida entre três amores: a família, a política e o jornalismo, tendo sido um repórter que deixa uma lacuna inestimável no jornalismo potiguar. Querido e respeitado pelo povo da sua terra, Agnelo é um exemplo para as novas gerações que querem fazer política com honra e dignidade.

Sua herança política é parte importante da história do nosso povo. E o PDT saberá cuidar e honrar a sua memória.

À família, na pessoa do prefeito e pedetista Carlos Eduardo, a solidariedade do PDT/RN.

  

Política

José Agripino: “Agnelo nunca perdeu a sensatez na prática da política”

“O apreço que sempre tive por Agnelo herdei do meu pai Tarcisio Maia. Lúcido, perspicaz, contundente nas analises, nunca perdeu a sensatez na prática da política. Administrador de qualidade, o Rio Grande do Norte fica a lhe dever muito. Ao amigo, a lacuna da ausência. Aos familiares, nossa manifestação de solidariedade”. 

Do senador José Agripino Maia. 

Política

Em nota, Robinson diz que a morte de Agnelo representa uma enorme perda para os ambientes político e jornalístico do RN

Nota de Pesar do Governador Robinson Faria:

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte vem, com pesar, anunciar o decreto de luto oficial de três dias pelo falecimento do deputado estadual Agnelo Alves, ocorrido na tarde deste domingo, no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde estava internado para tratamento médico.

Agnelo foi prefeito de Natal na década de 1960; duas vezes prefeito de Parnamirim, em 2000 e 2004; suplente de Senador, tendo assumido o mandato em 1999; e atualmente exercia o segundo mandato como deputado estadual.

Neste momento de profunda dor, o governo manifesta votos de pesar à esposa Celina Alves, aos filhos Carlos Eduardo Alves (prefeito de Natal), Agnelo Alves Filho e José Luiz Alves, bem como aos netos e demais familiares.          
A morte de Agnelo Alves representa uma enorme perda para os ambientes político e jornalístico do Rio Grande do Norte.

Política

Suplente de Agnelo, Vivaldo diz que o RN perdeu uma reserva moral

Em nota de pesar Vivaldo Costa lamenta falecimento do amigo Agnelo Alves:  

“Recebo com pesar o falecimento do amigo deputado estadual Agnelo Alves. Tive a oportunidade de conhecer e conviver com Agnelo, desde cedo. Homem íntegro, jornalista reconhecido pelas suas opiniões, político que marcou a história pela defesa e honradez ao seu povo. Estive ao seu lado em muitas lutas, fomos perseguidos e resistimos à ditadura militar.

Nesses anos de convivência com Agnelo, lá na Assembleia eu me tornei um amigo e um admirador. Da sua inteligência. Não conheci ninguém mais inteligente do que Agnelo. E a maneira como ele me tratava, quando eu chegava na Assembleia ele brincava sempre comigo, me chamava de Santidade. Porque em Caicó me chamam de Papa Jerimum. Eu desejei sempre a recuperação de Agnelo porque há alguns anos eu passei por uma situação idêntica a de Agnelo, eu fiz também tratamento de câncer e sempre desejava sua recuperação. Da mesma maneira que eu me recuperei do câncer eu desejava que ele voltasse pra suas atividades, pra sua família.

O Rio Grande do Norte está de luto com o desaparecimento de uma das suas maiores reservas morais. Meu abraço de solidariedade ao povo de Parnamirin, terra que ele tanto amou, familiares e amigos que vivem este momento de dor”.

Política

Agnelo morre no dia do natalício do saudoso Clóvis Motta

Do deputado estadual Ricardo Motta: 

A morte de Agnelo Alves me faz lembrar o amigo leal, o amigo herdado do meu querido pai, Clóvis Coutinho da Motta.

Dor multiplicada.

Clóvis nasceu a 21 de junho, faria hoje 87 anos.

Dia em que Agnelo se vai.

Agnelo, visão de mundo, força maior que qualquer sacrifício.

Agnelo, posso testemunhar com orgulho e saudade, me foi conselheiro, agasalhando momentos de tensão e incerteza com a sua presença amena, sua visão privilegiada e sua inteligência racional e certeira. Assim sempre.

Em Agnelo, representante de uma geração que preservava o ser humano acima de vaidades e circunstâncias, tive um mestre e um colaborador enquanto presidi a Assembleia Legislativa.

Agnelo, a cada dia, nos ensinava que longe é um lugar que não existe e que o amanhã será sol na hora em que construímos o agora justo, fraterno e igual.

Foi um parlamentar atuante, madrugador, de compromisso, primeiro a chegar, o último a sair da Casa do Povo e fortaleza de vida a cada sessão, desafiando os problemas de saúde em nome da fé no Rio Grande do Norte melhor.

Transmito aos seus familiares, Dona Celina, seu amor maior, seus filhos Agnelo Filho, Carlos Eduardo e José Luiz, o instrumento prático daquele que tanto lutou pela democracia e , que, por ela, sofreu injustas consequências da tirania: A solidariedade.

Agnelo fez, fará. Agnelo agora é história.

Eterno Agnelo.

Política

Ministro da Pesca cancela agenda no RN devido ao falecimento de Agnelo

O ministro da Pesca e Aquicultura, Helder Barbalho cancelou a agenda que iria cumprir, nesta segunda-feira (22) no Rio Grande do Norte, em virtude da morte do deputado estadual Agnelo Alves. 

Em nota, Helder lamentou o falecimento do deputado, pai do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves. A agenda será cumprida em data a ser posteriormente remarcada.

Política

Wilma lamenta morte de Agnelo

Presidente do PSB/RN, a vice-prefeita de Natal e ex-governadora do estado, Wilma de Faria, lamenta o falecimento neste domingo (21), do deputado estadual, o ex-senador e ex-prefeito de Natal e Parnamirim, Agnelo Alves. 

“Lamento profundamente a partida de Agnelo Alves! Mais que um jornalista e um político, um cidadão sempre preocupado com o nosso Rio Grande do Norte. Agnelo deixa um legado de muito trabalho e desenvolvimento por todo o estado, que sempre será lembrado por todos nós”, declarou.

  

Política

Nota de Pesar da Assembleia Legislativa pelo falecimento de Agnelo Alves

Nota da Assembleia: 

Os deputados estaduais da 61ª legislatura da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte lamentam a morte do deputado estadual Agnelo Alves (PDT) que faleceu na tarde deste domingo (21) em São Paulo, onde recebia tratamento contra uma infecção pulmonar, consequência do tratamento de quatro anos contra o câncer.

 Aos 82 anos, Agnelo estava em seu segundo mandato como deputado estadual, após ter sido senador da república, prefeito de Natal e de Parnamirim e fazia tratamento de combate a um câncer no esôfago diagnosticado em 2011.

 O Poder Legislativo decreta três dias de luto pelo falecimento do parlamentar. Estão suspensas as sessões, audiências públicas e reunião das comissões legislativas.

 Em nome dos deputados estaduais e do presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira de Souza, a Assembleia presta sinceras condolências aos familiares, amigos e admiradores de Agnelo, pedindo a Deus que conforte a todos.