Cirurgia pioneira de joelho é realizada no RN por equipe que conta com médicos seridoenses

Foi realizada nesta terça-feira (29) a primeira subcondroplastia de joelho em território potiguar. É um procedimento inovador, minimamente invasivo, que visa retardar ou evitar a prótese de joelho em pacientes com artrose selecionados.

Antes do advento da subcondroplastia esses pacientes eram submetidos à prótese de joelho, um procedimento bastante eficaz, entretanto é uma cirurgia de grande porte, com necessidade de internamento de pelo menos 3 dias, grande perda de sangue, algumas vezes com necessidade de hemotransfusoes e um índice maior de complicações.

Na subcondroplastia, o paciente tem alta no mesmo dia ou no dia seguinte ao procedimento, sai do hospital andando, com pouca ou nenhuma dor, sem necessidade de transfusões.

A equipe foi formada pelos ortopedistas Dr. Tasso Alacón (Caicoense) e Dr. Ladislau Assunção (Curraisnovense). O anestesista foi Dr. Pedro Anísio.

A cirurgia ocorreu na Policlínica e teve duração de 60 minutos.

Médicos