Comissão recomenda reconhecimento internacional do RN como área livre de aftosa com vacinação

A Comissão Científica da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) recomendou que o Rio Grande do Norte receba o reconhecimento internacional como uma zona livre de aftosa com vacinação, que deve acontecer no próximo mês de maio, durante a 82ª Sessão Geral da Assembleia Mundial de Delegados da OIE.

Além do RN, os estados de Alagoas, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e região Norte do Pará também tiveram a recomendação ratificada.

O secretário de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, Tarcísio Bezerra, comemorou a notícia e ressaltou o trabalho desenvolvido para conquistar esse reconhecimento. “Este é o coroamento de anos de trabalho e esforço do governo e dos produtores e criadores do Rio Grande do Norte. Para nós, isso significa que, a partir de agora, entramos no mapa da pecuária brasileira. Nossos animais podem circular livremente pelo país seja para abate, seja para venda, ou para participar de exposições. Com este relatório favorável, a nossa expectativa é que a Festa do Boi de 2014 seja a maior de todos os anos, mas ao mesmo tempo, temos consciência da nossa responsabilidade em manter esse status duramente conquistado”, afirmou o titular da Sape.