Política

Ricardo Motta anuncia que em nome do RN retira sua candidatura e anuncia voto a Ezequiel

O ainda presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta (PROS), acaba de anunciar a desistência de sua candidatura à reeleição.

Anuncia ainda voto ao deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB).

“Preciso e vou honrar a minha história, a história da minha família, a história do meu pai Clóvis Motta”, discursa Ricardo Motta.

Política

Garibaldi declara com exclusividade ao Blog: “Tenho preferência por Ezequiel”

Está explicada a migração dos deputados do PMDB para a candidatura à Presidência da Assembleia Legislativa do deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB).

O senador Garibaldi Filho (PMDB) trabalhou a favor da candidatura de Ezequiel.

“Tenho preferência por Ezequiel”, acaba de declarar o senador Garibaldi ao Blog de Heitor Gregório/Tribuna do Norte.

O senador demonstrou, no entanto, cautela e preocupação para não causar nenhuma divisão em seu partido, o PMDB, onde o presidente estadual do partido, Henrique, trabalhou por Ricardo Motta. “Queremos o PMDB sempre unido”, ressalta Garibaldi.

Os bastidores dizem que Garibaldi e o filho Walter Alves guardam mágoas de Ricardo Motta, por não ter sido cumprido um compromisso de Walter ter sido o Presidente da Assembleia pelos últimos dois anos. Garibaldi evita falar no assunto.

Política

Lutamos para dar ao Senado uma Mesa Diretora que desse a cada senador orgulho de ser senador, diz Agripino‏

O presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), lamentou a derrota, neste domingo (1º), do senador Luiz Henrique (PMDB-SC) para a Presidência do Senado. Por uma diferença de 18 votos, Renan Calheiros (PMDB-AL) foi reeleito para comandar a Casa no biênio 2015-2016. Dos 81 senadores, 49 votaram pela reeleição de Renan, 31 em Luiz Henrique e houve um voto nulo. A eleição da Presidência do Senado ocorreu logo após a posse dos 27 senadores eleitos.

Segundo o parlamentar pelo Rio Grande do Norte, a oposição apoiou o nome de Luiz Henrique por acreditar na necessidade de mudança e inovação na condução dos trabalhos da Casa. Mesmo com a derrota, Agripino garante que o Democratas continuará exercendo oposição responsável, fiscalizadora e propositiva. “Lutamos para dar ao Senado uma Mesa Diretora que desse a cada senador orgulho de ser senador. Infelizmente não vencemos. Faz parte da democracia. Vamos continuar trabalhando com foco na responsabilidade e no interesse nacional”, disse José Agripino.

Nesta terça-feira (3), líderes partidários se reunirão para escolher os demais cargos da Mesa Diretora, como vice-presidência, quatro secretarias e quatro suplentes. Esses cargos são escolhidos conforme o tamanho das bancadas, que tradicionalmente respeita a proporcionalidade dos partidos na Casa. Já a abertura da primeira sessão Legislativa ordinária da 55ª Legislatura do Congresso ocorrerá nesta segunda-feira (2), às 15h, no plenário da Câmara dos Deputados.

Foto: Mariana Di Pietro 

z

Política

Confirmado o rompimento de Zé Dias com o compadre Robinson Faria

A noite termina com a confirmação do rompimento político do deputado estadual José Dias (PSD) com o seu compadre, o governador Robinson Faria (PSD).

Dias não pede segredo, nem se restringe a dizer a ninguém que está rompido com Robinson.

E já diz que na primeira oportunidade fará um discurso detalhando o motivo do rompimento.

Política

Governo Robinson vai amargar efeitos drásticos por ter causado disputa na Assembleia Legislativa

Do rompimento do deputado José Dias (PSD), a coisa pior.

Os efeitos da disputa pela Presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte vai trazer efeitos drásticos ao Governo de Robinson Faria (PSD).

Apesar de conhecedor da Assembleia, o governador não saber as feridas que ficarão da acirrada disputa.

Feridas, algumas, que nunca vão cicatrizar.

E a segunda-feira (02) vai ser de muitas feridas na política do Rio Grande do Norte.

Política

PMDB ganha na Câmara e no Senado

O Senador Renan Calheiros (PMDB-AL) está reeleito presidente do Senado Federal.

E o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) já está eleito presidente da Câmara dos Deputados.