Envolvendo 52 políticos e desembargadores, a delação da ex-Procuradoria-Geral da Assembleia Legislativa, Rita das Mercês, formada com o Ministério Público Federal e homologada pelo Ministro Edson Fachin, do STF, já tem comparação.

Em âmbito do RN, tem o mesmo efeito das colaborações dos irmãos Wesley e Joesley Batista, da JBS.