O Governo de Robinson Faria já articula nos bastidores junto a deputados da base aliada, para a possível instalação de uma CPI na Assembleia Legislativa com o objetivo de culminar com o fim do contrato entre Governo do Estado e Arena das Dunas.

A CPI se embasaria na investigação em curso contra o senador José Agripino Maia (DEM), para apurar se o parlamentar recebeu dinheiro ilegal da OAS, empresa responsável pela construção da Arena das Dunas.

Na realidade, segundo fonte do blog, o Governo do Estado deseja mesmo é deter o controle dos Fundos Garantidores que foram entregues pelo Estado, ainda na gestão de Rosalba, para servir de garantias na construção do estádio que sediou jogos da Copa do Mundo de 2014.