Delação premiada de Gutson Reinaldo poderá deflagrar o maior escândalo já visto no RN

Os bastidores políticos fervem com a possibilidade de delação premiada, já proposta por Gutson Johnson Giovany Reinaldo Bezerra e seu advogado de defesa, Fábio Hollanda, para detalhar como se deu o desvio de R$ 19 milhões do IDEMA, onde Gutson ocupou o cargo de diretor administrativo durante toda a gestão de Rosalba Ciarlini e nos primeiros meses do Governo de Robinson Faria.

Gutson é filho da ex-procuradora-geral da Assembleia Legislativa, Rita das Mercês, que também foi presa em 2015 sob acusação de envolvimento na Operação Dama de Espadas.

Segundo informações chegadas ao blog, o homem-bomba já teria citado o nome de políticos em um depoimento informal com membros do Ministério Público, que ainda analisa a proposta de delação premiada.

Gutson será ouvido pela Justiça nesta sexta-feira (19), no final da manhã, no Fórum Miguel Seabra Fagundes.