Política

Culpado pelo rompimento de Zé Dias com Robinson, Fábio Faria desembarca em Natal

Logo após saber da confirmação do rompimento do maior e mais importante aliado do Governo de Robinson Faria (PSD), o deputado federal Fábio Faria (PSD), principal responsável pelo fato, embarcou com destino a Natal.

Veio apagar incêndios?

Ou comemorar a eleição de Ezequiel?

Detalhe: Nos bastidores, Fábio atuou contra a estratégia de Zé Dias reeleger Ricardo Motta.

Política

José Dias: “Estou plenamente rompido com o governador Robinson Faria de forma irreversível”

O governador Robinson Faria (PSD) perde seu maior e mais fiel aliado, em apenas 30 dias de Governo: seu compadre José Dias, aliado de primeira hora do seu projeto político, confidente fiel, amigo das horas certas e incertas. Aliás, ex-amigo.

O senhor está com o governador Robinson Faria, seu compadre?

“Estou plenamente rompido com o governador Robinson Faria. Fui à Casa dele ontem, sem avisar evidentemente já que ia comunicar uma má notícia, ou não sei se para ele uma boa notícia. Pela confiança que tinha, cheguei lá por volta das 12h, saí de lá às 14h, e deixei com a senhora Julianne Faria o meu recado”.

Qual foi recado que você deixou com Julianne?

“Que estou fora completamente do Governo”.

Foto: Heitor Gregório 

(null)

Política

José Dias: “Rompi com Robinson por ele querer me usar como instrumento de traição”

Deputado dos mais respeitados da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, José Dias (PSD) disse em entrevista que rompe com o governador Robinson Faria por ter sido usado como um instrumento de traição.

O que motivou seu rompimento com o governador Robinson Faria (PSD)?

“O fato dele querer me usar como instrumento de traição. Eu não traio nem por interesse próprio. Não vou trair por nenhum Rei”.

O rompimento é também de amigo?

“Eu quero discutir aqui o problema político. No campo pessoal para mim também é amargo. No campo político em fui correto com ele em todos os momentos. Fui solidário até quando ele não era candidato, tanto que fui dormir muitas vezes pensando que não seria nem candidato”.

Foto: Heitor Gregório

(null)

Política

“Sou oposição ao Governo de Robinson Faria e vou deixar o PSD”, avisa José Dias

Filiado desde o momento da criação do PSD, o deputado estadual reempossado José Dias avisa que vai deixar a legenda na primeira oportunidade que lhe surgir.

O senhor será oposição ao Governo de Robinson?

“Sou oposição ao Governo de Robinson, não ao Rio Grande do Norte”.

Vai deixar o PSD?

“É claro que vou deixar o PSD. Vou pedir imediatamente meu desligamento do Diretório. Vou aguardar se o partido vai se fundir, para sair, senão vou à Justiça lutar pela alforria. Se a Justiça não me liberar, concluirei o meu mandato, mas serei contra o PSD e votarei contra as decisões políticas do partido”.

Foto: Heitor Gregório

(null)

Política

“Não aceito conversar com Robinson por hipótese alguma”, diz José Dias

Aliança que foi eterna enquanto durou.

O deputado estadual José Dias (PSD) foi enfático após ser questionado pela imprensa, quando descartou uma possível conversa sua com o governador Robinson Faria.

O senhor admite conversar ainda com o governador Robinson Faria?

“Não aceito conversar com Robinson por hipótese alguma”.

Nem para tratar de uma questão pessoal?

“No momento, não”.

Foto: Heitor Gregório

(null)

Política

José Dias: “Votaria em Ricardo porque tinha o mesmo compromisso de Robinson”

José Dias revela os bastidores do processo para a escolha da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Se o senhor está rompido com Robinson, por que votou em Ezequiel?

“Votei em Ezequiel porque Ricardo não foi candidato. Eu tinha um compromisso político igualmente ao do governador. E para votar o empréstimo de R$ 850 milhões nós trabalhamos com o presidente a aprovação desse empréstimo, assim como até a aprovação da unificação dos fundos previdenciários”.

Política

Segundo José Dias, Robinson utilizou R$ 80 milhões do fundo previdenciário para pagar a folha salarial de Janeiro

Falando sobre a aprovação do fundo previdenciário, o deputado estadual José Dias revelou que somente para garantir o pagamento em dia da folha salarial do mês de Janeiro, o governador Robinson Faria utilizou R$ 80 milhões do fundo previdenciário.

“Sem falar que a ex-governadora Rosalba sacou do fundo da Previdência além do permitido pela Lei que nós aprovamos aqui na Assembleia Legislativa”, disse José Dias.

