O valor de R$ 560,00, proposto pelas centrais sindicais e apresentado pelo DEM, foi rejeitado por 54 senadores.

Apenas 19 parlamentares votaram a favor e 4 se abstiveram.

“Temos argumentos de que a proposta pode ser alcançada. O governo não está atingindo nem as perdas da inflação com essa proposta [de R$ 545]”, disse o senador José  Agripino (DEM-RN), durante a defesa da proposta do DEM na tribuna do Senado.

Os comentários estão fechados.