O decreto de calamidade financeira publicado pela governadora Fátima Bezerra (PT) como uma das primeiras medidas de sua gestão, por enquanto, não passa de um enfeite.

Nenhuma ação ocorreu além da publicação do decreto e do discurso.

Não trouxe nenhum benefício ao Estado.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.