Política

Ricardo Motta faz balanço de gestão à frente da AL

Em sua despedida da presidência da Assembleia Legislativa, o deputado Ricardo Motta (PROS) destacou o trabalho que realizou à frente da Casa. Entre as ações, o parlamentar citou o primeiro concurso público da história da AL, a instalação do Procon da Casa, do Memorial do Legislativo Potiguar, realização de campanhas educativas, Projeto Recomeçar, projeto de inclusão de jovens com Síndrome de Down no quadro de funcionários da Casa e o Assembleia na Copa. Na ocasião, o parlamentar também falou sobre a aprovação do pedido de empréstimo, feito pelo governo do estado, no final do ano passado e do projeto sobre a fusão do Fundo Previdenciário.

O deputado disse que, após reflexão, retirou sua candidatura à reeleição da Casa e que estava com a consciência tranquila. “Sempre prezei por manter uma postura conciliatória, esgotando todas as possibilidades de diálogo em busca de um entendimento. Vou honrar minha história, da minha família, do meu pai Clóvis Motta, vou igualmente honrar meu Estado, sendo porta voz dos interesses do RN”, declarou.

O parlamentar agradeceu o apoio dos colegas da 60ª legislatura e aos servidores da Casa. “Quero agradecer aos meus companheiros, que estiveram ao meu lado, que honraram os seus compromissos assumidos comigo e publicamente. Quero agradecer o apoio e a solidariedade. A eles eu rendo as minhas homenagens. Aos servidores desta Casa, meus colegas servidores, o meu abraço afetuoso. Se não pude realizar meus sonhos, concretizar os projetos que estavam elaborados, não foi por falta de vontade e nem de interesse. Portanto, agradeço sensibilizado, aos queridos servidores desta AL”, disse o deputado.

Política

Nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa é composta por dois deputados novatos

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa, na manhã desta segunda-feira (02) e recebeu votos de todos os parlamentares da Casa.

Além desta eleição, outros seis deputados foram escolhidos para compor a Mesa Diretora, são eles Gustavo Carvalho (PSB) para 1º vice-presidente, com 21 votos;

José Adécio (DEM) como 2º vice-presidente, com 22 votos;

Galeno Torquato (PSD) para a 1ª secretaria, com 18 votos;

Hermano Morais (PMBD) com 13 votos para a 2ª secretaria;

George Soares (PR) para 3ª secretário, com 22 votos

Carlos Augusto Maia (PTdoB), com 20 votos, para 4º secretário.

A sessão ocorreu um dia após os deputados tomarem posse.

Política

Após ser chamado por Temer e Cunha, Henrique embarca para Brasília

Presidente Estadual do PMDB, Henrique Eduardo Alves embarcará em poucos instantes com destino a Brasília.

Foi chamado pelo Vice-Presidente da República, Michel Temer, e pelo novo Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

Participará também de uma reunião com as lideranças nacionais do PMDB.

Política

Pronunciamento de posse de Ezequiel Ferreira na Presidência da Assembleia

A íntegra do discurso de posse do novo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB):

“Na antiguidade, os deuses do Monte Olimpo diziam que os homens tinham um grande defeito: a ingratidão.

Este defeito eu não tenho. Sei agradecer.

Quero portanto, agradecer em primeiro lugar, não aos deuses do Monte Olimpo, mas ao meu senhor meu Deus e meu Pai, que me iluminou e me deu muita fé e coragem para disputar esta eleição: combati o bom combate, venci, e guardei a fé.

Agradeço a todos, desde a dona Joaquina de Touros que me telefonou dizendo “não voto Deputado, mas rezo diariamente à virgem mãe de Deus pela sua vitória”. Aos meus colegas Deputados, a todos os 23 pares, aos que não votaram em mim e em dobro mil vezes aos que me elegeram presidente da Casa do Povo e de José Augusto.

Ao meu pai, a minha mãe, a minha mulher e ao meu filho João Ezequiel, que nas lágrimas derramadas, no franzir das testas e sobretudo nas angustias dos sonhos, me deram força e me enrijeceram para vencer esta luta.

Hoje o dia é outro e na repetição de todos os dias passados, revejo meu pai Ezequiel Ferreira de Souza há 40 anos deixando a presidência desta casa.

E no outro dia na multiplicação de todos os dias, assumo esta presidência.

É o dia da casa de José Augusto, que em vida pregou a disputa, mas arguia a conciliação, pregou o contraditório, mas sobressaia a democracia.

Este será o meu caminho, estes serão os meus alvos. Esta será a luta desta casa.

Obrigado.”

Política

Ricardo Motta anuncia que em nome do RN retira sua candidatura e anuncia voto a Ezequiel

O ainda presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta (PROS), acaba de anunciar a desistência de sua candidatura à reeleição.

Anuncia ainda voto ao deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB).

“Preciso e vou honrar a minha história, a história da minha família, a história do meu pai Clóvis Motta”, discursa Ricardo Motta.